O jacaré gigante do Brasil

Ele era duas vezes maior e cinco vezes mais pesado que seus parentes atuais

Ilustração Nato Gomes

Ficha Técnica

Nome: Purussaurus brasiliensis
Origem: América do Sul
Tamanho: Entre 11 e 13 metros de comprimento
Peso: Cerca 8 toneladas
Época em que viveu: Há 8 milhões de anos (Mioceno)

Há cerca de 8 milhões de anos, um grande réptil habitava rios e pântanos da Floresta Amazônica: o Purussaurus brasiliensis. Trata-se do maior crocodiliano (grupo dos jacarés e crocodilos) que já existiu. Só para se ter uma ideia do seu porte, ele media quase o dobro e pesava mais de cinco vezes em relação ao maior crocodiliano atual, o crocodilo-marinho (Crocodylus porosus), que habita a Oceania e a Ásia. Se a comparação for com o maior jacaré brasileiro da atualidade, o jacaré-açu (Melanosuchus niger), o jogo vira uma goleada: o purussauro era quase três vezes maior e mais de dez vezes mais pesado. Era um jacaré gigante!

Jean Carlos Miranda
Departamento de Ciências Exatas, Biológicas e da Terra
Universidade Federal Fluminense

Elidiomar Ribeiro Da-Silva
Departamento de Zoologia
Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro

Daniel Faustino Gomes
Programa de Pós-Graduação em Zoologia
Universidade Federal do Rio de Janeiro

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Bem lá no fundo do oceano

Segure o fôlego e mergulhe para descobrir o que há no mar profundo!

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil