No ar com Amelia

Num tempo em que mulher dirigir carro era raridade, ela foi piloto de avião. E, enquanto muitas moças sonhavam com o vestido de noiva ideal, ela era estilista de roupas femininas muito práticas. Para contar suas aventuras, foi também escritora. Estamos falando de alguém que nasceu no final do século 19: Amelia Mary Earhart!

Amelia em um dos registros das Forças Aéreas do Exército dos Estados Unidos, em 1936.
Foto National Archives Catalog

Seja você menino ou menina, quando alguém lhe disser que você pode ser o que quiser, acredite, porque pode mesmo! Amelia Mary Earhart, ou apenas Amelia Earhart, foi tudo aquilo que desejou num tempo em que as mulheres não podiam quase nada. Sua história é muito inspiradora! Veja só…

Amelia nasceu em 24 de julho de 1897 em uma pequena cidade do estado do Kansas, nos Estados Unidos, chamada Atchison. Ela recebeu esse nome por causa de suas avós materna e paterna: Amelia Josephine Harres Otis e Mary Wells Patton Earhart. Grace Muriel, a irmã caçula e única de Amelia, a chamava pelo apelido carinhoso de “Millie”, porque não conseguia falar o nome da irmã mais velha corretamente. Em retribuição ao carinho, Amelia chamava a irmãzinha de “Pidge”. As duas eram muito unidas e adoravam brincar juntas. Elas eram grandes caçadoras de aventuras! Gostavam de montar a cavalo, caçar ratos e subir em árvores.

Amelia_2
Retrato de Amelia quando criança.
Foto Wikipédia

Amelia Otis Earhart, a mãe de Amelia e Grace, educou as suas filhas de uma forma bem diferente para uma época em que as meninas deveriam ser delicadas, recatadas e preparadas apenas para serem donas de casa e terem filhos. Resultado: as meninas desenvolveram um forte espírito crítico. Amelia não se importava quando um adulto lhe dizia que havia jogos e esportes diferentes para meninos e meninas. Ela acreditava que meninos e meninas poderiam gostar das mesmas coisas e que todos deveriam ser valorizados pelos seus talentos como pessoa.

 

As roupas e o primeiro voo

Dos vestidos longos e com babados, que estavam na moda no começo do século 20, Amelia e Gracie não gostavam muito, preferiam as calças bloomer. Isso chocava as pessoas, porque a calça foi, durante muito tempo, uma peça de roupa usada somente por meninos. O estilo bloomer foi criado pela advogada e defensora dos direitos das mulheres Elizabeth Smith Miller, e era composto de uma calça bufante apertada nos tornozelos por baixo de uma saia rodada abaixo dos joelhos.

Falando em roupas, Amelia Earhart rasgou um dos seus vestidos e ainda machucou os seus lábios no seu primeiro voo, que não foi exatamente um voo de avião… Aconteceu mais ou menos assim: com a ajuda do tio Carl Otis, Amelia e sua irmã construíram uma pista de tábuas com, mais ou menos, dois metros e meio de comprimento; passaram banha de porco na madeira para que ficasse bem escorregadia; daí Amelia decidiu testar a pista com um carro de madeira. Resultado: o carro quebrou e Amelia foi parar longe! Mesmo assim, ela muito animada disse à irmã: “Oh, Pidge, isso é como voar!”.

Amelia Earhart só viu um avião de verdade em uma feira estadual quando tinha dez anos. E ela não ficou encantada, disse que era só uma coisa feita de madeira e arame enferrujado. Os aviões só despertaram o interesse da futura piloto quase dez anos depois, quando ela assistiu a uma exposição de voo acrobático.

 

Voando de verdade

Foi em 28 de dezembro de 1920 que Amelia Earhart voou de avião pela primeira vez. Ela viajou para a cidade de Los Angeles, no estado Califórnia, como passageira do piloto americano Frank Hawks. E foi na Califórnia que aprendeu a voar, pagando com o seu próprio dinheiro as suas aulas. Em 1922, ela comprou o Canário, o seu primeiro avião, um monomotor biplano de dois lugares, com a ajuda financeira de sua irmã e de sua mãe.

Até esse momento, a aviação era um só um passatempo para Amelia Earhart. No entanto, o sucesso do voo solo transatlântico do piloto Charles Lindbergh, em 1927, chamou a atenção de mulheres como Amy Philips (ou Sra. Frederick Edward Guest), a riquíssima esposa do político britânico Capitão Frederick Edward Guest, e impulsionou a carreira de Amelia na aviação. Isso porque Amy Philips queria ser a primeira mulher a cruzar o oceano Atlântico, mas, com medo da viagem, resolveu investir no projeto escolhendo outra garota para voar no seu lugar. O editor George Palmer Putnam, um dos coordenadores do projeto, e futuro marido de Amelia, entrevistou a piloto, e ela foi selecionada para a realização do voo.

O ano era 1928, e, a bordo do Friendship, Fokker F. VII NX 4204, estava Amelia. O voo foi um sucesso, e ela acabou conhecida como a primeira mulher a cruzar o Atlântico como passageira, pois na época as pessoas pensavam que a condução de um avião era muito arriscada para uma mulher.

Amelia e o seu marido George Putnam, em 1930.
Foto Wikipédia

Apoio da família

Três anos depois, em 1931, depois de recusar seis pedidos de casamento do editor, Amelia finalmente disse “sim” e se casou com George, mas continuou com o seu nome de solteira. George publicou os livros da piloto sobre as suas experiências de voo e apoiou a linha de malas de viagem e roupas esportivas que Amelia criou. Para ela, ter o apoio da sua família e de seu marido em seus projetos foi muito importante, porque poucas mulheres tinham essa parceria na época.

Foi com apoio e muito esforço que, em 1932, depois de realizar diversos voos, Amelia se tornou a primeira mulher a fazer um voo transatlântico sozinha. Nesse mesmo ano, ela desenhou roupas de voo para a Ninety-Nines, uma organização internacional de mulheres pilotos, da qual seria presidente, no futuro. Sua primeira criação foi um macacão de piloto com calças largas, zíper e bolsos grandes. Depois, Amelia criou a sua própria linha de roupas com vestidos, saias, calças e casacos com materiais laváveis e que combinavam beleza, elegância, praticidade e funcionalidade.

Amelia em Los Angeles, 1928, ano em que cruzou o oceano Atlântico.
Foto Wikipédia
O macacão desenhado por Amelia Earhart divulgado nas páginas da revista Vogue na década de 1930.
Foto Reprodução/MinnieMuse

Último voo

Amelia incentivou milhares de mulheres a seguirem os seus sonhos. Ela escreveu diversos artigos para revistas contando sobre a sua carreira, os aviões que tinha e a sua paixão por voar. Em junho de 1937, ela embarcou no seu primeiro voo para dar a volta ao mundo e chegou a sobrevoar o nordeste brasileiro antes de desaparecer juntamente com o seu navegador Frederick Noonan, no Oceano Pacífico. Foram feitas buscas sem sucesso por terra, céu e mar… Há várias teorias sobre o desparecimento de Amelia e Frederick. Todas sem provas.

Amelia Earhart em frente ao Lockheed Electra, no qual ela desapareceu em julho de 1937.
Foto Wikimedia Commons

Amelia Earhart segue presente na história. Ela acreditava que as mulheres deveriam se unir para avançarem e conquistarem espaço no mundo. Uma luta que hoje, mais de um século depois do nascimento de Amelia, percebemos que ainda será longa. Afinal de contas, quantas mulheres pilotos de avião você conhece? E quantas astronautas? E quantas presidentes? Tudo estará equilibrado quando não precisarmos mais contar.

 

Janaynne Carvalho do Amaral
Ciência da Informação
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Matéria publicada em 08.03.2021

COMENTÁRIOS

  • Victor H.

    Excelente texto, parabéns à escritora.

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

    • Miguel bispo dos santos

      Puxa que história mais legal e muito gostoso de ler

      Publicado em 9 de março de 2021 Responder

      • Miguel Lopes Costa, 7 anos.

        Eu gostei muito, pois antigamente era muito raro uma mulher dirigir um carro e Amélia pilotou um avião. Isso foi lendário. Eu apoio às mulheres fazerem o que quiserem.

        Publicado em 11 de março de 2021

    • geovanna rodrigues da silva

      parabens para as mulheres

      Publicado em 15 de março de 2021 Responder

  • Ana Carolina

    “quando alguém lhe disser que você pode ser o que quiser, acredite, porque pode mesmo!”

    Que bela história!

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Augusto

    Adorei o artigo!

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Gustavo B. P.

    Que história inspiradora publicada justamente no dia da mulher! Parabéns!

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Débora Nascentes

    Excelente texto. Parabéns!

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Vandimar

    Muito bom. É uma história emocionante de uma grande mulher. Parabéns pelo artigo.

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Laedimo Miranda Do Amaral

    Parabéns adorei o texto a ciência da informação

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Marcos Gonzalez

    Texto lindo! Aviação com estilo

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

    • Miguel bispo dos santos

      Incrível éssa história foi corrido ler isso

      Publicado em 9 de março de 2021 Responder

      • Saori

        Verdade! Essa história parece tão real!

        Publicado em 15 de março de 2021

  • Sandra Maria de Carvalho do amar

    Gostei do texto muito bem escrito parabéns

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

    • Luiz Eduardo 7° A

      Essa matéria é importante pois mostra um grade feito importante na época. Amelia foi a responsável por esse feito, Amelia mostra q mesmo naquela época, as mulheres conseguiram fazer coisas grandes como o feito de Amelia.

      Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Marta Cardoso

    “Ela acreditava que as mulheres deveriam ser unidas para avançarem e conquistarem espaço no mundo. Uma luta que hoje, mais de um século depois do nascimento de Amelia, percebemos que ainda será longa”
    Apesar de ser uma luta ainda longa é muito importante ter e manter a história dessa grande mulher sempre viva conosco, como exemplo de superação e coragem.
    Parabéns pelo excelente texto!

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Tadeu arrais

    Parabéns. Bem escrito e informativo.

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Karin Teixeira Azanha de Carvalho

    Todas as mulheres deveriam conhecer a história de Amélia .
    Parabéns pelo texto.

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • 3º ano B

    Queridas pessoas da revista CHC.
    Nós somos alunos do 3º ano do Colégio Santa Cruz em Maringá-PR e amamos a notícia sobre a Amélia. Ela foi um exemplo de mulher, que conseguiu realizar todos os seus sonhos e nos ensina que temos que respeitar os direitos das pessoas, pois tanto os homens como as mulheres devem ter direitos iguais.
    Adoramos a revista!
    Abraços
    3º ano B

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Taís Urzêda

    Uma história belíssima de uma mulher daquele tempo, com tanto obstáculos deixou um aprendizado. Parabéns pelo artigo 👏🏻❤️😍!!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Patrícia Romeu

    Que texto gostoso de ler!!!! Parabéns!!!!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

    • Rubens LEMES De Miranda

      Adorei o artigo ! Parabéns!

      Publicado em 9 de março de 2021 Responder

    • Paulo Silvano Miranda

      Parabéns lindo texto

      Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Leandro Arantes de oliveira

    Parabéns à escritora pelo o bom gosto ficou ótimo

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Marcelo Ramagnoli Melo

    Parabéns pelo texto, incentivo a todas Mulheres guerreiras, que luta por os seus sonhos e conquistas…

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Rubens LEMES De Miranda

    Adorei Parabéns!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Regina Cláudia O. Miranda

    Parabéns pelo artigo!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Thaisa

    Que história incrível! Muito legal esse incentivo de leitura. Histórias assim fazem toda a diferença no desenvolvimento de crianças. Se eu, como menina, tivesse tido acesso a esse tipo de conteúdo, com certeza algumas coisas em minha vida teriam sido totalmente diferentes (para melhor). Parabéns!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Myriam Gonçalves

    Parabéns, excelente artigo!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Débora Nascentes

    Seu texto foi ótimo, porque falou da conquista da mulher nos espaços masculinos sem perder de vista os seus interesses femininos. Acho que a mulher moderna deve saber de tudo um pouco.

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Bruno Azanha De Carvalho

    Uma mulher que desafiou e rompeu os paradigmas de desigualdade, mostrando que, o gênero não é um limitador da capacidade humana de realizar grandes feitos, uma mulher forte e exemplo de inspiração e empoderamento para as próximas mulheres que sonham. Um lindo texto, parabéns a autora.

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Jean Ronay

    Precisamos de mais Amélias, para a união das Mulheres ser mais forte, e cada vez mais conquistar o espaço que as mulheres merecem. Parabéns pelo texto

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Paula R. Silva

    Que mulher maravilhosa!! Adoro histórias de mulheres incríveis e inspiradoras!!

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Solange Carvalho

    Excellente artículo , muito inspirador . Amo ler sobre a evolução feminina .

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Solange Carvalho

    Excellente artigo , muito inspirador . Amo ler sobre a evolução feminina

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Rafaella

    Meus parabéns Janaynne, adorei essa ideia de fazer esse lindo texto da Amélia no dia das mulheres, que Deus te abençoe muito

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Caio

    Gostei muito!!! Amei!!!

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Márcio Neres

    Que texto incrível super pertinente !! Parabéns

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Saori

    PARABÉNS AS MULHERES!!!

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Saori

    PARABÉNS AS MULHERES!!!

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Miguel Lopes costa, 7anos

    Eu gostei muito, pois antigamente era muito raro uma mulher dirigir um carro e Amélia pilotou um avião. Isso foi lendário. Eu apoio às mulheres fazerem o que quiserem.

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Talita Rocha

    Janaynne, que texto incrível!
    Você vai nos instigando a ler mais e mais a história! Parabéns!
    Eu não conhecia a Amelia. Fiquei muito inspirada e acredito que, mesmo um século depois, temos muito a fazer como sociedade para que meninas cresçam com essa certeza de que podem tudo! E para que as mulheres de hoje possam ser o que quiserem, pessoal, socialmente e no âmbito do trabalho. Avante!
    E que lindos os comentários das crianças aqui! S2

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Alice Almeida

    Olá CHC eu amei a história da Amélia porque ela mostrou que as mulheres também são capazes de trabalhos incríveis.

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Isa Caldas

    Que história linda e inspiradora! Justamente no dia só mulher e ainda nos mostra que mesmo sendo uma história do século passado, ainda é tão atual, nós mulheres ainda temos obstáculos na sociedade de hoje, mas nos apoiando chegamos mais longe!
    Me sinto inspirada e com vontade de buscar mais sobre Amelia! Obrigada pelo texto

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Rita A. B, Pereira

    Que delícia de leitura!
    A autora mostrou com muita clareza e delicadeza os desafios enfrentados pela Amélia e sua contribuição em várias áreas, não só na aviação.
    Ler sobre Amélia foi uma grande descoberta e foi inspirador.
    Quero mais matérias assim.
    Parabéns à autora e à revista.

    Publicado em 12 de março de 2021 Responder

  • Kizi Araújo

    Texto maravilhoso e inspirador para esse dia da mulher! Parabéns à autora e à revista!

    Publicado em 12 de março de 2021 Responder

  • thiago

    Isso deve ter inspirado muita mulheres a fazer muitas coisas além do que acham.

    Publicado em 13 de março de 2021 Responder

    • jhonny

      tambem acho isso.

      Publicado em 13 de março de 2021 Responder

  • arthur alencar

    gostei da historia acho possivel que a causa do desaparecimento dela seja que alguem com inveja de tudo que ela fez tenha a sequestrado ela

    Publicado em 13 de março de 2021 Responder

    • carlos

      tambem acho isso.

      Publicado em 13 de março de 2021 Responder

  • JOAO GUILHERME BORGES DE SOUZA

    ACHEI MUITO LEGAL,AMEI LER

    Publicado em 13 de março de 2021 Responder

    • enzo

      tambem acho isso.

      Publicado em 13 de março de 2021 Responder

  • Laura Mariana e Silva, 13 anos

    Achei o artigo muito bem escrito!
    Eu já tinha ouvido falar da história da Amélia em uma matéria do Fantástico, mas lendo seu texto descobri coisas novas como sua linha de roupas, o fato de que tanto sua família quanto seu marido apoiaram ela em uma época em que as mulheres não recebiam nenhum apoio, ela ter sido a primeira mulher a cruzar o oceano Atlântico…
    A leitura foi maravilhosa e fácil de ler, com um jeito mais informal e divertido de posicionar os fatos históricos.
    A história de Amélia me interessa muito, visto que ela desapareceu sobrevoando o mundo (acredito que ela possa ter entrado no Triângulo das Bermudas) e que foi uma mulher que mudou a forma de ver as coisas.

    Publicado em 13 de março de 2021 Responder

    • Ryan felipe

      Eu gostei muito e apoio todas as mulheres a seguirem seus sonhos

      Publicado em 22 de março de 2021 Responder

    • Pedro Henrique de Moraes Pedrassi 5°B

      Adorei muito importante gostar de ler ….enriquece a nossa cultura

      Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • joão vicente

    entre meus olhos estão ardendo e 1000 estrelas avaliação perfect

    Publicado em 15 de março de 2021 Responder

  • Mell

    Nossa, eu não sabia que a Amelia tinha feito tantas coisas!! Muito bom o artigo!

    Publicado em 15 de março de 2021 Responder

  • ANA JULIA

    OI SOU A ANA JULIA QUERIA QUE VOCES ME MANDEUM BEIJOOOOOO

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • lucio

    oi chc estou me perguntando sobre o fundo do mar chc tambem eu gostei da revista estou aprendendo muito

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

    • IAGO ROBERTO GALVÃO DA SILVA

      Achei esse texto muito legal

      Publicado em 6 de abril de 2021 Responder

  • andrei

    oi meu nome e andrei manda um beijo pfv

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • andrei

    vcs sao legais queria saber como pilota um aviao

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • lucio

    oi meu nome e Lucio estava me perguntando sobre os bichos do mar gostei muito da revista

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • 6º ano A EE Professora Marines Fátima de Sá Teixeira

    Nós, estudantes do 6º ano A, da Escola Estadual “Professora Marines Fátima de Sá Teixeira”, de Alta Floresta, Mato Grosso, adoramos o texto sobre a Amélia e percebemos que as mulheres podem muito mais do que apenas limpar a casa e fazer comida. Ela foi muito forte em realizar os seus sonhos: piloto e estilista. É uma inspiração para todos.

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • Eloísa Príncipe

    Uma ótima história e excelente narrativa!
    História

    Publicado em 17 de março de 2021 Responder

  • Maria Clara 5°B

    Será que Amélia era feminista?

    Publicado em 17 de março de 2021 Responder

  • Angelica Teixeira Ferreira Rodrigues

    Olá , equipe da CHC! Tudo bem? O artigo sobre Amélia Mary Earhart é maravilhoso!!! Sugeri aos meus alunos do 5º B, da EMEIF Professora Maria Amélia Ribas Campilongo uma leitura. e apreciação da revista como um todo.
    Essa revista é fantástica! Parabéns a todos os envolvidos!
    Gratidão

    Publicado em 17 de março de 2021 Responder

    • Angelica Teixeira Ferreira Rodrigues

      Retificando: “Sugeri aos meus alunos do 5º B, da EMEIF Professora Maria Amélia Ribas Campilongo, uma leitura e apreciação da revista, como um todo”.

      Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • Maria José de Oliveira

    Que história maravilhosa, mulher guerreira, sem dúvidas exemplo a ser seguido.
    Também acredito que serei em breve uma das maiores neuropsicóloga já mencionadas. Eu acredito o esforço é constante.
    Cabeça erguida, vencer com respeito e humildade sempre!!!

    Publicado em 17 de março de 2021 Responder

  • Maria José de Oliveira

    Retificando: Uma das maiores neuropsicóloga já mencionada…

    Publicado em 17 de março de 2021 Responder

  • CLARA VIEIRA

    É um texto muito bem escrito e aprendi varias coisas sobre Amélia Earhart.

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • CLARA VIEIRA

    E´um texto muito bem escrito e aprendi várias coisas sobre Amélia Earhrt.

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

    • Davi doidinho

      oi CHC ou gostei muito das pesquisas de você!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

      .

      Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • ELIZA DOS SANTOS ROZA

    É UM TEXTO MUITO LEGAL INTERESSANTE POIS NA SUA ÉPOCA MULHERES ERAM PROIBIDAS DE FAZEREM O QUE QUEREM E ELA MESMO SABENDO QUE ERA PROIBIDO NAO DESISTIU DOS SEUS SONHOS E CONSEGUIU SER UMA INSPIRAÇÃO PARA TODAS NÓS

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • isabela

    oii chc eu sou isabela

    Publicado em 22 de março de 2021 Responder

    • Bruno

      Tem como pescar um tubarão na vara de pesca

      Publicado em 26 de março de 2021 Responder

  • Tiago 2021

    É Bem inspirador e uma historia muito legal .

    Publicado em 22 de março de 2021 Responder

  • Tiago 2021

    oi meu nome é Tiago eu sou aluno do 5B e eu adorei o texto CHC.

    Publicado em 22 de março de 2021 Responder

  • Bianca

    Muito legal a reportegem parabéns

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

    • Bianca

      *REPORTAGEM

      Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • Bianca

    *REPORTAGEM

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • Mayara

    Amei o texto ! Nele tem bastante conteúdo sou aluna do 8 ano e eu amei de verdade a história é bem bacana !!!

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • Nicoly Batista da Silva

    eu só aluna do 5 ano B, Maria Amélia Ribas campilongo eu gostei muito da história pq ela eh muito corajosa pq ela tá seguindo oh maio sonho dela e ela não de sistiu do seu sonho pq a gente tem que seguir nosso sonhos.

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • Luiz Fernando Bertoluzzi 5°ANO B EMEIF Professora : angelica

    Texto lindo, e muito informativo

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • Marcio Hiroshi Yamakawa Junior

    Gostei muito da história de Amélia.

    Publicado em 23 de março de 2021 Responder

  • felipe

    eu li isso na minha aula de redação ;-;

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Maria Clara

    Eu gostei muito disso que Amélia fez, ela foi bem criativa!

    Obrigada, CHC.

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • sarita

    Adorei essa historia, impressionante.

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Nicolly

    Nossa amei essa reportagem, muito maça inspiradora.

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • isabela ximenes de moura

    muito boa a historia gostei muito

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • luiza

    Bom ,é uma história muito legal e divertida e trás inspiração para as pessoas

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

    • Fernanda 7ª

      Amélia foi uma mulher super batalhadora ,essa história trás inspiração para muitas pessoas eu adorei a história de Amélia:)

      Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Gustavo Simiano de Paula

    Achei muito legal o texto achei que ela tomou uma decisão muito interessante pois ele trabalhou em uma profissão que só homes trabalhavam na época

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

    • felipe

      eu acho que era pra ser ela

      Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Isabele

    Amei a historia

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • gabriela

    Gostei muito da história da amélia,

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Vitória

    Amelia foi uma mulher muito batalhadora , o texto é realmente inspirador para muitas mulheres .
    Gostei muito do texto e espero que isso inspire muitas outras pessoas .

    Vitória

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Lavínia

    Achei perfeito!
    Mto bom o jeito que a família apoiou e como ela mudou a cabeça de todos que pensavam que as mulheres não tem o poder de fazer oq ela fez!
    Só queria saber oq aconteceu com ela…

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

    • felipe

      um comentario legal o seu e eu tbm quero saber oque aconteceu com ela

      Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Melissa

    muito legal Amélia foi incrivel a primeira mulher a pilotar um avião esse texto me motivou

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • JULIA

    Eu achei muito legal pois eu acho que as mulheres tem sim esse poder como todos aqui e isso é muito bom pois inspira bastante gente

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • JULIA C.

    Eu achei muito legal pois eu acho que as mulheres tem sim esse poder como todos aqui e isso é muito bom pois inspira bastante gente que sempre podemos alcançar nossos sonhos

    Publicado em 24 de março de 2021 Responder

  • Livia Almeida 7A

    Eu achei muito importante essa matéria, pois mostra que mesmo na época machista, ela conseguiu seguir sonho. E mesmo com toda a educação dessa época, ela mesmo assim não se importou e seguiu seus sonhos. Ela foi uma grande figura para nos mostrar que não importa o genêro ou outras coisas, o importante é você batalhar e quando conseguir oque quer, motive outras pessoas a fazerem o mesmo. Lívia Almeida 7A

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Mariana Marciliano Bispo 7 ano A

    Achei interessante porque com essa história podemos evoluir e perceber a igualdade ne humanidade , e q podemos ser mais , e seguir longe com nossos sonhos e aproveitar a vida como queremos

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Sophia

    Eu achei muito legal pois eu acho que as mulheres podem tudo se quiserem. Isso é muito bom pois inspira bastante gente que sempre podemos alcançar nossos sonhos.

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • breno yuri 7a

    ótima história , acho que deveria ter mais mulheres assim , mesmo sabendo do risco ela escolheu essa profissão adorei essa história , uma ótima motivação sendo para homem ou uma mulher
    parabéns

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • João Gabriel 7º ano A

    Essa materia é muito legal pois todas as mulheres na minha opinião tem que ter os direitos iguais e amelia foi um bom exeplo de as mulheres são tão capazes quantos os homens, e isso é muito bom pois muitas pessoas podem se inpirar e ser incentivadas a seguir seus sonhos

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Gisele Lima da Fonseca 7 ano A

    Eu adorei a história pois ela mostra que nn são só os homens que podem fazer tudo. A Amélia foi forte e mesmo sabendo que era arriscado ela mostrou para todos que as mulheres nn são só donas de casa e que podem ss realizar os seus sonhos. E que sempre devem ser fortes.

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Leticia 7 ano A prof Karol Brites

    Achei muito inspirador e interessante pois em uma época que na verdade eram todos muito machistas ela ignorou tudo o que os outros diziam e foi lá seguir seus sonhos e sua paixão por avião tanto que ficou conhecida por ser a primeira mulher a atravessar o oceano atlântico até mesmo depois do acidente ficou marcada na história

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Luiza 7A

    Eu achei incrível!.Acho que mulheres tem sim muito poder dentro de si e podem alcançar seus objetivos com facilidade,ela é um exemplo muito incrível de empoderamento feminino,oque nós mulheres precisamos mostrar agr,para quebrar assim dizendo o fato da sociedade dizer que somos fracas,incapazes de fazer certas coisas etc.O mais incrível é que mesmo com a educação extremamente machista na quela época ela seguiu enfrente e realizou os seus sonhos por conta própria,espero que muitas mulheres se inspiram-se nela para nós mostrarmos para a nossa sociedade que continua machista infelizmente,que nós mulheres somos fortes,empoderadas e conseguimos realizar nossos sonhos apenas por conta própria!!

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Fernanda 7ª

    Eu achei incrível pois ela seguiu-o o seu sonho ,isso serve de exemplo para muitas pessoas seguirem seus sonhos inscreveis.!!! Amei a história da Amélia mesmo na época que muitas coisas as mulheres n podiam ter ela teve um avião ela conseguiu vencer !!! Ela é incrível

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • pietroximenez 7-A

    Achei muito legal a historia,ela conta a historia de uma mulher que,é uma mulher batalhadora,e que mesmo sendo mulher ela conseguiu superar o machismo de um jeito diferente.Amei a historia.

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • joao henrique 7 A

    otimo texto,pena que o mundo real nao aceita tao inspiracao e determinacao nao aceitado pela sociedade por ser um evento muito anormal na vida real e nao aceitado por muitos homens

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Maria eduarda Andrade da Costa 7B

    História linda, Amélia não teve preconceito ela fez um jeito muito lindo como fazer um esporte , como aviação ‘e um trabalho de menino ” mas ela transformou esse trabalho ou esporte pra os dois gêneros quanto feminino quero masculino , AMELIA FOI UMA MULHER MUINTO NOBRE E NEM UM HOMEN TIROU ESSA PAIXÃO DELA PRA PILOTAR AVIÕES

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Giovana Siqueira 7B aula prof karol

    adorei texto sobre a Amélia e percebi que as mulheres podem muito mais que apenas ser dona de casa . Ela foi muito forte em realizar os seus sonhos: piloto e estilista . É uma inspiração para todos

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Beatriz Yukie 7°B

    Amélia foi uma mulher muito exemplar,ela mostrou para todos que todos somos capazes de fazer o que quisermos, foi uma mulher batalhadora ,seguiu e acreditou no seu sonho com o apoio da família e conseguiu ,hoje ela é uma pessoa muito importante que insentivou varias mulheres a seguirem seus sonhos .Ela demonstrou que nós mulheres não precisamos nos encaixar no padrão da sociedade só precisamos ser nós mesmas!

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • maria luiza 7 B

    o texto e muito importante para dar inspiracao para outras pessoas a sequir seus sonhos …. adorei a historia da amelia pois nessa epoca a mulheres nao podiam fazer muitas coisas ,mais ela nao desistiu e sequiu seus sonhos , e acho que as mulheres consequem seus desejos com facilidade , amelia é um exmplo para todas as mulheres ….

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Luan Gomes 7B

    Istori muito legal . Em uma época em que as mulheres não eram vistas, Amélia se tornou pioneira, realizou todos os seus sonhos e deixou seu nome na história da aviação.

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Murilo de lima biegas 7B

    Essa reportagem vai incentivar várias mulheres a seguir seus sonhos e correr atrás deles e sem sentir medo dos comentários das pessoas que irão tentar te parar de vários formas, as mulheres têm direito as mesmas coisas que o homem. E ela e um exemplo do poder feminino e que as mulheres podem fazer tudo que elas quiserem sem nenhuma barreira, elas podem ser repórteres, elas podem jogar futebol, jogar videogames e mais outras coisas.

