Vilão ou mocinho?

Cientistas criaram um medicamento a partir da saliva do monstro-de-gila

O monstro-de-gila mede cerca de meio metro de comprimento e se alimenta de uma variedade de pequenos mamíferos, além de lagartos menores, sapos, insetos e ovos de outros animais.
Foto pxhere / domínio público

Em 1992, cientistas fizeram uma grande descoberta: uma substância presente na saliva do monstro-de-gila poderia ajudar no tratamento de pessoas com uma doença séria. Como assim um monstro pode ajudar pessoas? Esse pode! Com a ajuda do réptil, que não é um monstro de verdade, o diabetes tipo 2, que causa muitos transtornos para a saúde, pode ser controlado.

O monstro-de-gila é uma espécie de lagarto que vive em ambientes secos do México até o sudoeste do Estados Unidos. É uma das cinco espécies de um grupo de lagartos chamado Heloderma, conhecidos por terem uma saliva venenosa.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Bateria de moedas

Hora de se divertir com experimentos e atividades!

Tem criança no samba!

As escolas de samba mirins são uma alegria a mais no carnaval.