A força dos oceanos

O que você faz no mar? Nada, surfa, mergulha? Pois saiba que vários cientistas têm olhado para a imensidão azul com outros interesses: eles apostam que é possível gerar energia com a ajuda dos oceanos! Existem várias formas possíveis de fazer isso: fique de olho porque hoje a CHC vai apresentar algumas.

O vai e vem das ondas pode ser usado para gerar eletricidade. (foto: Wikimedia Commons / Brocken Inaglory / <a href=http://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/>CC BY-SA 3.0</a>)

O vai e vem das ondas pode ser usado para gerar eletricidade. (foto: Wikimedia Commons / Brocken Inaglory / CC BY-SA 3.0)

Correntes marítimas

Você já ouviu falar de energia eólica? É a energia gerada com a ajuda dos ventos, captada a partir de pás giratórias – como um grande catavento – que acionam um gerador. Esse aparato transforma a energia mecânica do movimento em energia elétrica, que em seguida é transmitida para as cidades, escolas, casas…

Do mesmo modo, há grupos de pesquisa estudando como instalar no oceano turbinas ou pás giratórias que seriam movimentadas pela força das correntes marítimas. “Elas poderiam, assim, gerar um bocado de energia elétrica”, conta o engenheiro Segen Estefen, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).

Vários países, como Inglaterra, Escócia, Irlanda, Austrália e Canadá, estão investindo nesse tipo de tecnologia, mas os inventos ainda estão sendo testados.

No ritmo das ondas

Outra forma de aproveitar a energia oceânica é captar o movimento das ondas – tanto as que agitam a água perto da praia quanto as que movimentam o mar aberto. A ideia, então, é posicionar um conjunto de boias que, enquanto flutuam, são movimentadas constantemente pelo vaivém das ondas, e ligadas a um a algum tipo de gerador. Assim, o movimento das boias é transformado em eletricidade.

Projeto da Usina de Ondas de Ilha Rasa, Rio de Janeiro. O movimento das ondas vai gerar eletricidade! (imagem: Divulgação/Coppe/UFRJ)

Projeto da Usina de Ondas de Ilha Rasa, Rio de Janeiro. (imagem: Divulgação/Coppe/UFRJ)

Poucos sabem, mas existe uma iniciativa no Rio de Janeiro em andamento para a instalação de um conversor de ondas em eletricidade, que Segen e sua equipe projetam para ficar próximo da Ilha Rasa, em frente a Copacabana. Na Austrália também estão sendo testados sistemas parecidos.

Olha a maré!

Outra possibilidade é aproveitar a energia das marés, conhecida pelos especialistas como força maremotriz. Os engenheiros conseguem construir grandes reservatórios que podem ser enchidos pela água do mar durante as fases de maré alta. E, uma vez cheios, esses reservatórios funcionam exatamente como uma usina hidrelétrica. A única diferença é que eles não são abastecidos pelo represamento de um rio, mas sim pelo ciclo natural das marés.

Já existe uma usina assim na França, chamada de La Rance. Ela funciona desde a década de 1960! Projeto semelhante também existe na Coreia do Sul.

Usina maremotriz de La Rance, na França. (foto: Wikimedia Commons)

Usina maremotriz de La Rance, na França. (foto: Wikimedia Commons)

Futuro

Alguns cientistas dizem que os oceanos, se bem aproveitados, podem fornecer energia para todo o planeta, e sem emitir nenhum tipo de poluição atmosférica. Especialistas acreditam que, até 2020, o mundo deverá ter 39 projetos de geração elétrica baseados na força dos oceanos. “O potencial do Brasil é notável”, destaca Segen. “Por aqui, nossos mares poderiam gerar, em eletricidade, o equivalente a duas usinas de Itaipu!”

Matéria publicada em 26.06.2014

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Assim seremos o país com mais energia?

    Publicado em 14 de julho de 2018 Responder

  • Beatriz

    Adorei o conteúdo

    Publicado em 12 de agosto de 2021 Responder

  • Maria Eduarda Alves

    O conteúdo é bem interessante, adorei!

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Bruna

    Amei o conteúdo

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Yasmim muquem 604

    Achei o conteúdo bem legal.

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Gabriel calicchio isenseeandrade

    Eu gostei

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Daniel Amorim Stockler

    Muito bom o conteúdo retratado no texto.

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • GABRIELA RIBEIRO

    MUITO LEGAL.

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • Beatriz Caldeira de Oliveira 603

    Boa noite!
    Após ler o texto do CHC da força dos oceanos vi a real necessidade do aproveitamento dos recursos naturais dos oceanos mas infelizmente mesmo tendo nosso país grande parte banhada pelo oceano atlântico não aproveitamos eles, tendo até o projeto das usinas de ondas do Pecém abandonada.

    Beatriz Caldeira de Oliveira 603.

    Publicado em 23 de agosto de 2021 Responder

  • João Marcelo 601

    Eu achei muito legal esse conteúdo, muito legal.

    Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

    • Juan Luiz

      Muito legal gostei muito

      Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

  • Ana Paula Paes

    Amei!

    Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

    • Sofia Pimenta da Silva

      Que interessante

      Publicado em 27 de agosto de 2021 Responder

  • Esther Medeiros 602

    Achei muito legal o texto!!

    Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

  • Angelo Miguel

    Gostei bastante.

    Publicado em 24 de agosto de 2021 Responder

  • João Miguel Alves dos Santos 604

    Legal e interessante o texto!

    Publicado em 25 de agosto de 2021 Responder

  • Manuella Mattos 601

    Nossa que interessante! Agora sei o real motivo. Conforme tem queda d´agua a energia se torna mais forte, energia elétrica baseada na força dos oceanos, e a energia eólica é gerada com a ajuda dos ventos!

    Publicado em 28 de agosto de 2021 Responder

  • Gabriel Ferreira 601

    muito legal e bem útil o texto

    Publicado em 28 de agosto de 2021 Responder

  • Luiz Arthur 603

    legal e muito interessante

    Publicado em 30 de agosto de 2021 Responder

  • Maria Alice mm

    Eu gostei bastante ?!

    Publicado em 30 de agosto de 2021 Responder

  • Anna Julya Rodrigues 601

    o conteúdo e interessante

    Publicado em 3 de setembro de 2021 Responder

  • Sophia 602

    Legal

    Publicado em 8 de setembro de 2021 Responder

  • Pedro Henrique da Cunha Leal Martins

    Não sabia de muitas coisas

    Publicado em 18 de setembro de 2021 Responder

  • Júlio Alves

    Não sabia de muita coisa desse tipo não tia até porque o ser humano disse que só exploramos 5% do oceano

    Publicado em 29 de outubro de 2021 Responder

  • Othavio

    Já… estamos em 2022… Será que já existem esses 39 projetos???? Era espectativa de 2020…. E aí? 🤔

    Publicado em 18 de abril de 2022 Responder

Envie um comentário

Henrique-Kugler

Adoro viajar e fotografar. Conhecer músicas de diferentes lugares do mundo é meu passatempo favorito. Ah, e adoro comer chocolate e tomar chimarrão – uma espécie de chá de erva-mate, planta típica do sul do Brasil.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat