Quanto menor o escorpião, mais forte o veneno?

Para encontrar a resposta, é preciso uma investigação científica!

Dizem por aí que quanto menor o escorpião, mais perigoso ele é, pois seu veneno é mais potente. Mas… será que esse papo faz sentido? Pesquisadores da Irlanda resolveram investigar e reuniram informações publicadas ao longo de décadas por outros cientistas sobre a potência do veneno, o tamanho do corpo e das quelas (as “pinças”) de escorpiões de vários lugares do mundo.

O grupo analisou dados sobre 36 espécies de escorpiões e descobriu algumas coisas interessantes. Primeiro, viram que o pensamento popular faz algum sentido: de uma forma geral, quanto maior a espécie de escorpião, menos potente é o seu veneno. Além disso, escorpiões com as pinças mais robustas também costumam ter venenos mais fracos. Isso quer dizer que, ao longo da evolução, os escorpiões desenvolveram pinças mais fortes para prender e esmagar, ou venenos mais fortes para paralisar e matar suas presas, mas não as duas coisas ao mesmo tempo.

No Brasil são conhecidas cerca de 180 espécies de escorpiões, mas apenas quatro são as principais causadoras de acidentes e consideradas mais perigosas por conta do seu veneno: o escorpião-amarelo (Tityus serrulatus), o escorpião-do-nordeste (Tityus stigmurus), o escorpião-marrom (Tityus bahiensis) e o escorpião-negro (Tityus obscurus). Essas quatro espécies, adivinhe, possuem pinças longas e finas e têm tamanho pequeno a médio, medindo até uns 7 centímetros (o escorpião-negro atinge 10 centímetros).

Escorpiões maiores e com as quelas (“pinças”) mais robustas costumam ter veneno mais fraco, como o escorpião-das-rochas africano (Hadogenes troglodytes), que atinge 20 centímetros de comprimento. Já os escorpiões menores e com pinças menores costumam ter veneno mais potente, como o escorpião-amarelo (Tityus serrulatus), que mede até 6 centímetros e é encontrado no Brasil.
Crédito: Fotos Luke Snowden/iNaturalist/CC-BY-NC-4.0 e José Roberto Peruca/Flickr/CC-BY-NC-SA

Apesar do resultado interessante dessa nova pesquisa, é importante lembrar que os cientistas estudaram a relação entre o tamanho do corpo, o tamanho das pinças e a potência do veneno de apenas 36 entre mais de 2.500 espécies de escorpiões conhecidas. Ou seja: ainda há muito a pesquisar sobre este assunto. Até porque é sabido que existem alguns escorpiões grandes e com veneno potente.

No mundo todo são registrados por ano mais de um milhão de envenenamentos de pessoas por picada de escorpião (escorpionismo). No Brasil são cerca de 40 mil casos anuais, e pelo menos uma pessoa morre em cada mil. Então, se você encontrar um escorpião, seja ele pequeno ou não, jamais tente capturá-lo! Afaste-se dele e chame um adulto

Se alguém for picado por um escorpião, deve apenas lavar o local com água e sabão e procurar atendimento médico imediatamente.
Foto Wikimedia Commons

henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 15.08.2022

COMENTÁRIOS

  • Ana Luiza

    gostei muito sobre essas coisas de veneno e taus é horripilante e da um pouco de medo de um desses aparecer na minha casa tchau chc

    Publicado em 15 de agosto de 2022 Responder

  • Alice

    Eu amei tudo é incrível ? . Eu e minha mãe vemos a revista todo dia. É muito legal ???? parabéns ???.

    Publicado em 15 de agosto de 2022 Responder

    • batata

      odiei

      Publicado em 25 de agosto de 2022 Responder

  • ANTONIO MIGUEL CORTEZ

    ISSO É INCRÍVEL ESSAS ESPÉCIES SÃO FASCINANTE GOSTARIA DE APRENDER MAIS OBRIGADO.
    TENHO 8 ANOS NATAL RN

    Publicado em 16 de agosto de 2022 Responder

  • isabella bueno pimenta

    amo escorpiao sao lindos

    Publicado em 16 de agosto de 2022 Responder

  • Eduardo Bissoloti

    olá, me chamo Eduardo Bissoloti. Também sou muito fã de animais. gosto de tigres albinos e leões albinos. amo ciência.

    Publicado em 16 de agosto de 2022 Responder

  • Maria Sofia

    Nossa que interessante , não sabia que o escorpião é tão perigoso ?

    Publicado em 16 de agosto de 2022 Responder

  • Sofia

    ameii!! Estou lendo para meu trabalho de português e adorei!!

    Publicado em 16 de agosto de 2022 Responder

    • Melissa

      Eu também!

      Publicado em 17 de agosto de 2022 Responder

    • Flora

      Eu também

      Publicado em 22 de agosto de 2022 Responder

  • Melissa Mücke Leite

    Oi CHC adorei essa notícia, quando vi o título tive que entrar correndo nela porque eu não tinha lido e meu signo também é escorpião então achei interessante ler a matéria.
    Estou lendo essa notícia para fazer uma carta do leitor na disciplina de redação, escolhi vocês e tenho certeza de que fiz a escolha certa.
    Obrigada por ter me ajudado a fazer minha redação.
    Aliás não devo só a vocês também devo ao meu livro da escola que me apresentou este site incrível!
    Tchau CHC e mais uma vez obrigada.
    Melissa Mücke Leite.
    4o ano B
    Colégio Nossa Senhora do Rosário/ Itaparica BA

    De Vera Cruz BA

    Publicado em 17 de agosto de 2022 Responder

  • Melissa Mücke Leite

    Oi CHC adorei essa notícia, quando vi o título tive que entrar correndo nela porque eu não tinha lido e meu signo também é escorpião então achei interessante ler a matéria.
    Estou lendo essa notícia para fazer uma carta do leitor na disciplina de redação, escolhi vocês e tenho certeza de que fiz a escolha certa.
    Obrigada por ter me ajudado a fazer minha redação.
    Aliás não devo só a vocês também devo ao meu livro da escola que me apresentou este site incrível!
    Tchau CHC e mais uma vez obrigada.
    Melissa Mücke Leite.
    4o ano B
    Colégio Nossa Senhora do Rosário/ Itaparica BA

    De Vera Cruz BA

    Publicado em 17 de agosto de 2022 Responder

  • Antonio, Ana Karoline, Arthur, Christian, Emiily, Lavínia, Sophia e Taina. Profª Tatiani.

    Olá CHC, somos alunos da Escola Municipal José Antonio Verzegnassi e estamos no 5º ano. Estamos trabalhando sobre carta do leitor e lemos essa reportagem sobre os escorpiões e agora vamos fazer nossa carta coletiva.
    Abraços dos alunos; Antonio, Ana Karoline, Arthur, Christian, Emiily, Lavínia, Sophia e Taina. Profª Tatiani.

    Ilhabela SP

    Publicado em 18 de agosto de 2022 Responder

  • Turma do 5º ano C

    Sumaré, 22 de agosto de 2022.

    Olá Revista CHC. Somos alunos da escola EMEF Professora Neusa de Souza Campos, estamos no 5º ano C. Gostamos da matéria “Quanto menor o escorpião, mais forte o veneno?”.
    Achamos interessante que não temos medo de escorpiões pequenos, mas são perigosos e também como sabemos pouco sobre o assunto.
    Gostaríamos de saber se existe escorpiões sem veneno? Agradecemos se puderem fazer uma matéria sobre isso.
    Abraços, turma do 5º ano C.

    Publicado em 22 de agosto de 2022 Responder

  • Laura Salviete Grego

    Super legal ?

    Publicado em 22 de agosto de 2022 Responder

  • Valentina

    Achei muito ?

    Publicado em 22 de agosto de 2022 Responder

  • Aléxia

    Gostei muito da matéria de vcs CHC vcs são demais. Amei tudo

    Publicado em 22 de agosto de 2022 Responder

  • Alunos do 4º ano A da EMEFEI “Profº Sérgio Augusto Mainini” – Agudos

    Olá CHC.
    Somos alunos do 4º ano A da escola municipal Profº Sérgio Augusto Mainini, da cidade de Agudos/SP..
    Adoramos a sua matéria sobre escorpiões, foi muito legal descobrir mais sobre eles, e queremos saber por exemplo se eles conseguem nadar?
    Gostaríamos que vocês fizessem mais reportagens sobre animais!!!!!!
    Adoramos suas revistas, nosso professor maravilhoso nos dá quase todos os dias, para ler em sala de aula.
    Beijos CHC.
    DOS ALUNOS DO 4º ANO A 2022 E DO PROF.º ALEX

    Publicado em 25 de agosto de 2022 Responder

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Bem lá no fundo do oceano

Segure o fôlego e mergulhe para descobrir o que há no mar profundo!

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil