*Auta de Souza

Ilustração Letícia Vieira

Meu sonho dourado e leve,

Que buscas tu a voar?

Um ninho branco de neve

Onde me deixem cantar.

 

E em busca das nuvens belas

Lá vai meu sonho a cantar…

Meu sonho cor das estrelas,

Meu sonho cor do luar.

 

Pergunto ao sonho chorando,

Por que foges a cantar?

E ele responde, cantando:

Por que foges a cantar?

 

E em busca das nuvens belas

Foi-se meu sonho a cantar…

Meu sonho cor das estrelas,

Meu sonho cor do luar.

A cantiga Roda, pião! *A poetisa Auta de Souza nasceu em Macaíba, no Rio Grande do Norte, em 1876. Começou a escrever seus poemas na adolescência, quando participava de reuniões com outros escritores de sua região. Na época, poucas mulheres podiam participar do círculo literário. Seu único livro foi publicado em 1900, um ano depois de sua morte, com apenas 24 anos. “Cantiga” foi retirado de http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/wk000104.pdf

Matéria publicada em 04.08.2021

COMENTÁRIOS

  • Joao vitor

    Voi ler lagar

    Publicado em 26 de agosto de 2021 Responder

CONTEÚDO RELACIONADO

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil

Uma conversa sobre cobras gigantes

Anacondas ou sucuris são serpentes que podem chegar a alguns metros de comprimento, mas não tanto quanto nos filmes!