Perito criminal!

Ilustração Cruz

Quais são as pistas deixadas? Será que foi um envenenamento? Será que houve luta da vítima com o agressor? Se você acha que levaria jeito para desvendar mistérios desse tipo, talvez tenha sucesso trabalhando com perícia criminal.

A perícia é um departamento da polícia que não usa armas ou força para prender criminosos,usa o conhecimento científico. Os peritos podem ser formados em medicina, química, física ou biologia, por exemplo. Com seus conhecimentos voltados à solução de crimes, eles (ou elas, porque há muitas mulheres peritas!) pertencem a uma área chamada ciência forense.

Para entender um pouco melhor essa profissão, a CHC foi conversar com dois peritos da Polícia Civil: a Claudiane Canuto e o Thiago Hermita.

A Claudiane é formada em química e trabalha nos laboratórios do Instituto de Criminalística Carlos Éboli, no Rio de Janeiro. O Thiago é formado em medicina veterinária e pertence à Divisão de Homicídios de Niterói e São Gonçalo, também no Rio de Janeiro. Ele analisa as cenas de crime e nos contou uma curiosidade: as pessoas continuam a fazer barulhos mesmo depois de morrer!

Thayuan Leiras,
Jornalista,
Especial para a CHC.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

A cidade secreta dos cupins

Cientistas descobrem cupinzeiros gigantes no nordeste brasileiro

O bravo nadador que virou história de pescador

Ele tem um hábito curioso: sobe o rio nadando contra a correnteza. Costumava ser comum em São Paulo, mas nunca mais foi visto por lá. Parece que já anda sumido também de outras regiões do Brasil, virando história de pescador... Quem será ele?