Pinoquiossauro rex

Hoje é dia de novidade pré-histórica: cientistas anunciaram a descoberta de um primo do famoso tiranossauro rex. Qianzhousaurus sinensise, cujos fósseis foram encontrados na China, tem nome complicado, mas já ganhou até apelido – Pinóquio rex, porque, tal como o boneco de madeira das histórias infantis, também é bastante narigudo!

O <i>Qianzhousaurus sinensise</i> recebeu o apelido de Pinóquio rex por conta do seu focinho comprido. (imagem: Chuang Zao)

O Qianzhousaurus sinensise recebeu o apelido de Pinóquio rex por conta do seu focinho comprido. (imagem: Chuang Zao)

Ele viveu há 66 milhões de anos e foi descoberto por pesquisadores da Academia de Ciências Geológicas da China e da Universidade de Edimburgo, da Escócia. O paleontólogo Stephen Brusatte, um dos responsáveis pela descoberta, conta que, antes do Pinóquio rex, os cientistas conheciam outro tiranossauro narigudo, o Alioramus, que viveu na Mongólia na mesma época. “Essa descoberta pode indicar que dinossauros com focinhos compridos eram bem mais comuns do que pensávamos”, diz Stephen.

Pinóquio e seu primo tiranossauro não chegaram a conviver, embora tenham existido na mesma época. Eles viviam em áreas diferentes – o T. rex na América do Norte e o Q. sinensise na Ásia. Mas Stephen conta que o Pinoquiossauro provavelmente dividiu território com um dinossauro parecido com o parente famoso.

Pensou que eles brigavam por comida? O pesquisador conta que não. “O mais provável é que, por causa dos bicos, eles se alimentassem de presas diferentes com métodos distintos de caçada”, explica.

Os fósseis do Pinóquio rex foram encontrados na China. (imagem: Junchang Lu)

Os fósseis do Pinóquio rex foram encontrados na China. (imagem: Junchang Lu)

Segundo Stephen, é muito incomum que dinossauros tão grandes tenham focinhos longos. “Normalmente, esses animais têm o crânio aprofundado e muito musculoso, garantindo uma mordida forte”, diz. “Acreditamos que o focinho do Pinóquio rex permitia que ele se alimentasse de presas mais rápidas.” Isso porque, no lugar da força, seu focinho comprido ganhava na velocidade, permitindo uma abocanhada veloz.

O nariz comprido não é a única diferença do Pinóquio rex para outros dinossauros. “O esqueleto que encontramos é mais fino e leve se comparado com outros tiranossauros, o que pode ser sinal de que conseguia correr com mais velocidade”, conta Stephen. Difícil escapar desse predador!

Matéria publicada em 04.06.2014

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Concordo, deveria ser muito difícil fugir desse predador!

    Publicado em 3 de novembro de 2018 Responder

Isadora Vilardo

Sempre adorei ler para conhecer novos mundos e, com a ciência, conheço cada vez mais esse mundo em que vivemos. Na CHC Online, meu trabalho é escrever para dividir essa alegria com vocês!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?