Médico(a) no esporte!

“Lá vai o levantador. E lá vem a cortada. Do outro lado, o bloqueio funciona, mas… opa! Alguém se machucou!”
“Lá vai o primeiro golpe. E o segundo. O adversário cai de mal jeito e… a luta para!”
“Lá vai o centroavante driblando os adversários perto do gol. Ele vai marcar, você se prepara para comemorar, mas… essa, não! Ele foi derrubado! O juiz marca pênalti e manda vir a maca. O machucado foi feio!”

Gente, alguém pode chamar o médico?! Mas que médico? Um especialista em medicina esportiva, é claro! Eles são o socorro certo para os atletas, mas não entram em cena somente quando alguém se machuca. Eles acompanham os atletas no dia a dia, dando orientações para uma vida saudável, para evitar lesões e também para prestar socorro. Para entender um pouco mais sobre a medicina esportiva, a CHC conversou com Marcio Tannure, que é chefe do departamento médico do Flamengo e também acompanha atletas das artes marciais, do UFC.

tanuri
Divulgação

Thayuan Leiras,
Jornalista,
Especial para a CHC.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Congadas e outras festas populares!

As celebrações vêm da África, mas a alegria é tradição do Brasil

O castelo faz 100 anos!

Na cidade do Rio de Janeiro, bem na margem da Avenida Brasil, existe um castelo. Nele não moram reis, rainhas, príncipes ou princesas. Se existe alguém reinando por lá, é a Ciência!