O Vento e o Sol

*Esopo

Ilustração Jaca

O Vento e o Sol estavam disputando qual dos dois era o mais forte.

O Vento disse:

– Eu sou mais forte porque quando sopro no alto da montanha e nas copas das árvores derrubo o que estiver pela frente. Eu também movimento as águas de mares e rios, até desarrumo o penteado de quem estiver distraído.

O Sol, olhando o vento com certa pena, falou:

– Ora, ora, senhor Vento. Olhe bem para mim… Ué? Não consegue enxergar nada por conta do meu brilho intenso, não é mesmo? Quem é mais forte?

De repente, viram um viajante que vinha caminhando.

– Sei como decidir o nosso caso – disse o Sol.  Aquele que conseguir fazer o viajante tirar o casaco será o mais forte. Você começa!

E o Vento começou a soprar com toda a força. Quanto mais soprava, mais o homem ajustava o casaco ao corpo. Quando viu que não conseguiu nada, o vento se retirou.

O Sol, então, saiu de seu esconderijo e brilhou com todo seu esplendor sobre o homem, que logo sentiu calor de esquentar os miolos e tirou o casaco correndo.

Não é à toa que o Sol é o astro rei.

*Esopo foi um escritor da Grécia antiga, a quem se atribui a autoria de diversas fábulas. A história que você acaba de ler foi livremente adaptada para a CHC.
Fonte: http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/me001614.pdf
eiro.pdf

Matéria publicada em 04.04.2022

COMENTÁRIOS

  • Rafaela Oliveira Neves

    Adorei a história é encrivel o livro

    Publicado em 25 de julho de 2022 Responder

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil

Uma conversa sobre cobras gigantes

Anacondas ou sucuris são serpentes que podem chegar a alguns metros de comprimento, mas não tanto quanto nos filmes!