Macacos também riem

O orangotango Naru recebe cócegas de um pesquisador. Essa espécie de macaco produz uma série de risos curtos e barulhentos (foto: Miriam Wessels).

O que você faz quando ouve uma piada, encontra com alguém que gosta ou ganha um presente? Ri! A vida sem uma boa risada não teria muita graça… Afinal, é por meio do riso que expressamos várias emoções e, por isso, ele é tão importante para os nossos relacionamentos. Mas uma pesquisa acaba de mostrar – de um jeito bem curioso – que os seres humanos não são os únicos que riem…

Uma equipe de pesquisadores do Reino Unido, dos Estados Unidos e da Alemanha comparou os sons emitidos por macacos filhotes e por bebês humanos quando submetidos a sessões de cócegas! Isso mesmo! Foram feitas mais de 800 gravações dos ruídos produzidos por 21 jovens macacos e três bebês humanos enquanto sentiam cócegas em suas mãos, pés, pescoços e axilas. Conclusão? A pesquisa indica que os sons emitidos, nessa situação, por grandes macacos – como os orangotangos,gorilas,bonobos e chimpanzés  – são, sim, risos (clique e ouça!).

Veja cientistas fazendo cócegas em um orangotango e em um gorila (imagens: Universidade de Portsmouth).

Diferenças e semelhanças

É verdade que, para um ouvido distraído, o riso dos macacos pode parecer um ronco, uma respiração ruidosa ou uma curta série de grunhidos. Porém, uma análise detalhada desses sons mostrou que a risada humana e dos primatas tem semelhanças e diferenças importantes, sendo que o riso de gorilas, chimpanzés e bonobos – mais longo e frequente – é o que mais se assemelha ao nosso.

Para você ter uma ideia, ao rir, os seres humanos apresentam padrões de vibração das cordas vocais mais regulares do que os dos grandes macacos, que também costumam ser mais barulhentos. “Essas características fazem o riso humano ser bem diferente do riso dos primatas”, explicou à CHC on-line Marina Davila Ross, da Universidade de Portsmouth, uma das cientistas que conduziu o estudo. “Pela pesquisa, porém, percebemos que essas características podem estar baseadas em particularidades que partilhamos com essas espécies e que foram herdadas com o tempo”.

A origem do riso

Pois é: o grande barato dessa pesquisa não foi apenas descobrir que outros animais, além de nós, riem, mas investigar a origem do riso humano. Por isso, é que o foco do estudo foram os macacos.

Os primatas são os nossos parentes evolutivos mais próximos. Ao analisar os sons captados, os cientistas notaram que a relação entre o riso humano e o dos primatas se equivale a outras características evolutivas que essas espécies compartilham. Conclusão: o último antepassado comum entre homens e macacos, que viveu entre 10 e 16 milhões de anos atrás, provavelmente já ria! Assim sendo, foi dele que nós – e os macacos – herdamos o riso! Essa risada, como a dos primatas atuais, era bem diferente da humana. Mas não é curioso saber que ela é a origem do riso atual?!

Matéria publicada em 25.06.2009

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Marcella-Huche

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat