Betty, a devoradora de línguas

Parasita dentro da boca de um peixe

Betty é o apelido deste pequeno parasita que se instala na boca dos peixes (Foto divulgada pelos pesquisadores na revista Biological Journal of the Linnean Society)

A CHC Online hoje quer apresentar a pequenina Betty, essa criaturinha meiga da foto, escondida dentro da boca escancarada do peixe. Ela pode parecer fofa e inofensiva, mas não se engane – ela tem um péssimo e sanguinário hábito: adora comer línguas.

Calma, não precisa gritar de medo nem fechar a boca correndo. Esse parasita, conhecido como Ceratothoa italica, mas apelidado pelos cientistas de Betty, gosta mesmo é de devorar línguas de peixe. No mar, ela penetra pelas brânquias de animais jovens, se aloja e cresce dentro de suas bocas, alimentando-se de sangue e da própria língua do bicho.

A história parece saída de um filme de ficção científica bem aterrorizante. Porém, um estudo realizado no mar Mediterrâneo mostrou que essa espécie comedora de língua tem se tornado mais comum entre os peixes da região. O caso é mais grave nas áreas onde há mais pesca, já que elas possuem uma proporção maior de peixes jovens, que são mais vulneráveis ao parasita.

Na pesquisa, os cientistas analisaram duas áreas no mar Mediterrâneo: uma região de proteção ambiental na Espanha e outra muito afetada pela pesca excessiva, na Itália. Na primeira, 30% dos peixes tinham suas línguas substituídas pelo parasita. Pode parecer muito, mas é menos do que o resultado obtido na outra área, onde quase metade (47%) dos animais analisados registrou a presença da turma da Betty morando em suas bocas.

Os biólogos garantem que a C. italica não representa risco para o homem, mas explicam que pode prejudicar o crescimento e a condição geral dos peixes, em especial nas áreas mais impactadas pela pesca. Depois de saber disso tudo, talvez seja melhor os peixes nadarem de boca fechada no Mediterrâneo por um tempo…

Matéria publicada em 19.03.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Marcelo-Garcia

Sou um curioso apaixonado por ciência e adoro quadrinhos e ficção científica. Quase virei cientista, mas preferi me dedicar a mostrar pra todo mundo que a ciência está em tudo ao nosso redor!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat