Chifrudo pré-histórico

Aqui na CHC, você já conferiu vários tipos de dinossauros: nadadores, gigantes e até com quatro asas. Que tal, agora, saber mais sobre uma espécie que tem chifres? Ela acaba de ser descoberta e viveu há 75 milhões de anos, período conhecido como Campaniano.

Pela ilustração, o <i>Pentaceratops aquilonius</i> parece até um rinoceronte, não é? Mas não se engane: esse dinossauro não tem nenhum parentesco com o atual mamífero chifrudo. (ilustração: Nicholas Longrich)

Pela ilustração, o Pentaceratops aquilonius parece até um rinoceronte, não é? Mas não se engane: esse dinossauro não tem nenhum parentesco com o atual mamífero chifrudo. (ilustração: Nicholas Longrich)

Batizado de Pentaceratops aquilonius, o dinossauro chifrudo tem uma história curiosa. Seus fósseis foram encontrados há 75 anos na província de Alberta, no Canadá, e ficaram guardados em um museu do país. Lá, o animal havia sido classificado como exemplar de um grupo diferente dos pentacerátopos, dinossauros que têm cinco chifres na cabeça.

No entanto, o paleontólogo Nicholas Longrich, da Universidade de Bath, na Inglaterra, deu de cara com os fósseis e percebeu que a classificação estava errada. “Eu estava pesquisando outros fósseis quando vi esses e achei que pertenciam a uma espécie de pentacerátopo que vive no México e nunca foi encontrada no Canadá”, conta Nicholas. “Acontece que, quando comecei a descrever os fósseis, identifiquei que se tratava, na verdade, de uma nova espécie de pentacerátopos.”

Os fósseis do dinossauro chifrudo foram encontrados em Alberta, uma província do Canadá. (foto: Nicholas Longrich)

Os fósseis do dinossauro chifrudo foram encontrados em Alberta, uma província do Canadá. (foto: Nicholas Longrich)

O pesquisador diz que o engano se deu porque, na época em que os fósseis foram encontrados, não se sabia que os pentacerátopos tinham adornos na cabeça – característica comum também a outros grupos de dinossauros, como os Triceratops. “Além disso, os fósseis estavam bem fragmentados, então, era fácil cometer um erro”, adiciona.

Chifres, para que te quero?

Nicholas explica que os chifres do Pentaceratops aquilonius eram úteis na hora de enfrentar outros dinossauros. “Os chifres eram usados em brigas com outros exemplares da mesma espécie e até tiranossauros”, esclarece. “Já os adornos funcionavam como a crista de um galo, servindo tanto para intimidar seus rivais quanto para atrair companheiras.”

Mesmo sem os chifres, o tamanho do dinossauro já seria intimidador: ele media em torno de 5 metros de altura e pesava 1,5 tonelada. Mas, para alívio dos répteis menores, não era preciso ter muito medo: o grandalhão só se alimentava de plantas. Ufa!

Matéria publicada em 02.12.2014

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    O maior dinossauro que vocês sabem que existiu possuia quantos metros?

    Publicado em 3 de novembro de 2018 Responder

Envie um comentário

Mariana Rocha

Cresci gostando de fazer descobertas para escrever sobre elas. Na CHC consigo ser curiosa e escritora, tudo ao mesmo tempo!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat