A incrível descoberta de Marie Tharp

Marie Tharp nasceu nos Estados Unidos em 1920. Era um tempo em que as mulheres não tinham muitas opções quando o assunto era trabalhar fora de casa. Ter uma profissão como a de cientista, então, era bem difícil. Mas, adivinhe! Marie não se conformou e fez uma das maiores descobertas submarinas do seu tempo. Desvendou o fundo do oceano na década de 1950 e confirmou uma teoria científica muito importante, que mudaria a história da Terra.

Ilustração Bruna Martins

No início dos anos 1940, morando nos Estados Unidos, Marie estava com dificuldades em escolher o curso adequado para sua formação profissional. Seu pai, um engenheiro de solos, deixou bem claro que, qualquer que fosse a profissão que ela decidisse seguir, deveria escolher uma que conseguisse exercer, e, mais importante ainda, na qual gostasse de trabalhar. Acontece que, na época, as profissões oferecidas para mulheres eram as de secretária, professora ou enfermeira. Nenhuma delas agradava a Marie, que então se formou em letras e música.

Em 1941, após os Estados Unidos entrarem na Segunda Guerra Mundial e a maior parte dos homens mais jovens do país ter sido convocada para lutar, alguns cursos, até então oferecidos exclusivamente a eles, abriram oportunidades para mulheres. Foi assim que Marie conseguiu se formar em geologia. Em seguida, conquistou uma rara posição profissional em uma companhia de petróleo e aproveitou para fazer também faculdade de matemática.

Trabalhar pesquisando petróleo ainda não era o que Marie queria fazer pelo resto da vida. Então, ela seguiu o conselho do pai e se mudou, em 1948, do estado de Michigan para Nova Iorque, buscando uma carreira que lhe agradasse.

Por uma nova profissão

O famoso Museu Americano de História Natural estava oferecendo uma oportunidade de trabalho em paleontologia, mas, ao descobrir que poderia demorar mais de dois anos para se extrair um fóssil de uma rocha, Marie desistiu da ideia e tentou um emprego para técnica de laboratório na Universidade Columbia.

Como tinha conhecimentos de matemática e habilidade com desenho, foi aceita e logo encontrou a profissão de sua vida: a cartografia! Queria desenhar mapas do fundo do mar.

Na época em que Marie trabalhava, pouco se conhecia da estrutura do fundo do oceano. Inicialmente, acreditava-se que fosse algo muito uniforme e plano, mas as primeiras medidas, feitas com pesos, como bolas de canhão amarradas a cordas muito longas, mostraram algo bastante irregular. Então, o mundo submerso passou a ser intrigante…

Com o desenvolvimento de equipamentos como o sonar – uma espécie de aparelho de ultrassom, como os que são usados para ver os bebês dentro da barriga das mulheres –, tornou-se possível investigar e registrar um pouco melhor o fundo oceânico. Muitos dados foram sendo adquiridos, mas precisavam ser representados de maneira consistente. E nisso Marie se mostrou excepcionalmente habilidosa!

Descoberta de mulher

Após quase uma década analisando, corrigindo e representando os dados de profundidade do fundo oceânico, Marie desenvolveu uma técnica para completar os dados que faltavam, permitindo visualizar, de forma consistente, as estruturas existentes no fundo do mar.

Esse impulso ao conhecimento submarino dado por Marie não foi algo fácil de ser aceito, especialmente por se tratar de uma época em que poucas mulheres trabalhavam com ciência. E tinha mais: ela não podia participar das expedições para investigação de dados embarcada nos navios, porque acreditava-se que mulher a bordo dava azar. Um completo absurdo!

Após as inúmeras investigações realizadas, já se conheciam as estruturas que existiam no fundo dos oceanos, como montanhas e vales, mas algo específico chamava a atenção: uma enorme cordilheira que serpenteava entre os continentes, indo desde o Ártico até a Antártida.

Marie já havia desenhado esta cordilheira em seus mapas, mas notou algo que ninguém tinha percebido: bem no meio desta cadeia de montanhas submersa, havia uma enorme rachadura, que ela representava nos mapas, mas era obrigada a corrigir, porque seu chefe dizia que era “conversa de mulher”. Ela, então, cuidadosamente analisava os dados e desenhava tudo outra vez, chegando ao mesmo resultado, e levava nova bronca do chefe, porque, se ela estivesse certa, o mundo iria se voltar contra eles!

Os dados coletados por equipamentos enviados ao fundo do mar eram traduzidos em mapas por Marie Tharp.
 Foto Lamont-Doherty Earth Observatory e Marie Tharp Maps

Deriva continental

Por que a descoberta de Marie incomodava tanto? Porque ela descobriu que aquela rachadura era nada mais, nada menos, que mais uma prova para a teoria da deriva continental, apresentada pela primeira vez pelo geólogo alemão Alfred Wegener, em 1912, no seu livro A origem dos continentes. Ele observou que, além da incrível semelhança entre as linhas de costas, como os contornos do Brasil e da África, existiam também muitas semelhanças entre as rochas, fósseis e outras evidências. Com isso, ele concluiu que esses continentes eram um só no passado da Terra, que foram de afastando e formariam um grande quebra-cabeças se tentássemos juntá-los novamente.

Nenhum cientista estadunidense admitia a deriva continental como um fato. Foi preciso que o renomado oceanógrafo francês Jacques Costeau, que também não acreditava na possibilidade de aquilo estar correto, fosse com seu submarino averiguar a estrutura, e a apresentasse ao público, em 1959, comprovando que a “conversa de mulher” de Marie Tharp era uma descoberta científica.

Apesar de seus estudos sobre o fundo do oceano, Marie Tharp não era bem-vinda nas expedições marítimas por conta da crença absurda de que mulher a bordo dava azar!
Foto Wikipédia
 Este mapa do fundo do oceano, do pintor austríaco Heinrich Berann, foi feito com base em diversos desenhos de Marie Tharp e seu colega Bruce Heezen.
 Foto Lamont-Doherty Earth Observatory e Marie Tharp Maps
Marie Tharp, a mulher que mapeou o fundo do oceano.
Foto Lamont-Doherty Earth Observatory e Marie Tharp Maps

Conquistas de Marie

Após sua descoberta ser comprovada, Marie continuou trabalhando na Universidade Columbia até 1983. Mesmo após a aposentadoria seguiu trabalhando com mapas, recebendo, em 1997, o título de umas das quatro maiores cartógrafas do século 20, pelo Congresso dos Estados Unidos. Marie morreu em 2006, aos 86 anos, mas deixou o grande exemplo de que as mulheres podem trabalhar com o que quiserem! Concorda?

Eder Molina
Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas
Universidade de São Paulo

Matéria publicada em 01.03.2024

COMENTÁRIOS

  • Sheila Ap. Rodrigues Machado

    Boa tarde, CHC, somos alunos do 5* C da E.E. Prof. João Nogueira Lotufo, lemos a reportagem ” a incrível descoberta de Marie Tharp” da edição 352 , e achamos muito INTERESSANTE !!! Foi legal descobrir, um pouco, sobre a vida dela e da sua contribuição nas descobertas sobre o fundo do mar. Seria enriquecedor termos mais informações sobre as outras descobertas que ela fez … atenciosamente

    Publicado em 4 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Obrigado pelo comentário, Sheila. Marie Tharp foi uma cientista batalhadora e brilhante, e vamos tentar no futuro detalhar um pouco mais de suas descobertas e contribuição científica. Fique antenada!

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Marcilene dos Santos

    Querido Eder, obrigada por contar a história de uma das grandes cientistas de forma tão didática e prazerosa!
    Você é incrível!
    Beijos geológicos para você!

    Publicado em 5 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Obrigado pelo generoso comentário, Marcilene!
      Continue acompanhando a CHC, que está sempre repleta de descobertas interessantes.

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Deise

    Prof. Eder,
    Adorei seu artigo. Sensacional homenagem a Marie Tharp para o Dia das Mulheres. Parabéns pela iniciativa. Vou encaminhar para todas as amigas.
    Grande abraço

    Publicado em 5 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Obrigado pelo comentário, Deise. O mérito é todo do pessoal da CHC, que se esmerou em trabalhar o texto e acertou direitinho o lançamento para homenagear as mulheres em seu dia internacional. E, diga-se de passagem, boa parte do corpo editorial que faz este trabalho fantástico é de mulheres! 🙂

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Deise

    Parabéns Professor Eder. Excelente matéria.

    Publicado em 5 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Obrigado!
      🙂

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Mateus

    Que as mulheres tem direito de trabalhar da escolhida profissão delas

    Publicado em 5 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Concordo plenamente! Além de um direito nato, isso traz imensos benefícios à sociedade civil e científica.

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Helena, Miguel, Enzzo é Manuella.

    Olá Chc, nós achamos a notícia muito interessante e importante para sociedade. Somos do colégio objetivo sapiens.

    Publicado em 7 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Helena, Miguel, Enzo e Manuella, muito obrigado por acessarem o texto e pelo comentário. Continuem buscando coisas interessantes na CHC, tem muita coisa boa para aprendermos.

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Gabriella, Marcelo, Samuel, Pierre e João Lucas.

    Olá Chic, somos alunos do 3° ano da escola objetivo sapiens.
    Achamos interessante o assunto sobre as onças e animais predadores.
    Publique nossa mensagem.
    Altamira-pará
    07/03/2024

    Publicado em 7 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Gabriella, Marcelo, Samuel, Pierre e João Lucas, achei muito legal vocês estarem descobrindo novidades sobre os animais. Que tal uma aventura para conhecer o planeta Terra e seus vizinhos? Busquem no site da CHC, vocês vão encontrar coisas bem interessantes!

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Maria Isis, João Rocha, Rafael Damasceno, Sofia Acácio e Heitor Costa.

    Olá CHC, somos do colégio objetivo 3° ano fundamental e achamos muito interessante o assunto sobre os fósseis dos escorpiões.
    Publiquem nossa mensagem…
    Altamira-Pará

    Publicado em 7 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Maria Isis, João Rocha, Rafael Damasceno, Sofia Acácio e Heitor Costa, tudo bem com vocês?
      E eu lá sabia dos fósseis de escorpião??? Agora vou saber, estou indo correndo xeretar na CHC sobre este assunto. Obrigado pela dica!

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Marynah da escola e.e. conjunto vida nova 3

    Nossa muito interessante saber que Marie tharp descobriu isso sem ela mulheres não seriam o que são hoje

    Publicado em 7 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Marynah, concordo com você. Com certeza a ciência estaria muito mais avançada se as mulheres tivessem no passado o protagonismo que estão, com justiça, exercendo atualmente. Espero ver teu nome associado a alguma grande contribuição científica em breve! Continue lendo a CHC!

      Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Profª Taynara e alunos do 5ºB

    Lins, 11 de março de 2024
    Olá revista CHC!
    Somos alunos do 5º ano B da escola Walter Cardoso Galati.
    Realizamos a leitura da matéria “A incrível descoberta de Marie” da edição 352
    Foi muito interessante saber que uma mulher contribuiu nas descobertas do fundo do mar, ainda mais num tempo em que as elas não podiam seguir algumas carreiras e foi nesse exato momento que Marie mostrou que as mulheres podem trabalhar no emprego do seus sonhos.
    Gostaríamos que publicassem mais informações sobre mulheres que conquistaram prêmios por suas descobertas.
    Abraços
    Alunos do 5º ano B

    Publicado em 11 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Olá, Profª Taynara e alunos e alunas do 5ºB! Ficamos felizes com a visita de vocês ao site da CHC.
      Em breve devemos conversar sobre a história de outra pesquisadora incrível, que descobriu o que existe no ponto mais profundo do planeta, contrariando todos os cientistas (homens) da época: Inge Lehmann. Fiquem antenados!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Gael de Sá Rodrigues Lopes Borges

    Bom dia querida CHC!

    Ela foi muito mais muito criticada e depois ela mostrou que as mulheres poderiam ser o que elas quiserem.

    Eu concordo muito com isto.

    Beijos,

    Gael

    Publicado em 11 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Gael! Toca aqui, concordamos muito nisso!!! 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Theodora

    Achei interessante o da Marie

    Publicado em 11 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Theodora. Ficamos felizes com o teu comentário e tua visita ao site da CHC. Continue buscando informações muito legais e amplie teu conhecimento sobre o fascinante mundo da ciência!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Larissa Morales Bandeira

    Olá, revista, CHC
    Somos alunos do 5 ano B da escola E.E. Prof.ª Maria Stella de Cerqueira Cesar PEI, gostamos muito da revista e utilizamos ela nas nossas aulas, lemos a matéria “A INCRÍVEL DESCOBERTA DE MARIE THARP” adoramos a matéria, aprendemos muito sobre o oceano e ficamos surpresos em saber como eles faziam o mapeamento do fundo do mar. Além de mostrar que as mulheres podem fazer o que quiserem, ela foi uma mulher muito importante na história. Um grande abraço.

    Alunos do 5° ano B – Marília – SP.
    13 de março de 2024.

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Larissa e alunos e alunas do 5° ano B, tudo bem com vocês?
      Ficamos felizes em saber que vocês usam as matérias da CHC para se informar e descobrir coisas novas! Realmente, fazer o mapeamento do fundo do oceano nunca foi tarefa fácil, não, os métodos sempre foram muito engenhosos! Aí veio a Marie Tharp, e… puffff! Deu outra cara para o fundo do mar! 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • maria clara de gois e gustavo luis

    oie eu achei muito legal e queria dar um parabems por esse revista maravilhosa

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Maria Clara e Gustavo Luis, tudo bem com vocês?
      Eu endosso os parabéns de vocês à fantástica equipe da CHC! Esse pessoal arrasa, não???
      🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Maria clara Gois e Gustavo Luis

    Oiê, eu achei a revista muito legal eu queria que vocês publicassem mais matérias assim. Achei interessante por ensinar para as crianças que mulheres também tem direito.

    Maria Clara de Gois e Gustavo Luiz 5º A
    Escola do Futuro Magali Trevizan

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Maria Clara de Gois e Gustavo Luiz, tudo bem? Não sei porque, mas o nome de vocês me parece familiar… 😀
      Ficamos felizes com os comentários de vocês, continuem se aventurando nas matérias da CHC e enviando comentários e sugestões, por favor! A revista fica muito melhor com vocês!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • arthur e Carlos

    muito legal ela mostrou que as mulheres podem ser fortes

    muito obriga do pela atenção

    13|03|2024

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Não é mesmo, Arthur e Carlos??? Concordo!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • isabella soares verissimo sophia emanuelly.

    Ola revista ciências hoje das crianças
    somos alunas da escola magali trevizan de itapevi queremos falar sobre oque achamos da revista (a incrivel descoberta de marie tharp)
    Nos gostamos muito da sua revista por que fala que a marie tharp contribuiu com as descobertas do fundo do mar, e tambem nos adimiramos muito com a historia da marie.

    tchau obrigada pela atenção,de isabella e sophia emanuelly.

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Isabella e Sophia Emanuelly, tudo bem com vocês?
      A história da Marie é realmente fascinante, não é? Continuem descobrindo coisas interessantes e importantes no site da CHC, e quem sabe no futuro a matéria não será sobre as descobertas de vocês??? 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • matheus

    achei muito interesante

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Obrigado pelo comentário, Matheus!
      Continue buscando informações interessantes na CHC, tem muita coisa boa por aqui!
      🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • gustavo soares da silva

    nossa mas q história chique e chocante as mulheres tem direito a tudo falando nesse asunto ja passou o dia da mulher bom para vcs feliz dia internacional da mulher

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Gustavo, adorei a qualificação da história: chique e chocante!!! 😀
      Continue descobrindo coisas muito interessantes no site da CHC, tem muita coisa chique (e algumas chocantes) nele!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • matheus

    muito INTERESSANTE E TIVERDIDO

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      O que você achou mais divertido na matéria, Matheus? Conta pra gente… 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • MIGUELITO E BEN

    ACHEI MUITO INTERESSANTEE EDUCATIVO CONTINUE ASSIM

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Miguelito e Ben. Grato pelo comentário. Continuem descobrindo coisas novas e interessantes no site da CHC!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • matheus

    muita INTELIGENTE DA PARTI DELA

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Matheus. De fato, a Marie era muito inteligente, como todos nós, e também era muito dedicada, perseverante e trabalhadora, Um exemplo para seguirmos!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • MIGUELITO E BEN

    LEGAL PARABENS

    Publicado em 13 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Acho que conheço estes dois, o Miguelito e o Ben… 😀 Obrigado pelo comentário, pessoal!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • PROFESSORA FÁTIMA AMERICANO

    14/03/2024

    QUERIDA CHC, ADORAMOS O TEXTO DA “A INCRÍVEL DESCOBERTA DE MARIE THARP”.
    FOI UMA INCRÍVEL GEÓLOGA E CARTÓGRAFA OCEANÓGRAFA FEZ DESCOBERTAS MUITO IMPORTANTES.

    AGRADECEMOS O CONHECIMENTO
    ALUNOS DO 3º ANO B DO COLÉGIO OBJETIVO UNIDADE MAIRIPORÃ.

    Publicado em 14 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Professora Fátima e pessoal do 3º ano B. Agradecemos a visita ao site da CHC, e esperamos ter vocês conosco sempre, descobrindo coisas interessantes e comentando com a gente!
      😉

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • 3º ANO B COLÉGIO OBJETIVO UNIDADE MAIRIPORÃ

    14/03/2024

    QUERIDA CHC, ADORAMOS O TEXTO DA “A INCRÍVEL DESCOBERTA DE MARIE THARP”.
    FOI UMA INCRÍVEL GEÓLOGA E CARTÓGRAFA OCEANÓGRAFA FEZ DESCOBERTAS MUITO IMPORTANTES.

    AGRADECEMOS O CONHECIMENTO
    ALUNOS DO 3º ANO B DO COLÉGIO OBJETIVO UNIDADE MAIRIPORÃ.

    Publicado em 14 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Agradecemos pelos comentários, pessoal do 3o ano B! Continuem investigando! Tem muita coisa legal na CHC!

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Eloah e Luisa

    Olá CHC
    Nos achamos muito legal, Ela mostrou que todas as mulheres poderiam ser oque quiser.

    Um abraço!
    Luisa e Eloah

    Publicado em 15 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Eloah e Luisa, tudo bem? Contem pra gente, e vocês, vão querer exercer que profissão no futuro? Obrigado pelos comentários! 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Alice

    Amei a matéria de Marie ela provou que mulher tem poder habilidade e p0tencial.
    Sou do Colégio Objetivo Leopoldo Cesar Soares de Caçapava tenho 8 anos.

    Publicado em 15 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Alice, tudo bem? Meniiiiiiiina, com 8 anos e você já está se tornando uma investigadora científica, descobrindo coisas novas no site da CHC??? Que legal! Continue assim, e mande sempre seus comentários para a gente! 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • MAILA E MARINA

    Nós gostamos de saber mais sobre o fundo do oceano e gostaríamos de saber um pouco mais sobre a RAIA .

