É camelo ou dromedário?

Diga lá, qual a diferença entre eles?

Sob o sol forte e a areia quente do deserto, caminha um animal. Mais alto que um boi, ele tem pernas compridas, pescoço longo e pelo marrom. Suas costas são altas, com uma corcova. Que bicho curioso é esse? Não é um camelo, mas um dromedário. Já ouviu falar?

Camelo e dromedário. Sabe dizer quem é quem?
Fotos Wikipedia / CC BY-AS 3.0

Dromedários e camelos são espécies diferentes, mas aparentadas. A diferença principal, anote aí, é que os dromedários têm uma corcova nas costas, enquanto os camelos têm duas. Fácil, não é?

Os dromedários são naturais dos desertos da África e do Oriente Médio. Já os camelos são originais da Ásia, vivendo em regiões secas e, muitas vezes, frias. Milhares de anos atrás, esses animais foram domesticados pelos humanos, assim como aconteceu com vacas, cavalos e outros bichos. Os camelos e dromedários foram domesticados para serem usados como animais de carga e de transporte, para produção de leite e pela sua carne. Os camelos ainda produzem um tipo de lã, usada para fazer roupas.

Hoje, não existem mais dromedários selvagens. Quanto aos camelos, existem na Mongólia e na China (dois países da Ásia) apenas mil indivíduos selvagens, que correm sério risco de extinção. Todos os outros camelos da Ásia são domesticados. E esses animais também foram levados pelos humanos para outras regiões onde não viviam antes, como a Austrália, um país com grandes desertos. No século 19,  os dromedários foram levados para lá e hoje são “ferais” (termo que os cientistas usam para dizer que um animal que era domesticado passou a viver solto na natureza, geralmente onde não existia).

Você já sabe que a diferença entre camelos e dromedários está no número de corcovas nas costas. Mas, o que tem dentro da corcova? Ao contrário do que muitos desenhos animados mostram, a corcova não guarda água, mas muita gordura. A gordura é uma reserva de energia que o corpo desses bichos acumula quando há alimento de sobra e usa quando falta comida.

E não é só isso. Camelos e dromedários têm muitas outras adaptações para viverem em desertos. Eles resistem à desidratação (falta de água no corpo) muito mais que nós ou outros mamíferos. E, para não desidratar, eles são mestres em economia. Seu cocô é seco, e eles fazem pouco xixi, o que economiza água. O corpo deles também esquenta bastante durante o dia e esfria à noite, o que evita a perda de mais de quatro litros de água na forma de suor! E o mais incrível: no verão, dromedários conseguem ficar aproximadamente duas semanas sem beber água, e, no inverno, podem ficar ainda mais tempo, aproveitando apenas a água das plantas que comem. Isso tudo até parece coisa de super-herói, mas é só mais uma das maravilhas do mundo animal!


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse especial em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 16.03.2021

COMENTÁRIOS

  • Heitor Costa da Silva.

    Achei muito legal essa explicação . gostei da parte que fala que a corcova do camelo e do dromedário guarda gordura e não água. .Adoro a CHC.

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • Bruna

    A diferença é que o dromedário tem 1 corcova🐪 e o camelo tem 2 corcovas🐫

    Publicado em 27 de março de 2021 Responder

  • Annas sofia Oliveira dias

    Oi meu nome e Anna sofia Oliveira dias sou do 3 ano Maste kids essa e a primeira vez que tó assesano a revista eu gostei muito da parte que diz que nas corcova quarda aquá é energia .

    Tchau.

    Publicado em 9 de abril de 2021 Responder

  • Bruno PR amo anime naruto clássico, shippuden filmes e naruto boruto

    dromedários têm uma corcova nas costas, enquanto os camelos têm duas
    Isso é muito é muito daora mesmo e tbm isso:
    no verão, dromedários conseguem ficar aproximadamente duas semanas sem beber água, e, no inverno, podem ficar ainda mais tempo, aproveitando apenas a água das plantas que comem
    Cara eu nunca saberia disso tudo se não fosse a chc eu agradeço eternamente

    Publicado em 10 de abril de 2021 Responder

  • Helena Regina Klaumann

    Olá, sou professora e estou pesquisando com meus alunos do 4°ano. Eles estão adorando. Abraços.

    Publicado em 15 de abril de 2021 Responder

  • Helena Regina Klaumann

    Olá. Olha eu aqui de novo. Agora, com o 4° ano vespertino. Viemos pesquisar. Eles adoraram, também. Abraços.

    Publicado em 15 de abril de 2021 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem canta seus males espanta

Ouvir (e cantar!) uma boa música traz inúmeros benefícios. Já cantou hoje?