Habitados por quem?

Já aconteceu algumas vezes: os meios de comunicação anunciam a descoberta de um planeta em uma “zona habitável” do espaço, e muita gente começa a imaginar se chegou a hora de encontrar extraterrestres vivendo nesses mundos distantes. Mas, para os astrônomos, estar em “zona habitável” não é garantia de haver vida em certo planeta – vamos entender melhor o que significa esse conceito?

Em abril de 2014, a agência espacial americana anunciou a descoberta de Kepler-186f, um planeta mais ou menos do tamanho da Terra na zona habitável ao redor de uma estrela. (foto: NASA Ames/SETI Institute/JPL-Caltech)

Em abril de 2014, a agência espacial americana anunciou a descoberta de Kepler-186f, um planeta mais ou menos do tamanho da Terra na zona habitável ao redor de uma estrela. (foto: NASA Ames/SETI Institute/JPL-Caltech)

Como você sabe, de uma maneira geral, os planetas giram ao redor de uma estrela, assim como a Terra gira em torno do Sol. Zona habitável é a área ao redor de uma estrela onde as temperaturas são propícias à existência de água em estado líquido na superfície de um planeta.

Essa é uma condição indispensável para a existência e a manutenção da vida como a conhecemos. Se o planeta estiver muito além desta zona, provavelmente será muito frio e a água, se existir, estará congelada. Se, por outro lado, o planeta estiver muito próximo da estrela, provavelmente será muito quente e também não apresentará água nas condições adequadas.

Mas há também outras características importantes para que um planeta seja considerado em zona habitável. Uma delas é a presença de certas moléculas na atmosfera, como gás carbônico, metano e vapor d´água. Elas têm a propriedade de fazer a atmosfera absorver certa quantidade da energia emitida pela estrela, e refletir outra parte. Dependendo de sua quantidade, podemos ter um mundo com belos oceanos ou repleto de erupções vulcânicas.

A quantidade de emissão de partículas e radiação pela estrela do sistema também é importante. O Sol, por exemplo, continuamente emite partículas e radiação, que em grande parte são barradas pelo campo magnético e pela atmosfera terrestres. Mas as estrelas mais jovens e menores do que o Sol emitem ainda mais partículas e radiação, fazendo com que os planetas próximos não sejam bons locais para se viver.

Também devem ser levados em consideração fatores como a proporção de áreas continentais e oceânicas, os processos de decomposição das rochas, a presença de carbono e a inclinação do eixo de rotação do planeta.

Mesmo que um planeta seja considerado em zona habitável, isso não significa que haja vida por lá – muito menos vida extraterrestre como nos filmes de ficção científica. Mas também é difícil provar que esses planetas não são habitados por suas próprias criaturas, curiosas e diferentes das que conhecemos. Se há vida ou não em cada um desses mundos, só o tempo e muitas pesquisas conseguirão dizer…

Matéria publicada em 13.05.2014

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Será que em algum dia vamos poder ir a algum outro planeta?Tomara!

    Publicado em 5 de maio de 2019 Responder

    • Caio

      Talvez, pois nunca se sabe oque acontecerá no futuro…

      Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

    • Bryan

      e impociveu

      Publicado em 15 de março de 2021 Responder

      • ????

        não é não

        Publicado em 7 de março de 2022

    • Guilherme

      Talvez, só o tempo dirá …

      Publicado em 11 de abril de 2022 Responder

    • Guilherme

      Seria uma boa experiência.

      Publicado em 11 de abril de 2022 Responder

    • maria eduarda

      sim

      Publicado em 19 de maio de 2022 Responder

  • Artur Parente

    Sim, pois será muito avançado as technologias no futuro.

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Annna Júlia

    Será que realmente existe vida em outros planetas?

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Ana Luiza

    Provávelmente sim, todos os dias estamos em mudanças constantes e novas coisas são inventadas diariamente talvez um dia possamos viajar além dessa galáxia…

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Caio

    Talvez, pois nunca se sabe oque acontecerá no futuro…

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Bárbara Victória Brito Leão

    Se as tecnologias avançarem mais talvez possamos sim, mas acho bem improvável dele estar habitado porque suas características não são habitas para a vida, mas se a tecnologia tiver bem evoluída serão possíveis as visitas a outros planetas.

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Bárbara Victória Brito Leão

    Se as tecnologias avançarem mais talvez possamos sim, mas acho bem improvável dele estar habitado porque suas características não são habitas para a vida.

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Ester Müller

    A possibilidade de ter vida em outros planetas é muito grande. é injusto pensarmos que apenas nós, neste vasto universo, sejamos os únicos seres racionais e experientes. Para estas outras formas de vida, somos muito primitivos e atrasados.

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Emylli Souza

    Acho que daqui a muitos anos será possível entrarmos em contato com as possíveis vidas existentes nos planeta. Porém fazer uma visita requer muitos recursos tecnológicos como roupas que se adequem ao clima entre outras coisas.

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Breno

    Provavelmente pois a planetas que pode a ver existência humano

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Monique

    Talvez já exista vida em outros planetas, porém só com o tempo e pesquisas nós iremos saber.
    Se no nosso planeta existe vida, por que nos outros planetas não?
    E se souberem que existe vida em outros planetas mas escondem isso de nós para que isso não seja tão explorado?
    Há muitas perguntas que fazemos que até hoje não temos respostas…

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Davi

    sim. Pois a ciencia esta evoluindo muito

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Artur Parente

    ach que sim, talvez sim, mas oque eu acho MUITO MAIS DIFICIL, sera ir ao sol

    Publicado em 23 de fevereiro de 2021 Responder

  • Ryan F.

    Adorei ler esse artigo pois explica um tema que eu gosto muito e seria muito louco conhecer outro planeta.

    Publicado em 20 de maio de 2022 Responder

Envie um comentário

Eder C. Molina

Geofisico, apaixonado pelas Ciências da Terra e do Universo. Adora aprender mais sobre todas as coisas e receber e-mails do pessoal que lê a CHC! O endereço é [email protected]

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat