Primavera, estação de robôs?!

A chegada da primavera é uma boa oportunidade para passearmos por jardins e parques, não acha? Pois hoje temos uma dica preciosa para comemorar a estação mais colorida do ano: um canteiro repleto de flores que brilham, se movem e emitem sons. Esse animado e curioso conjunto está montado na exposição ‘Jardim robótico’, em exibição em São Paulo.

(Foto: Unesp/divulgação)

Feitas de acrílico e pequenas luzes, as flores-robôs, é claro, não fazem fotossíntese nem precisam do sol da manhã. Na verdade, estão ‘plantadas’ em um ambiente todo especial, projetado especialmente para fazer o visitante experimentar a sensação de viver uma verdadeira primavera futurista.

Não é a primeira vez que o jardim luminoso é montado. Desde 2010, ele já trouxe brilho para diversos eventos no Brasil e já foi parar até em terras internacionais, em mostras na Colômbia e no México. A instalação foi desenvolvida por alunos do curso de engenharia de automação da Universidade Estadual de São Paulo, em parceria com o Instituto Tecnológico da Aeronáutica.

(Foto: Unesp/divulgação)

Se você mora em São Paulo ou está de passagem pela cidade e quer conferir de perto as flores-robôs, fique de olho: a exposição só vai até 2 de outubro. E, para quem mora em Brasília, uma boa notícia: depois dessa data o jardim robótico vai para a capital federal, para integrar a programação da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

Jardim robótico
Até 2 de outubro
De segunda a sexta, das das 9h às 12h e das 13:30h às 17h
Reitoria da Unesp
Rua Quirino de Andrade, 215, São Paulo, SP
Grátis

Matéria publicada em 25.09.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Marcelo-Garcia

Sou um curioso apaixonado por ciência e adoro quadrinhos e ficção científica. Quase virei cientista, mas preferi me dedicar a mostrar pra todo mundo que a ciência está em tudo ao nosso redor!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat