Lesmas, caramujos e caracóis

Todos os três levam a vida devagar. Estamos falando das lesmas, dos caramujos e dos caracóis. Mas você é capaz de distinguir um bicho do outro? Se respondeu “não”, saiba que não está sozinho. Leitora da CHC, a Lucia Helena Ramos é contadora de histórias. Após apresentar uma trama em que o personagem principal era um caracol, ela ouviu a pergunta: qual a diferença entre esse animal, as lesmas e os caramujos? Sem saber explicar, enviou a dúvida para a CHC e nós fomos atrás da solução!

“Lesma, caracol e caramujo são nomes populares atribuídos aos moluscos que pertencem ao grupo dos gastrópodes”, explica a bióloga Inga Veitenheimer Mendes, do Centro Universitário La Salle, do Rio Grande do Sul. Vamos conhecer, então, algumas características de cada animal, para reconhecê-los? Só fique esperto porque, como estamos falando de nomes populares, o bicho que é chamado de lesma em uma região do Brasil pode ser conhecido como caracol em outra e assim por diante!

Lesmas

Em geral, são moluscos sem concha, encontrados no solo, embaixo ou sobre a vegetação rasteira, em hortas, jardins ou matos. No Brasil, há lesmas que são nativas do nosso país e outras que têm origem na Europa: essas, aliás, devem ter chegado por aqui na época do descobrimento, há mais de 500 anos! As lesmas “brasileiras” têm o corpo achatado, enquanto o das europeias é cilíndrico, entre outras diferenças (as européias, por exemplo, apresentam uma concha reduzida, transparente, em forma de unha, encoberta por uma dobra de pele, que parece uma corcunda. As brasileiras, não). E você sabia que, no mar, também há lesmas? Algumas não apresentam concha, enquanto outras, como a lebre-do-mar, têm uma bem pequena, encoberta pela pele. Há, ainda, as que são coloridas e brilhantes!

Caracóis e caramujos

São os moluscos gastrópodes com concha. Encontrados em ambientes terrestres e de água doce, os caracóis, em geral, têm conchas mais frágeis e leves. Já os caramujos, normalmente, são moluscos gastrópodes que vivem no mar e têm conchas maiores, mais espessas e pesadas. O Adelomelon becki, por exemplo, é um dos maiores caramujos da costa brasileira: sua concha pode atingir 60 centímetros de comprimento! Já os moluscos do gênero Megalobulimus, embora sejam terrestres, quando adultos costumam ser chamados de caramujos. Nativos do Brasil, eles têm uma concha espessa, que chega a medir mais de 10 centímetros de comprimento.

Matéria publicada em 05.10.2009

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Aprendi bastante lendo esse texto!

    Publicado em 27 de abril de 2019 Responder

  • Miguel Silva Lamberti Barros

    legal aprendi muito mas do que aprenderia pensando.

    Publicado em 3 de março de 2021 Responder

  • YAN FERNANDES DE SOUZA.

    ADOREI CONHECER UM POUCO SOBRE O GRUPO DOS INVERTEBRADOS MOLUSCOS.

    Publicado em 4 de março de 2021 Responder

  • JORGE EDUARDO DE FREITAS PINHEIRO JUNIOR

    Gostei de aprender mais um pouco sobre o grupo dos moluscos.

    Publicado em 5 de março de 2021 Responder

  • Manuela Pereira Santos

    O caracol é diferente do caramujo porque o caramujo é chegado à água. As lesmas são moluscos que não possuem concha. O caramujo fica em água doce, e o caracol tem uma concha frágil .

    Publicado em 6 de março de 2021 Responder

  • Helena

    E muito legal aprender sobre os moluscos.

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Arthur Miguel Ribeiro Sobrinho

    Lesma são moluscos sem conchas encontrados em matos e ou jardins, caracóis e caramujos são os que têm conchas, encontrados tanto na terra como na água

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • miguel asty torres

    agora gosto mais do grupo dos imvertebrados.

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • Arthur Vale de Barros

    Gostei muito do texto

    Publicado em 9 de março de 2021 Responder

  • miguel lemek ferrera cambão

    Muito legal o texto

    Publicado em 10 de março de 2021 Responder

  • Isis Lopes Roma

    O TEXTO E MUITO LEGAL

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • Cauã Parga

    São uns bichinhos bem diferentes, as lesmas, caracóis e caramujos!!!

    Publicado em 16 de março de 2021 Responder

  • JOAO GUILHERME GAZINEU SALVADOR FIGUEIREDO 302

    As lesmas deixam rastro por onde passa fica um nojo.

    Publicado em 29 de março de 2021 Responder

  • Samuel Guerra Fernandes

    Soltam uma gosma e meio nojento

    Publicado em 29 de setembro de 2021 Responder

Mara Figueira

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?