Como nascem os planetas

Se você pudesse entrar em uma nave e viajar para bem longe da Terra, mais exatamente para 335 anos-luz de distância em direção à estrela HD 100546, poderia presenciar o nascimento de um planeta. Pelo menos essa é a suspeita de astrônomos que observaram um grande emaranhado de rochas se formando nas proximidades da estrela.

“Com os dados que temos hoje, a explicação mais provável é a de que a imagem é de um planeta em formação. No entanto, ainda temos que confirmar isso com novas observações”, contou à CHC o astrônomo Sascha Quanz, do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique, na Suíça, que participou da descoberta.

planeta em formação

Imagem criada por uma artista mostra o suposto planeta se formando no disco de gás e poeira da estrela HD100546. O objeto descoberto orbita a estrela a uma distância 70 vezes maior do que a distância entre a Terra e o Sol (Crédito: ESO/L. Calçada)

De um modo geral, os pesquisadores acreditam que um planeta nasce a partir dos restos do surgimento de novas estrelas. Os fragmentos de rochas liberados pela formação do astro colidem e se unem uns aos outros. Tudo isso começa com partículas pequenas, de apenas alguns milímetros, que depois atraem rochas cada vez maiores, que podem chegar a vários quilômetros de diâmetro. Com o tempo, o emaranhado vai ficando cada vez maior, até que atinja o tamanho e a massa de um planeta.

No caso da jovem estrela HD 100546, o disco de gás e poeira que surgiu durante sua formação ainda está presente. Por isso, os cientistas acreditam que o objeto encontrado seja mesmo um protoplaneta, isto é, um planeta em formação, que já orbita ao redor de sua estrela.

Ainda não é possível saber ao certo qual o tamanho do novo planeta. Embora as observações mostrem um corpo com tamanho cerca de 6 mil vezes maior do que a Terra, os astrônomos não acreditam que ele seja tão grande. “A estrela HD 100546 ainda está cercada por um disco de gás e poeira”, explica Sasha. “Se o protoplaneta fosse realmente tão enorme, formaria buracos nesse disco, e nós não encontramos tais buracos”.

Caso os cientistas confirmem que o grande emaranhado de rochas observado é mesmo um planeta em formação, este será um grande passo para a astronomia. “Isso permitiria aos cientistas, pela primeira vez, estudar detalhadamente as condições para a formação de planetas”, celebra Sascha. “Normalmente, esse processo é simulado em computadores, mas, com essa descoberta, teríamos um exemplo real de um planeta formação que ajudaria a fazer simulações mais realistas”.

Matéria publicada em 27.03.2013

COMENTÁRIOS

  • Anne Gabrielle P. Trindade

    De acordo com o texto,podemos destacar como ponto relevante sobre o nascimento de um planeta,que a 335 anos – luz de distância do nosso planeta encontramos a estrela HD 100546, onde podemos presenciar o nascimento de um paneta , a astrônoma Sasha Quanz diz ”Isso permitiria aos cientistas, pela primeira vez , estudar detalhadamente as condições par a formação de planetas”.

    Publicado em 10 de março de 2019 Responder

  • Amanda Fonseca Nunes Peres

    Amo ler e príncipalmente livro sobre planetas ???

    Publicado em 18 de julho de 2020 Responder

  • Simone Clementino da Silva

    Pelo que entendi não é comprovado , segundo os cientistas eles ainda estudam uma forma de como surgiu o planeta, é interessante as formas que eles estudam através das estrelas , acreditam que cada estrela seria um planeta.

    Publicado em 19 de outubro de 2020 Responder

  • Laudia Africo

    Segundo os estudos dos cientistas os planetas não surgem no universo por um acaso. Eles surgem por contas de partículas de estrelas e pequenos fragmentos de rochas e se unem e formam um planeta.

    Publicado em 19 de outubro de 2020 Responder

  • Angelo

    Olá revista Chc,tudo bem com vocês?Espero que sim
    Me chamo Angelo,tenho 11 anos e estudo na E.E.Marechal Floriano
    Eu sempre me interessei pelo universo,e quando vi essa matéria fiquei curioso pois sempre quero saber mais sobre o universo um dos lugares mais desconhecidos do mundo.
    Achei legal que os ciêntistas tenham descobrido um planeta em formação pois com isso nos podemos saber melhor de como o nosso planeta foi feito.
    Eu sempre achei que os planetas eram formados por pedaços de meteoros ou coisa do tipo.
    Eu espero que eles consigam achar um planeta sendo desenvolvido do início pois isso daria uma visão mais ampla sobre isso.
    Gostaria que postasem mais informações sobre o planeta em desenvolvimento
    Obrigado pela atenção um abraço e tchal.

    Nome:Angelo karim
    Idade:11
    Mora em:São Paulo
    Professor :Galeno
    Ano:5

    Publicado em 1 de dezembro de 2020 Responder

  • Pedro henrique

    Gostei do texto e super legal???

    Publicado em 11 de março de 2021 Responder

  • antonio

    Olá CHC, me chamo Antonio Oliveira Souza Neto sou de Urandi Bahia estudo no Centro educacional Girassol gostei muito desse texto queria saber se em outros planetas o céu é azul ,vermelho, roxo, rosa etc. Eu aprendi bastante achei a historia interessante estou aguardando ansioso a próxima reportagem

    Publicado em 3 de agosto de 2021 Responder

  • Maiara

    Oi pessoal da revista CHC eu me chamo Maiara tenho 8 anos e moro na cidade de Urandi-ba.
    Amei esse texto sobre como nascem os planetas é muito interessante, a parte que eu mais gostei foi a do corpo de poeira que mede 6mil vezes maior que a terra.

    Publicado em 3 de agosto de 2021 Responder

  • isabela guimaraes

    ?????? é o meteroio Angelo!

    Publicado em 20 de setembro de 2021 Responder

  • cecília

    olá pessoal da CHC! adorei o conteudo sobre o espaço e tenho uma dúvida como surgiu a estrela HD 100546?

    cecília 8 anos

    estudante do teresa valsé em uberlândia MG brasil

    Publicado em 21 de setembro de 2021 Responder

  • Maria Gabriela

    amei eu não sabia diso tchau.

    Publicado em 22 de setembro de 2021 Responder

  • Maria Gabriela

    amei eu não sabia disso tchau

    Publicado em 22 de setembro de 2021 Responder

  • Alexsander

    Ate então temos alguns estudos que explicam como possivelmente uma estrela morre e depois surgi novamente formando outros corpos no espaço. isso que os (cientistas descobriram será uma nova forma para olharmos mais de perto um novo surgimento de um corpo celeste que possa vim gera sua propria luz ou talvez ate mesmo vim ater algum tipo de vida.
    A final como deve ser a prima pessoa a pisa em um um planeta que ainda esta em desenvolvimento? ou seja (sendo formado, o que tem no solo?).

    Publicado em 14 de julho de 2022 Responder

Fernanda Turino

Sempre fui muito curiosa, adorava brincadeiras ao ar livre e acampar (fui até escoteira!). Cresci lendo a CHC e hoje trabalho aqui.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?