Como as pererecas grudam na parede?

Tem algo muito especial na ponta dos dedos desses anfíbios

 

Sapos, rãs e pererecas são anuros, um dos três grupos de anfíbios que existem – os outros dois são as salamandras e as cecílias (também conhecidas como cobras cegas). Popularmente nós chamamos de pererecas os anuros que possuem a ponta dos dedos em forma de disco. É graças a isso que elas conseguem escalar com facilidade rochas, árvores e até paredes ou vidro. Mas, como?

Com a ajuda de microscópios capazes de aumentar uma imagem milhares de vezes, foi possível desvendar o “superpoder” desses anfíbios. Como você já sabe, a ponta de cada dedo de uma perereca tem a forma de um disco.  A parte de baixo de cada disco, que fica em contato com a superfície, tem células em formato de pentágono ou hexágono, que juntas lembram um favo de mel. E cada célula tem um montão de minúsculos bastõezinhos chamados nanopilares.

Entre uma célula e outra existem canais por onde escorre um fluido (um líquido pouco viscoso) de dentro do dedo. O que tem nesse fluido? Acredite, os químicos ainda não desvendaram completamente! Entre este fluido, os nanopilares e a superfície onde o disco encosta ocorre uma interação física chamada capilaridade, que dá às pererecas a capacidade de grudar. É parecido com o que faz um pano ou um papel molhado grudar no vidro.

A ponta de cada dedo de uma perereca (imagem A) tem a forma de um disco (imagem B). A parte de baixo de cada disco tem muitas pequenas células em forma de pentágono ou hexágono separadas por canais por onde escorre um muco bem fino (imagem C). E cada uma dessas células tem um montão de bastõezinhos, os nanopilares, 150 vezes mais finos que um fio de cabelo (imagem D).
Imagens: Langowski e colaboradores / Frontiers in Zoology. / Scielo Books / https://doi.org/10.1186/s12983-018-0273-x / CC BY 4.0

Saber como funcionam os discos adesivos das pererecas pode parecer apenas uma curiosidade sobre o mundo animal, mas vai além disso. Existe uma área da ciência, a biomimética, dedicada a criar tecnologias e soluções inspiradas na natureza. E as pererecas têm inspirado muitos cientistas a tentar desenvolver, por exemplo, adesivos mais eficientes e reutilizáveis.

No Brasil existem mais de 350 espécies de pererecas. Será que os discos adesivos de uma espécie são diferentes dos de outra espécie? Será que algumas conseguem grudar melhor do que outras? Será que podemos usar a biomimética para desenvolver tecnologias inspiradas nas pererecas brasileiras? São muitas perguntas que ainda precisam de respostas!


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 25.10.2021

COMENTÁRIOS

  • Avelino Miguel

    Interessante. Parabéns pelo trabalho

    Publicado em 29 de outubro de 2021 Responder

  • GAEL 3 ano cecilia meireles castelo

    oi muito obrigado me ajudou no meu para casa

    Publicado em 4 de novembro de 2021 Responder

  • Guilherme Torres

    eu gostei muito da noticia . achei interessante,

    Publicado em 4 de novembro de 2021 Responder

  • Laura Barth 2° ano T4

    Seria legal se também grudasse nosso dedo nas coisas

    Publicado em 4 de novembro de 2021 Responder

  • luan

    oi

    Publicado em 5 de novembro de 2021 Responder

  • Gustavo

    Eu achei muito interessante a noticia seria legal se nos também pudéssemos grudar o nosso dedo nas coisas.

    Publicado em 5 de novembro de 2021 Responder

  • Lara

    Muito interessante. Obrigada por compartilhar

    Publicado em 7 de novembro de 2021 Responder

  • Eduardo Rehen dos anjos

    Adorei o assunto. Nunca soube porque as pererecas subiam na parede! E essa matéria me ajudou a descobrir o motivo!

    Publicado em 8 de novembro de 2021 Responder

  • Simon Pedro Brethe

    Incrível!!!

    Publicado em 9 de novembro de 2021 Responder

  • Sofia

    Ola CHC est9ou munto feliz pois agora vou fiacar longe de ras
    um beijo
    sofia
    Rua Santa Terezinha

    Publicado em 9 de novembro de 2021 Responder

  • Filipe

    Muito interessante essa reportagem

    Publicado em 11 de novembro de 2021 Responder

  • Lucilene D.Caetano

    Boa tarde, pessoal da revista CHC!

    Nós alunos do 4 ª Ano C da Escola Estadual Jozineide Pereira Gaudino lemos a matéria: Como as pererecas grudam na parede ? e achamos muito interessante e também não sabíamos do formato pentagonal ou hexagonal da pata.
    Gostaríamos de ver matérias sobre animais marinhos.

    Um abraço
    Galera do 4 ano C

    Publicado em 11 de novembro de 2021 Responder

  • LORRANDRA GIOVANA BARROS FONTES…SP.

    OLA CHC. EU GOSTEI DAS INFORMACAO E GOSTARIA DE SABER MAIS SOBRE AS PERERECAS E ATE A PROSIMA

    Publicado em 13 de novembro de 2021 Responder

  • ADAN MIRANDA DE SOUZA

    BOM DIA AS PERERECAS TEM A CAPIRALIDADE E A CAPACIDADE DE GRUDAR NAS PAREDES
    ME CHAMO ADAN MIRANDA E SOU DE MANAUS-AM

    Publicado em 16 de novembro de 2021 Responder

  • Maria Eduarda 4-b

    Eu sou do Anísio teixeira amei a história já tinha visto na sala de aula sou do grupo b obgd amei acabei de ler com minha vó

    Publicado em 16 de novembro de 2021 Responder

  • Murilo Eudogio Santos de Souza

    Olá, gostaria de dizer que achei super legal a história de como as pererecas grudam nas paredes. CHC vocês foram demais!
    Beijos para todos da revista

    Murilo Eudogio de Manaus- AM.

    Publicado em 16 de novembro de 2021 Responder

  • Miguel

    Oi pessoal da CHC, obrigado facilitou meu para casa!

    Publicado em 17 de novembro de 2021 Responder

  • Elayne e Eloysa

    Oi pessoal da revista da CHC adoramos
    a reportagem
    Manaus 17 de novembro 2021

    Publicado em 17 de novembro de 2021 Responder

  • davi

    Ola meu nome e Davi
    Gostei muito da materia, nao sabia que as pererecas tinham dedos em forma de disco
    obrigado beijos

    Publicado em 17 de novembro de 2021 Responder

  • Laura Costa Costa Gomes de Miranda

    Ola pessoal da CHC tudo bem ? Eu me chamo Laura e gostei da noticia e interessante . Até a próxima
    🖐🏼🖐🏻🖐🏻

    Publicado em 19 de novembro de 2021 Responder

  • Alexandre

    muito legal nem sabia que isso podia ser ser verdade mas gostei de mais que isso podia acontecer um dia

    Publicado em 19 de novembro de 2021 Responder

  • Leonardo

    Achei muito legal e agradeço a nos ensinar mais uma curiosidade.

    Publicado em 25 de novembro de 2021 Responder

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Micróbios estão por (quase) toda parte

Será que existe vida em todos os lugares do planeta Terra?

Olha o vai e vem!

Esse é um experimento… hipnótico! Se você ficar olhando para ele muito tempo, vai começar a ter muitas ideias legais! Como assim? Hora de colocar a mão na massa!

Open chat