‘Parabéns para você’ no espaço

A Estação Espacial Internacional em órbita da Terra (foto: Nasa).

A maior espaçonave já construída pelo ser humano está fazendo aniversário. A Estação Espacial Internacional, um laboratório de pesquisa em pleno espaço, acaba de completar dez anos. Em novembro de 1988, seu primeiro componente foi lançado, dando início à construção de um projeto muito complexo e que envolve diversas nações. Entre elas, Estados Unidos, Canadá, Espanha e Reino Unido.

Com tamanho comparável a de uma casa com cinco quartos, a Estação Espacial Internacional realizou, em uma década de atividades, pouco mais de 57 mil órbitas em torno da Terra. Para você ter uma idéia, se ela estivesse viajando em linha reta, já teria passado por Plutão e chegado aos limites do Sistema Solar. Nesse período, recebeu 167 visitantes, representando 15 países. Até um brasileiro esteve por lá: o astronauta Marcos Pontes, que desembarcou nesse laboratório espacial em 2006.

A existência da Estação Espacial Internacional é fundamental para que avanços na exploração do Universo sejam feitos. Afinal, os cientistas precisam conhecer bem os efeitos da falta de gravidade sobre o organismo humano antes de pensar em enviar astronautas para viagens mais longas do que a já realizada até a Lua. Também devem saber o impacto da falta de gravidade sobre materiais utilizados na construção de espaçonaves e até mesmo em colônias que possam ser erguidas em outros planetas do Sistema Solar. Sem falar em muitos outros temas, que também são foco de estudo.

“Com a Estação Espacial Internacional, nós aprendemos muito – e vamos aplicar esse conhecimento para voar até a Lua e Marte”, disse Mike Fincke, o comandante da Expedição 18, atualmente a bordo desse laboratório espacial. “Tudo o que nós estamos aprendendo tão perto de casa, a apenas 386 quilômetros do planeta, nós podemos aplicar à Lua, que está a mais de 386 mil quilômetros de distância.” Para você ver como é valioso esse incrível laboratório que mantemos entre as estrelas!

 

Matéria publicada em 28.11.2008

COMENTÁRIOS

Mara Figueira

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?