    Publicado em 15 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Maila e Marina, tudo bem? Não sei muito sobre a raia, não, mas vou correndo buscar no site da CHC informações a respeito!
      🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Maria Luísa Barros Figueiredo

    Meu nome é Maria Luísa Barros Figueiredo e sou de São Luís. Estou no 5° ano e sou estudante do Colégio Literato ,estou fazendo uma pesquisa sobre ciências marinhos e essa pesquisa não é do escola e a

    Publicado em 15 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Maria Luísa, tudo bem? Espero que você tenha encontrado o que precisava para tua pesquisa. Qualquer coisa, avisa a gente, e tentaremos ajudar!
      🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • julia sudatti

    boa tarde c.h.c, sou da escola Pallotti. e estamos trabalhando em ciencias sobre o corpo humano e gostariamos de conhecer mais sobre esse assunto, me encarreguei de contar sobre para vcs. atenciosamente turma 52

    Publicado em 17 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Julia, que bom tema para uma pesquisa, hein!!! Espero que tenham encontrado bastante material interessante. Ficamos felizes por ter nos informado sobre a pesquisa! 🙂

      Publicado em 20 de março de 2024 Responder

  • Isabella Martins 3 ano colégio objetivo

    Olá Chc tudo bem eu adorei a descoberta de Marie tharp super interessante esse artigo sério mas muito interessante 🤩🤩🤩🤩🤩

    Publicado em 19 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Que bom que você gostou, Isabella!
      Continue acompanhando os fantásticos artigos da CHC! 🙂

      Publicado em 26 de maio de 2024 Responder

  • ‘PEDRO FELIPE

    ESTA MUITO BOM E OTIMO FOI MUITO LEGAL A SUA REVISTA.

    Publicado em 19 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Que ótimo que você gostou, Pedro Felipe!
      Continue investigando o site da CHC, tem muita coisa legal nele!

      🙂

      Publicado em 26 de maio de 2024 Responder

  • Bento e Ana Luiza

    chc eu e o meu amigo achamos a descoberta muito interessante e incrível por isso nos estamos mandando essa mensagem para vocês com carinho seus amigos Bento e Ana Luiza.

    Publicado em 19 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Agradecemos pelo carinho, Bento e Ana Luisa. Continuem explorando o site da CHC, tem muita coisa muito legal nele!
      🙂

      Publicado em 26 de maio de 2024 Responder

  • lara

    EU ACHO QUE E´ MUITO LEGAL E ANTIGO DIVERTIDO

    Publicado em 19 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Que bom que você gostou, Iara!
      🙂

      Publicado em 26 de maio de 2024 Responder

  • davi berki

    eu aprendi tudo por causa da historia muito obrigado achei muito legal

    Publicado em 19 de março de 2024 Responder

  • Silas

    ola´ CHC eu acho que suas materias sao muito importantes para a sociedade sou do colegio SESI OTONI ALVES tchau.

    Publicado em 21 de março de 2024 Responder

  • SILAS

    se voces poderem me responder eu ficaria honrrado muito obrigado por o comentario a cima

    Publicado em 21 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Oi, Silas. Nós é que ficamos honrados com tua contribuição para a CHC com teu comentário! 😉

      Abraços

      Publicado em 26 de maio de 2024 Responder

  • Alunos do 5º B – E. E. José Ariano Rodrigues – Lins/SP

    Lins, 21 de março de 2024

    Olá, pessoal da revista CHC!
    Somos alunos do 5º ano B da E. E. José Ariano Rodrigues e lemos o artigo “A incrível descoberta de Marie Tharp”.
    Muito interessante saber sobre as descobertas dessa incrível mulher que desafiou o preconceito de uma época em que mulheres não eram aceitas em muitas profissões. Ela contribuiu para diminuir esse preconceito e para os conhecimentos que temos hoje sobre o fundo dos oceanos.
    Gostaríamos de saber mais sobre o passado dessa grande cartógrafa, se for possível.
    Obrigado pelas informações.
    Atenciosamente,
    5º ano B -E. E. José Ariano Rodrigues – Lins/SP

    Publicado em 22 de março de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Olá, alunos do 5º B – E. E. José Ariano Rodrigues – Lins/SP. Fiquei feliz com o comentário de vocês, e vou providenciar algum material adicional e enviar à escola de vocês.
      Continuem investigando o site da CHC, tem muita coisa boa para vocês.
      😀

      Publicado em 4 de junho de 2024 Responder

  • ALUNOS DO 5ºA

    OLÁ REVISTA CHC!! TUDO BEM COM VOCÊS? NÓS SOMOS ALUNOS DO 5º ANO A DA EMEFEI IRAÍDES, PROFESSEORA: LETÍCIA E BEATRIZ, DA CIDADE DE SANTA BÁRBARA D’OESTE, EM SP.
    EM NOSSA ESCOLA, TEMOS MUITAS REVISTAS DA CHC, E GOSTAMOS MUITO DE LER!
    ACHAMOS MUITO LEGAL A REPORTAGEM SOBRE A INCRÍVEL DESCOBERTA DE MARIE THARP, DA EDIÇÃO 352. ACHAMOS UMA INJUSTIÇA AS MULHERES ANTIGAMENTE TER APENAS 3 OU 4 OPÇÕES DE TRABALHO, E NÃO PODEREM ENTRAR EM BARCOS POIS ACHAVAM QUE A PRESENÇA DA MULHER DAVA AZAR! MESMO ASSIM, ELA NÃO DESISTIU E CONSEGUIU SER O QUE ELA QUERIA E FAZER UMA GRANDE DESCOBERTA!
    GOSTARIAMOS QUE VOCÊS ESCREVESSEM SOBRE COMO SURGIRAM OS PRIMEIROS MAPAS!
    UM GRANDE ABRAÇO PARA TODA EQUIPE!

    Publicado em 4 de abril de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Olá, ALUNOS DO 5º ANO A DA EMEFEI IRAÍDES E PROFESSORAS LETÍCIA E BEATRIZ, DA CIDADE DE SANTA BÁRBARA D’OESTE, EM SP. Fiquei muito feliz com o retorno de vocês sobre a matéria. Infelizmente a elaboração de mapas foge à minha alçada, eu mal sei desenhar uma linha reta com uma régua, mas procurem no site da CHC que com certeza vocês encontrarão algo relacionado.

      😉

      Publicado em 4 de junho de 2024 Responder

  • Alunos do 5º A – Emefei Iraídes – S.B.O

    Olá revista CHC! Somos alunos do 5º A da EMEFEI “Iraídes Ferreira Lourenço”, na cidade de Santa Bárbara d’Oeste, em SP. Amamos a revista CHC, nossa professora sempre lê textos de vcs para nós, e temos muitas revistas na nossa sala de aula, e lemos toda semana. Gostamos muito da matéria sobre a Marie Tharp, e achamos uma injustiça as mulheres não poderem ter mais opções de emprego naquela época, e que não podiam entrar em barcos pois achavam que dava azar… Mas ela superou tudo isso e conseguiu fazer uma grande descoberta que foi importante para todo mundo.
    Queríamos que vcs fizessem uma reportagem sobre como surgiram os primeiros mapas!
    Esperamos que nossa mensagem seja respondida! =)
    Um grande abraço para toda a equipe da CHC!
    Professora Letícia e alunos do 5º A!

    Publicado em 11 de abril de 2024 Responder

  • Lilajupter

    Achei Marie muito corajosa e uma boa influência. Ela mostrou que todo o mundo pode realizar seus sonhos.

    Publicado em 8 de maio de 2024 Responder

    • Eder Molina

      Com certeza!!! 😀

      Publicado em 16 de julho de 2024 Responder

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

O voo dos albatrozes

Nossas ações em terra firme podem afetar o destino dessas aves oceânicas

Quem protege os meros?

Peixes que podem ser maiores do que humanos estão ameaçados de extinção.