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

  • Josianne Cunha

    Eu achei a matéria importante, porque mostra que mesmo vivendo em tempos machistas ela conseguiu realizar seu sonho. Ela foi uma grande mulher que nos mostrou que gênero não importa e que a mulheres podem conquistar tudo o que querem, Josianne 7° B

    Publicado em 25 de março de 2021 Responder

    • Heitor Gabriel Mendes Soares

      Olá CHC gostei muito da matéria pois mostra a luta das mulheres na sociedade pela igualdade de direitos e oportunidades.

      Publicado em 29 de março de 2021 Responder

  • EDUARDA NANORADA DO KAKASHI SENSEI

    OLA EU SOU A NAMORADA DO KAKASHI SENSEI E PARA QUEM NÃO SABE QUEM É O KAKASHI É UM ANIME DO NARUTO NA VERDADE ELE É UM PERSONAGEM😍😍😍😍😍🤗

    TE AMO KAKASHI SENSEI 😗😗😗😗😗😗😗

    Publicado em 29 de março de 2021 Responder

  • Gabriel Luiz de de Santos de Souza Freitas

    As mulheres tem que deixar elas fazer o que elas qui serem sem preconceito

    Publicado em 30 de março de 2021 Responder

  • ANA JULIA

    OI E MUITO LEGAU ESSE TESTO DA CADEIA ALIMENTAR

    Publicado em 30 de março de 2021 Responder

  • Guilherme Denardi Lopez

    Eu achei a matéria muito interessante e legal mas essa ultima pergunta foi bem difícil pois eu não consegui responder nem umazinha

    Publicado em 3 de abril de 2021 Responder

  • Maria Alice De Paula Martins

    Eu adorei a historia : As roupas e o primeiro voo e achei muito interessante,legal e divertida.

    Publicado em 5 de abril de 2021 Responder

  • Ana Carolina Oliveira Fraga

    Antigamente era dificil mulheres dirigir carros,já Amélia pilotou um avião!
    As mulheres tem que se destacar no cenario,pois existe muitas pessoas machistas.

    Publicado em 5 de abril de 2021 Responder

  • cecilia rocha pereira gomes

    e muito chato e feio so to aqui porcomta que minha profesora
    mandou

    Publicado em 5 de abril de 2021 Responder

  • cecilia mireles santos

    me descupen minha amiga ela esta estresada

    Publicado em 5 de abril de 2021 Responder

  • Ysabelle Abasto Monteiro Barbosa Silva

    Eu gostei do texto! Muito legal.

    Publicado em 5 de abril de 2021 Responder

  • NELLY ADESHINA.

    Eu sou do 4 Ano C e eu gostei muito a história de Amelia Earhart.❤️❤️❤️🥰🥰🥰

    Publicado em 6 de abril de 2021 Responder

  • Natália Souza

    Que legal essa história essa mulher teve te trabalhando muito eu gostei muito

    Publicado em 8 de abril de 2021 Responder

  • Luma Teixeira

    Olá C.H.C. , gostei da história que foi muito legal e foi linda saber que ela fazia suas próprias roupas.

    Publicado em 9 de abril de 2021 Responder

  • Jamille Reis

    ola C.H.C eu sou a eu adorei a historia da amelia ela fazia suas roupas e eu gostei de saber que a amelia voi a primeira mulher a pilotar um aviao

    Publicado em 12 de abril de 2021 Responder

  • isabela

    eu amei o artigo sobre amelia erthart eu sou super a favor do direito da mulheres e tenho falta de coisas assim na pandemia

    Publicado em 13 de abril de 2021 Responder

  • Alunos 3ºano, CNM

    Ola revista CHC. Somos alunos do 3º ano do Colégio Nova Meta em São Paulo/SP. Em nossa aula de português a professora trabalhou o gênero Carta do leitor. Adoramos conhecer sobre a Amélia e descobrir que ela foi a primeira mulher a pilotar um avião e que costurava suas próprias roupas. E também que sempre devemos correr atrás dos nossos sonhos. Parabéns pela matéria.

    Publicado em 13 de abril de 2021 Responder

  • Emília Cardoso Franco

    OLÁ revista CHC amei ler NO AR COM Amelia

    Publicado em 19 de abril de 2021 Responder

Envie um comentário

CONTEÚDO RELACIONADO

Quem canta seus males espanta

Ouvir (e cantar!) uma boa música traz inúmeros benefícios. Já cantou hoje?