Babuíno, um quase leitor

Imagine a cena: você está na biblioteca da escola procurando sua CHC favorita quando percebe que ela está nas mãos de… ops! um babuíno. Achou maluquice? Pois é mesmo. Mas saiba que um estudo da Universidade Aix-Marseille, na França, mostrou que esse primata é capaz de reconhecer palavras – um dos primeiros passos para aprender a ler.

Babuíno

Cientistas ensinaram macacos da espécie Papio papio a reconhecer palavras em uma tela de computador (Foto: emenafoto / Flickr / CC BY-NC-ND 2.0)

Para conhecer as habilidades de seis babuínos da espécie Papio papio, os cientistas ensinaram os bichos a usar uma tela de computador sensível ao toque. A tela exibia ora palavras com quatro letras, como SALA, ora sequências de quatro letras sem sentido, como SLAB.

Além das letras, a tela exibia dois símbolos: uma cruz e um círculo. Sempre que o babuíno identificasse a sequência de letras como uma palavra com sentido, ele deveria apertar o círculo – caso contrário, era preciso apertar a cruz. O resultado foi fascinante: em um mês e meio de treinamento, os babuínos conseguiram aprender de 81 a 308 palavras, com uma média de 75% de acertos.

Confira um vídeo do experimento:

(Imagens cedidas pelo pesquisador, narração e legendas de Mariana Rocha)

Apesar dos resultados, não será possível ver babuínos carregando livros por aí. O estudo mostrou que eles foram capazes de reconhecer de que maneira as letras se organizam dentro de uma palavra, mas, como esses animais não falam, é impossível entenderem o que cada palavra significa.

De acordo com Jonathan Grainger, psicólogo que participou do estudo, a pesquisa pode ajudar a entender como o cérebro interpreta as palavras. “Para pessoas surdas que não conhecem a língua de sinais, pode ser difícil aprender a ler. Sabendo como o cérebro interpreta a leitura, será mais fácil ajudar essas pessoas”, aposta.

Matéria publicada em 24.04.2012

COMENTÁRIOS

Mariana Rocha

Cresci gostando de fazer descobertas para escrever sobre elas. Na CHC consigo ser curiosa e escritora, tudo ao mesmo tempo!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?