COMPARTILHE:

[print-button target='#areaImpressao']

Ciência Hoje das Crianças


Conteúdo do Link: http://chc.org.br/rex-dina-e-ziper-em/

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Notícias - 10-07-2017 Bichos Imprimir Pdf
Rex, Diná e Zíper aproveitaram a tarde ensolarada na praia para passear de barco e fizeram muitas descobertas! (ilustração: Maurício Veneza)

Rex, Diná e Zíper aproveitaram a tarde ensolarada na praia para passear de barco e fizeram muitas descobertas! (ilustração: Maurício Veneza)

Rex, Diná e Zíper passaram uma linda e ensolarada tarde na praia, com direito a mergulho e passeio de barco! Ficaram tão surpresos com a quantidade de cores e animais existentes debaixo d’água que decidiram compartilhar as experiências com você também.

Nossos mascotes observaram tudo durante o passeio com o barco que alugaram, e não desgrudaram da guia, que era bióloga. Logo que eles se afastaram da costa, Diná retirou da mochila um pequeno pacote cheio de pedaços de pão e biscoitos, que começou a lançar diretamente na água. Curioso, Zíper perguntou:

– O que você está fazendo, Diná?

– Estou alimentando os peixes, ora! – falou, jogando um biscoito inteiro na água. –Veja só o que acontece!

Logo, vários peixinhos coloridos se aproximaram da superfície para disputar as migalhas e os biscoitos atirados por Diná.

Durante o passeio de barco, Diná atirou alguns biscoitos na água e vários peixinhos coloridos se aproximaram da superfície para disputar as migalhas. (foto: Pixabay – CC0)

Durante o passeio de barco, Diná atirou alguns biscoitos na água e vários peixinhos coloridos se aproximaram da superfície para disputar as migalhas. (foto: Pixabay – CC0)

Zíper também levou um pacote de salgadinhos para o seu lanche e decidiu fazer a mesma coisa. Encheu a mão com os pequenos salgadinhos e também os jogou na água.

Rex começou a se preocupar com a quantidade de comida oferecida aos esfomeados peixes, franziu a testa e perguntou:

– Será que eles aguentam comer tudo isso? Mamãe sempre me diz para não exagerar nos salgadinhos e nos biscoitos para evitar problemas de saúde e com o peso…

– Não seja bobo, Rex – riu Zíper. – Peixes não têm problemas com o peso… Ou têm?

– Na verdade têm, sim! – interrompeu a guia. – Alguns peixes podem ter problemas graves de saúde por comer mal ou comer demais.

– Então os peixes também ficam doentes? – indagou Rex.

– Ficam. Assim como nós, os peixes precisam de quantidades balanceadas, isto é, controladas, de vitaminas, minerais e nutrientes. O pão, o biscoito e o salgadinho contêm muito amido, mas são pobres em vitaminas e outros nutrientes, prejudicando a dieta dos peixes. – explicou a guia.

– Por isso meus pais sempre dizem para eu comer frutas e verduras! – concluiu Rex.

– Já sei! – exclamou Zíper. – Mamãe mandou uma salada de brócolis para o meu lanche. Vamos dar aos peixes. Assim, eles terão uma comida mais saudável.

Ao ouvir a explicação da guia de que alguns peixes podem ter problemas de saúde por comer mal ou comer demais, Zíper quis dar para eles a salada de brócolis que sua mãe preparou para o lanche. Mas será que essa é uma boa ideia? (ilustração: Maurício Veneza)

Ao ouvir a explicação da guia de que alguns peixes podem ter problemas de saúde por comer mal ou comer demais, Zíper quis dar para eles a salada de brócolis que sua mãe preparou para o lanche. Mas será que essa é uma boa ideia? (ilustração: Maurício Veneza)

– Na verdade, não é uma boa ideia. – explicou a guia de novo. – Os peixes, assim como os demais animais, se alimentam de modo diferente de nós. Dentro do mar, existem vários alimentos adequados, que incluem larvas, crustáceos, algas, ovos e pequenos animais e plantas, o plâncton. Alguns peixes dependem de uma boa alimentação até mesmo para manter a cor do seu corpo, vocês sabiam? Ou seja, quanto melhor se alimentam, mais bonito e colorido fica seu corpo.

– Nossa! Não imaginava a importância da alimentação na vida dos peixes. – finalizou Diná.

Mal sabia nossa mascote que essa era apenas a primeira das muitas descobertas que faria naquele passeio. Acompanhe na próxima semana o final desta história!

 

Clique aqui para saber como termina esta aventura.

Fernanda Silva e Eduardo Bessa, Universidade Estadual de Ponta Grossa e Universidade de Brasília

Comentários

Observação: Os comentários publicados abaixo foram enviados por nossos leitores e não necessariamente representam a opinião da Ciência Hoje das Crianças.

  1. Anna Elise Soares Cardoso disse:

    Quando eu for para a praia eu não vou alimentar os peixes porque prejudicar eles!

    • Anna Elise Soares Cardoso disse:

      Quando eu for para a praia eu não vou alimentar os peixes porque pode prejudicar eles!


Deixe o seu comentário!









Conteúdo Relacionado

  • Um mergulho com os peixes

    Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

    Nossos mascotes ficaram espantados com a quantidade de cores e animais do fundo do mar. (foto: Pixabay/ joakant – CC0)
  • Peixões ou peixinhos

    Desmatamento na Amazônia pode levar à redução do tamanho dos peixes que vivem na região

    O desmatamento tem consequências não apenas para as árvores e outras plantas, mas para os animais também: peixes amazônicos podem estar diminuindo de tamanho por causa dele. (foto: Paulo Ilha)
  • Bola de cristal

    Conheça o experimento que ajuda a prever o futuro da vida marinha na costa brasileira

    Os recifes de coral abrigam uma grande diversidade de organismos marinhos. (foto: Projeto Coral Vivo)
string(31) "lightboxIframe link infografico"

Novidades

Cadastre-se para receber nossas novidades por e-mail.

Seu e-mail