Perito criminal!

Ilustração Cruz

Quais são as pistas deixadas? Será que foi um envenenamento? Será que houve luta da vítima com o agressor? Se você acha que levaria jeito para desvendar mistérios desse tipo, talvez tenha sucesso trabalhando com perícia criminal.

A perícia é um departamento da polícia que não usa armas ou força para prender criminosos,usa o conhecimento científico. Os peritos podem ser formados em medicina, química, física ou biologia, por exemplo. Com seus conhecimentos voltados à solução de crimes, eles (ou elas, porque há muitas mulheres peritas!) pertencem a uma área chamada ciência forense.

Para entender um pouco melhor essa profissão, a CHC foi conversar com dois peritos da Polícia Civil: a Claudiane Canuto e o Thiago Hermita.

A Claudiane é formada em química e trabalha nos laboratórios do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, no Rio de Janeiro. O Thiago é formado em medicina veterinária e pertence à Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, também no Rio de Janeiro. Ele analisa as cenas de crime e nos contou uma curiosidade: as pessoas continuam a fazer barulhos mesmo depois de morrer!

Thayuan Leiras,
Jornalista,
Especial para a CHC.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Histórias de uma coisa que todo mundo faz

Você pode estar em casa, na maior tranquilidade, quando bate a vontade. Pode também estar na escola e ficar meio com vergonha de saberem que foi você quem fez. Pode ainda estar na rua e ter de correr para achar um lugar onde possa fazer...

Nariz para fazer som!

Esse conhecimento, que é passado de uma geração para outra, também pode ser compartilhado com pessoas de fora daquele grupo, seja desinteressadamente ou, por exemplo, com o propósito de conservar o ambiente em que vivemos.