Ciência dentro de casa

Atenção! Dentro de casa, você está cercado! Cercado de ciência por todos os lados! Os cômodos podem conter química, física, biologia… Não acredita? Pois, então, cancele os compromissos e aceite um convite para produzir experimentos incríveis sem arredar pé do seu doce lar. Você vai brincar e aprender na sala, no banheiro, na cozinha e até no quarto. Só tome cuidado para não fazer muita bagunça!

Na sala: cinema de sombras
Vamos começar pela sala, onde podemos encontrar objetos interessantes que, além de deixarem o ambiente mais bonito, podem render um experimento e tanto. Atrás das cortinas, por exemplo, você pode fazer um tremendo espetáculo com a ajuda de uma luminária.

Primeiro, arraste o sofá para que ele fique bem próximo da cortina, mas deixe um espaço para você poder entrar e ficar atrás dela. Ligue o abajur também atrás da cortina, perto de suas mãos, apague as luzes e chame seus colegas para assistir ao espetáculo. Faça algumas formas com as mãos e peça para eles adivinharem os desenhos que vão se formando ou, então, crie uma história com as sombras. Ah! Não se esqueça de oferecer à platéia uma pipoca para dar aquele clima de cinema. Agora, responda sem pestanejar: você sabe por que se formam as sombras?

Como a cortina é feita de tecido ‐ um material translúcido, que se deixa atravessar pela luz, mas que não é transparente ‐ a luz que bate atrás dela a ilumina. Quando colocamos algum objeto opaco atrás da cortina, como a nossa mão, ele impede que a luz ilumine o tecido naquela área. Por esse motivo, veremos a sombra: uma parte escura na cortina que está iluminada. Porém, apenas o perfil do objeto aparece por meio da sombra, não a sua forma real. Assim, você pode criar figuras com suas mãos que podem parecer bichos ou objetos. Quer uma dica para que seu cinema pareça ainda mais verdadeiro? Brinque com os tamanhos das sombras, aproximando ou afastando suas mãos da lâmpada. Mas tome cuidado para não se queimar e nem tomar um choque! Agora, divirta-se e encante sua platéia!

No quarto: Por que existem dias e noites?
Agora, que tal uma passadinha pelo quarto? Olhe pela janela e inspire-se, porque você vai saber como surgem os dias e as noites! Primeiro, reúna os seguintes materiais: uma bola de isopor (20 centímetros de diâmetro) para representar a terra; um palito de churrasco (ou algo semelhante) para sustentar a bola de isopor; alguns palitos de dente para visualizar as sombras; e um abajur sem cúpula com uma lâmpada comum de 60W para representar a luz do Sol, que iluminará diretamente a nossa Terra de isopor. Não se esqueça de deixar o quarto bem escuro para visualizar bem as sombras dos palitos, que devem ser fincados na bola de isopor. Vamos lá!

Atravesse a bola de isopor com o palito de churrasco. Posicione o foco de luz mais ou menos a meio metro da bola. A luminosidade deve ser apontada na direção do centro da terra. Segure o palito inclinado em relação à vertical, como na figura.

Agora você está pronto para entender porque existem os dias e as noites! Na parte iluminada da Terra, que está recebendo diretamente a luz do Sol, é dia. Na outra, sem luminosidade, é noite. Colocando um palitinho na parte em que é dia e girando lentamente a Terra veremos que ele vai perdendo a luminosidade direta do Sol, ou seja, a região onde ele está vai escurecendo, até que fica totalmente sem luz, o que representa a noite.

Se continuamos girando devagar a Terra, o palito começa a receber luz aos poucos, representando o dia novamente. E assim acontece com o nosso planeta, que gira em torno do si mesmo, num movimento que se chama rotação e que se completa a cada 24 horas, aproximadamente. Repare, ainda, que quando amanhece para nosso palitinho, as sombras são bem compridas. Ao meio dia, a sombra é menor, e à tarde ela vai aumentando à medida que anoitece. Não é o que nós vemos todos os dias?

Pois bem, agora que já exploramos alguns cômodos da casa e aproveitando que você já está no quarto, só nos resta dizer… Boa-noite! Mas se você gostou das atividades que propusemos aqui, não deixe de ler a versão completa deste artigo na CHC 154, que traz ainda atividades para você fazer no banheiro e na cozinha!

Matéria publicada em 02.08.2010

COMENTÁRIOS

  • maria cecilia

    eu adoro aprender coisas novas meu sonho e ser professora amei esse site

    Publicado em 5 de junho de 2020 Responder

    • Luísa Ladeia Maramarque da Silva

      Siga seu sonhos

      Publicado em 10 de setembro de 2020 Responder

  • Vinícius Filasi

    Adoro todas as leituras adoro aprender coisas novas também amo leitura

    Publicado em 23 de julho de 2020 Responder

  • Mariana

    Adorei aprender aqui!
    Aprendi muito

    Publicado em 10 de setembro de 2020 Responder

    • Luísa Ladeia Maramarque da Silva

      Oi Mari é sua Bff Luísa!

      Publicado em 10 de setembro de 2020 Responder

      • Luísa Ladeia Maramarque da Silva

        😍😍😍😍😍😍😍😍😘😘😘😘😘😘😘🥰🥰🥰🥰

        Publicado em 10 de setembro de 2020

  • Henrique

    EEEEE bom serve

    Publicado em 10 de setembro de 2020 Responder

  • Raiana Moraes

    Muuuuuuito legal! Até as minhas irmãs mais velhas se divertiram

    Publicado em 3 de novembro de 2020 Responder

  • Pedro

    Deve ser legal.

    Publicado em 4 de novembro de 2020 Responder

    • Pedro Vieiro Fernandes

      Com sertesa absoluta deve ser perfeito………………………………………………………………………………………………………………….

      Publicado em 4 de novembro de 2020 Responder

  • Soraya e bi3l

    Maximo esse site ♡♡♡☆☆☆

    Publicado em 24 de maio de 2022 Responder

Envie um comentário

Cathia Abreu

Adoro aprender coisas novas. Tenho a sorte de trabalhar me divertindo e fazendo descobertas todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat