Bebê lua

Notícia fresquinha do espaço: a sonda Cassini fotografou recentemente a possível formação de um novo objeto congelado no anel mais externo de Saturno. Os cientistas acreditam que tal objeto seria uma nova lua, provisoriamente apelidada de Peggy.

Saturno, planeta famoso por seus anéis, já tem 62 satélites naturais registrados em sua órbita. (imagem: NASA/JPL/Space Science Institute)

Saturno, planeta famoso por seus anéis, já tem 62 satélites naturais registrados em sua órbita. (imagem: NASA/JPL/Space Science Institute)

As imagens, obtidas em 15 de abril de 2013, foram processadas e analisadas por uma equipe da Universidade de Londres, na Inglaterra. Foi detectada uma grande protuberância no anel mais externo do planeta, com 1200 quilômetros de extensão e dez quilômetros de largura, além de diversas outras perturbações na mesma região.

Acredita-se que essa protuberância e essas perturbações sejam causadas pela presença de um objeto que está modificando a forma suave que os anéis sempre apresentaram. Tal objeto deve ter uma dimensão aproximada de um quilômetro.

Os pesquisadores concluíram que o objeto não deve crescer mais, e tem tendência a, no futuro, se desprender dos anéis, formando um novo satélite que deve orbitar ao redor do planeta. Se eles estiverem certos, este pode ser um evento importante para a compreensão de como se formam as luas e também o próprio sistema solar.

A pequena perturbação nos anéis de Saturno (veja o círculo vermelho) pode estar sendo causada por uma nova lua em formação. (imagem: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute)

A pequena perturbação nos anéis de Saturno (veja o círculo vermelho) pode estar sendo causada por uma nova lua em formação. (imagem: NASA/JPL-Caltech/Space Science Institute)

A observação deste fenômeno pode ajudar a entender, por exemplo, as luas congeladas Titã e Enceladus. As luas congeladas de Saturno apresentam uma variação de tamanho à medida que estão mais afastadas do planeta – as menores luas são as mais próximas, e as maiores, as mais afastadas.

Como essas luas são formadas do mesmo material dos anéis, e por diversos outros indicadores, os cientistas acreditam que elas se formem nos anéis e se desprendam em algum momento, podendo até se juntar com outras luas neste processo e formando um corpo maior.

No passado, Saturno possuía um sistema de anéis muito mais massivo, que poderia ter dado origem a diversos corpos. Como atualmente os anéis estão relativamente empobrecidos de material, pode ser que Peggy seja a última lua a se formar a partir deles, o que a torna ainda mais especial. Isso, claro, se todas essas hipóteses estiverem corretas!

Cassini deve passar mais perto da região no final de 2016. Então, poderá coletar mais informações sobre essa história toda. Será que a Peggy vai fazer pose para aparecer bonita nas fotos?

Matéria publicada em 17.04.2014

COMENTÁRIOS

Eder C. Molina

Geofisico, apaixonado pelas Ciências da Terra e do Universo. Adora aprender mais sobre todas as coisas e receber e-mails do pessoal que lê a CHC! O endereço é eder@iag.usp.br.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?