Médico(a) no esporte!

“Lá vai o levantador. E lá vem a cortada. Do outro lado, o bloqueio funciona, mas… opa! Alguém se machucou!”
“Lá vai o primeiro golpe. E o segundo. O adversário cai de mal jeito e… a luta para!”
“Lá vai o centroavante driblando os adversários perto do gol. Ele vai marcar, você se prepara para comemorar, mas… essa, não! Ele foi derrubado! O juiz marca pênalti e manda vir a maca. O machucado foi feio!”

Gente, alguém pode chamar o médico?! Mas que médico? Um especialista em medicina esportiva, é claro! Eles são o socorro certo para os atletas, mas não entram em cena somente quando alguém se machuca. Eles acompanham os atletas no dia a dia, dando orientações para uma vida saudável, para evitar lesões e também para prestar socorro. Para entender um pouco mais sobre a medicina esportiva, a CHC conversou com Marcio Tannure, que é chefe do departamento médico do Flamengo e também acompanha atletas das artes marciais, do UFC.

tanuri
Divulgação

Thayuan Leiras,
Jornalista,
Especial para a CHC.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Peixes luminosos

Já passou por essa situação: você está em um lugar afastado da cidade, com pouca luz e, de repente, aparecem pontinhos luminosos acendendo aqui e ali?

Mamãe anel

Você sabia que os anéis de Saturno podem gerar novas luas para o planeta?