Para não perder o fôlego

Peixes com pulmões, onde já se viu?

Os peixes, você já deve ter ouvido falar, não respiram com pulmões, mas com brânquias – também chamadas guelras – que captam o oxigênio da água. Mas, vou te contar uma coisa: existem peixes com pulmões!

A piramboia, um peixe da Amazônia, tem pulmões. Para respirar, ela precisa colocar a boca fora da água e engolir ar fresco. Existem também alguns peixes de nomes estranhos, como a âmia, o bichir e o gar, que não existem aqui no Brasil e têm, ao mesmo tempo, brânquias e um ou dois pulmões! Foi estudando esses e outros tipos de peixes que a cientista estadunidense Colleen Farmer, chegou a uma conclusão muito interessante sobre a evolução dos pulmões.

Gar, um peixe que respira com brânquias dentro da água e toma um fôlego extra respirando ar com um pulmão.
Foto: U.S. Fish and Wildlife Service / Wikipedia / Domínio Público

As brânquias dos peixes são ótimas para captar o oxigênio da água, mas, se um peixe precisar nadar rápido por muito tempo, ele perde o fôlego e pode até morrer. Nos oceanos, há mais ou menos 400 milhões de anos, um tipo de peixe desenvolveu a capacidade de colocar a cabeça fora da água e engolir ar de vez em quando, o que lhe dava um fôlego extra. Com mais fôlego, esses peixes conseguiam nadar melhor atrás de suas presas, comiam mais, tinham mais filhotes e, com o passar do tempo, se diversificaram em muitas espécies. Mas hoje, entre os milhares de tipos diferentes de peixes que existem, apenas alguns ainda têm pulmão. Por quê?

Com o passar de milhões de anos, vários peixes desenvolveram a capacidade de viver em regiões profundas do oceano, onde é impossível respirar ar puro. Nesse ambiente, o pulmão se transformou em uma “bexiga natatória”, que, ao invés de ser usada para respirar, ajuda o peixe a flutuar dentro da água. Mas esses peixes perderam aquela vantagem do “fôlego extra” que tinham herdado dos seus ancestrais.

Não bastasse o pulmão de muitos peixes ter se transformado na tal bexiga natatória, havia um perigo surgindo no céu. Mais ou menos 215 milhões de anos atrás, os primeiros pterossauros evoluíram, e, há 150 milhões de anos, evoluíram as primeiras aves. Então, os peixes que colocavam a cabeça para fora da água para “pegar um fôlego” agora tinham mais chances de virar almoço de um predador voador.

Assim, os peixes com pulmão foram sumindo, até restarem poucos deles hoje. Quando penso nisso, eu respiro fundo graças a um peixe, que, há muito tempo, precisou tomar um fôlego.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse especial em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 20.01.2021

COMENTÁRIOS

  • Arthur p.

    Eu Arthur da escola. Objetivo Campinas adorei apreder sobre os peixes. abraços Arthur p.

    Publicado em 8 de março de 2021 Responder

  • Alunos do Colégio Augusto Ruschi. 3º ano C

    Achei essa matéria muito interessante, não conhecia peixe com pulmão. Alunos do Colégio Augusto Ruschi.

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • naruto

    Eu ja ouvi falar sobre peixes com pulmao

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    tudo bem eo rubens de novo

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • kakashi sensei

    Amei

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • samuel

    achei muito legal serio eu amo peixe e saber disso e emocionante…kkkk

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • Rafaela camargo

    Oi sou a Rafaela Camargo achei muito curioso um
    Peixe com pulmao

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    eu nao conhecia peixe com pumao muito legal sobre o peixe do pumao

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • naruto

    achei muito legal e muito loco serio isso e muito emocionante kkkkkkk!!!!!

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • Rapha

    Foi muito interessante esse artigo!

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    ainda existe o peixe de pumao

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • mariana bressan brito

    olá sou a mariana do colégio augusto ruschi do comentario anterior, gostei muito de saber! amei a materia tambem nao sabia que esistia peixes com assim beijos tchau!

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    e muito emocionanti

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    e legal kkkkk

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • rubens

    e legal

    Publicado em 18 de março de 2021 Responder

  • Lissa/Itapeva/SP

    Achei muito interessante, não sabia que peixe tinha pulmão.

    Publicado em 28 de junho de 2021 Responder

CONTEÚDO RELACIONADO

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil

Uma conversa sobre cobras gigantes

Anacondas ou sucuris são serpentes que podem chegar a alguns metros de comprimento, mas não tanto quanto nos filmes!