Pode? Não pode? Por quê?

Quem já foi a um museu deve ter reparado que existem algumas regras a serem seguidas pelos visitantes. Algumas coisas são permitidas. Outras, proibidas. Que tal testar como anda a sua memória, dizendo o que pode e o que não pode na listagem a seguir? Para conferir as respostas, basta ler o restante do texto. Ah! Não esqueça: o que você vai descobrir aqui é válido para os museus tradicionais, onde vamos somente para apreciar o que está exposto. Há museus diferentes, chamados interativos, onde todo mundo pode experimentar e mexer em tudo. Agora, sim, as perguntas!

Ilustrações Walter Vasconcelos

Bem, quem respondeu que é proibido tocar nos objetos acertou. Sabe aquele ditado popular que diz: “água mole em pedra dura tanto bate até que fura”? Pois no museu isso é verdade. Cada vez que você põe a mão num objeto está contribuindo para que ele se desgaste. Não acredita? Então, pense que em um museu podem passar milhares de pessoas por ano. Imagine se cada uma delas colocar a mão em um objeto. Ao final de alguns anos, pode acontecer o mesmo que hoje é verificado no pé de uma escultura de mármore que está lá no Vaticano, em Roma: ele está arredondado, parece até que foi lixado. E olha que o mármore é uma pedra dura…

Depois, há outro problema: a nossa mão produz uma espécie de gordura que fica em tudo o que tocamos. Já reparou a marca que os nossos dedos, mesmo limpos, deixam em um vidro, por exemplo? Essa “gordura” também prejudica os materiais, diminuindo seu tempo de duração.

Só um ‘clique’, pode?

Tirar fotografia também não pode, a não ser que seja sem flash. A luz desbota e desgasta os objetos expostos – principalmente tecidos e papel – porque contém raios ultravioletas, os mesmos emitidos pelo Sol, só que em menor intensidade. Vamos voltar àquela conta que fizemos: imagine a luz do flash piscando milhões de vezes diante de um quadro? Coitado! (Saiba mais no quadro Flash!).

Repare que há algumas exposições que ficam em salas escuras com uma luzinha só em cima do objeto exposto, para que a gente possa vê-lo. Esse é um cuidado de conservação, e geralmente essa iluminação é especial. Para você ter uma ideia melhor do desgaste provocado pela luz, pergunte a um adulto se não tem roupa que a gente usa que vem com instruções na etiqueta para secar à sombra. Isso significa que o tecido é delicado e que pode desbotar ou sofrer alteração na presença os raios solares.

Uma palavrinha e um lanchinho, tudo bem?

Se tocar não pode e fotografar também não, será que é permitido falar no museu? Ah! Isso pode. Mas desde que não atrapalhe ninguém. É como quando vamos ao cinema: podemos comentar o que está acontecendo no filme com uma pessoa que está ao nosso lado, mas em um volume que não incomode aqueles que estão prestando atenção.

Comer no museu não é lá uma boa ideia, porque algumas pessoas não são cuidadosas e deixam cair migalhas pelo chão. No final do dia, fica aquela sujeira. E quem é que gosta de passear em um lugar sujo? 

Em compensação, perguntar é liberado. Quanto mais a gente observa, mais perguntas vão surgindo sobre cada um dos objetos expostos. 

Para aproveitar melhor sua visita ao museu, tente olhar cada objeto pensando em como ele foi feito, por quem, quando, por que ele está naquela exposição, qual a relação dele com o tema proposto e com os outros objetos do museu. Dessa forma, poderemos também criticar, dar e formar a nossa própria opinião: se a gente gosta ou não gosta e por quê. Para fazer isso, é preciso realmente olhar as coisas com atenção, como um cientista querendo descobri-las.

Pensando no futuro

Se você acertou ou errou as respostas, não tem problema. O que vale é a gente ter noção se deve ou não fazer determinadas coisas em lugares públicos, como nos museus. 

Conservando e valorizando o que temos hoje, dentro ou fora do museu, teremos contribuído para que, quando crescermos, as novas gerações também possam ver e apreciar essas coisas (e muitas outras que vão surgir!) que fazem parte do nosso patrimônio cultural.

Eleida Pereira de Camargo
Pesquisadora e escritora
Especial para Ciência Hoje das Crianças
(publicado originalmente na CHC 103)

 

Matéria publicada em 04.07.2023

COMENTÁRIOS

  • lara eduarda ney martins

    oi amei tudo

    Publicado em 4 de julho de 2023 Responder

  • Jisêlda Maris

    O meu nome é Isadora moro em Ribeira do Pombal. Olà pessoal. Eu li o texto Pode? não pode? Porque? Eu achei o texto bem interessante me ajudou muito quando eu vou ao museu.Tirar foto não pode dês de que tire o flash. Porque a luz desbota e etc. Também não pode comer lá porque pois pode cair megalhas de comida no chão e sujar o chão.Bom eu gostei muito pois há informações que eu não sabia. Então foi isso, agradeço quem leu. Mim

    Publicado em 20 de julho de 2023 Responder

  • matheus

    eu adorei e uma boa para relachar ameiiiii

    Publicado em 31 de julho de 2023 Responder

  • Danila Faria Berto

    Olá CHC,
    Sobre a reportagem: Pode? Não pode? Porquê? achamos muito legal porque nós já fomos ao museu de paleontologia de nossa cidade.
    Gostamos muito dessa página porque realmente há regras iguais vocês ensinaram. Descobrimos que nos comportamos muito bem.
    Amamos muito vocês e adoraremos receber sua resposta.
    Um grande abraço
    3º ano B
    EMEF. Professor Olímpio Cruz
    Marília-SP

    Publicado em 2 de agosto de 2023 Responder

  • Alice 🐙

    Obrigada amanhã irei a um museu obrigada pelas dicas

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Leo

    achei muito legal e informativo

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Davi sader

    Eu achei muito legal que eles fizeram as regras dos museus Davi 5 BM

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Lara 5°bm

    Olá adorei! Já sabia de algumas coisas, mas também aprendi novas!

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Luna

    eu achei bem legal o trecho “tente olhar cada objeto pensando em como ele foi feito, por quem, quando, por que ele está naquela exposição, qual a relação dele com o tema proposto e com os outros objetos do museu.“ é uma ótima dica:)

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • estela marinho

    gostei já fui

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • estela marinho

    já fui

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Nicolas Carvalho Tinen

    É importante seguir as regras para não estragar nenhum objeto do museu.

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • daniel

    achei da hora e gostei principalmente da parte da foto

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Maitsa Yawalapiti Schaper

    Adorei a matéria aprendi várias coisas novas por exemplo que o flash tem raios ultravioleta e desgasta algumas obras de arte

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • Maya

    Adorei ficou muito bom e com muitos detalhes

    Publicado em 25 de outubro de 2023 Responder

  • arthur kido

    eu achei que ficou muito bom porque ajuda a saber o que pode e o que não pode fazer no museu para não estragar a foto,quadro ou outras artes

    Publicado em 26 de outubro de 2023 Responder

  • Olivia

    Oiii sobre a reportagem pode ou não pode no museu, achei às regras boas! Nunca tinha ido no museu mas acho q vai ser bem legal!!!!!!!

    Publicado em 26 de outubro de 2023 Responder

  • Anya

    legal

    Publicado em 6 de novembro de 2023 Responder

  • Laura Labolito do Nascimento

    Foi muito bom saber sobre o museu 💋

    Publicado em 13 de maio de 2024 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Mar, misterioso mar!

Cheio de vida e de surpresas, o oceano mexe com a imaginação da gente.

O mistério da maçã marrom

Hora de se divertir com experimentos e atividades!