Explosões espaciais

Atenção para a previsão: grandes tempestades se aproximam! Mas ainda não precisa preparar as capas de chuva e galochas. O palco dessas tempestades não será a Terra, e sim… o Sol!

A todo o momento, o Sol emite pequenas partículas para todos os lados, formando o que os cientistas chamam de vento solar. Às vezes, a atividade é tanta que acontece uma grande erupção, emitindo muito mais partículas pelo universo – um fenômeno conhecido como explosão ou tempestade solar.

Explosão solar

Explosão solar observada em abril de 2012 (Foto: NASA/SDO/AIA)

Segundo o geofísico Eder Molina, da Universidade de São Paulo, as atividades solares chegam ao máximo a cada 11 anos aproximadamente. Então, começam essas explosões de energia! Como a última vez que isso aconteceu foi em 2001, o Sol está entrando, em 2012, em outra fase de grande atividade, que deve durar alguns anos.

As tempestades solares não são fortes o bastante para nos machucarem, mas podem, por exemplo, afetar as transmissões de rádio e TV e o funcionamento de satélites. Além disso, as tempestades solares muito fortes podem desorientar navios e aviões e causar blecautes, como o que aconteceu no Canadá em 1989.

Em março daquele ano, as partículas liberadas por uma explosão solar atingiram a Terra, provocando uma interrupção na transmissão de energia. Por 12 horas, a província de Quebec ficou sem luz.

Infelizmente, não podemos proteger totalmente nossos equipamentos das explosões mais fortes, mas pelo menos contamos com um aliado natural. O campo magnético da Terra – aquele mesmo que faz as bússolas sempre apontarem para a mesma direção – funciona como um grande escudo que nos protege das tempestades solares.

Por fim, não se preocupe: o Sol, como um todo, não vai explodir! Ele vai continuar iluminando o nosso planeta por muitos e muitos anos…

Matéria publicada em 10.05.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

LucasConrado

Já quis ser astronauta, cientista, astrônomo e biólogo. Sempre gostei muito de ler sobre ciência e hoje adoro escrever sobre isso!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat