É dando que se recebe

Para revelar este ditado, a palavra-chave é: empatia!


Ilustração Marina Vasconcelos

“É dando que se recebe”. Essa frase costuma ser dita quando alguém faz o bem por outro alguém, quando há um gesto de solidariedade, não é mesmo? É assim que a empatia vem à tona! Empatia é o sentimento que surge quando compreendemos as experiências e sentimentos de outra pessoa e agimos nos colocando no lugar dela. Você não imagina quantas áreas diferentes do nosso cérebro entram em ação para tornar a empatia realidade. Vamos explorar!

 


priscila
Luana-Chagas

Priscilla Oliveira Silva Bomfim
e Luana da Silva Chagas
Núcleo de Pesquisa, Ensino, Divulgação e Extensão em Neurociências (NuPEDEN)
Universidade Federal Fluminense

Sou uma pesquisadora apaixonada pelo cérebro e aqui vamos conversar sobre a (neuro) ciência dos ditados populares.
Luana da Silva Chagas é minha convidada da vez. Trabalhamos juntas e escrever juntas é sempre um prazer!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Bem lá no fundo do oceano

Segure o fôlego e mergulhe para descobrir o que há no mar profundo!

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil