Desejos de urso

Uma casa com janelas para o Sul: uma história de gente e de bicho também!

Ilustração Jaca

Essa história é fantástica, mas o resultado é pura matemática. Acompanhe! Os cientistas finalmente tinham aprendido a se comunicar com os animais, e queriam avaliar a inteligência de um casal de ursos brancos que estava em um zoológico.  Um dos cientistas então perguntou:

– Ursos, se vocês tivessem direito a um desejo, qual seria?

Os ursos cochicharam entre si, até que um deles respondeu:

– Nós gostaríamos de ter uma casa quadrada com quatro janelas, uma em cada parede, e todas com vista para o Sul!

Os cientistas riram e concluíram que os ursos eram malucos, pois não se pode ter uma casa quadrada com todas as janelas voltadas para o Sul. Eles fizeram o desenho abaixo e mostraram para os ursos.

Eles disseram que se uma janela estivesse voltada para o Sul, as outras estariam voltadas para o Leste, o Norte e o Oeste. Não era possível ter quatro janelas voltadas para o Sul!

Mas o que os cientistas não sabiam era que os ursos estavam também testando a inteligência dos humanos. E, para os ursos, os cientistas é que não eram tão inteligentes assim.

E você, o que acha? Será que é possível construir uma casa como os ursos desejaram?

Pense um pouco a respeito, e só leia o que está abaixo depois. Pode ser?

Bem, para terminar a história, um dos ursos disse o seguinte aos cientistas:

– Vocês podem me arranjar um dado e uma bola, por favor?

Os cientistas providenciaram o que o urso pediu, e então ficaram surpresos com o que o urso fez: ele colocou o dado em cima da bola e disse bem alto: Norte!

Claro, os ursos queriam mesmo é voltar para o polo Norte! E, como eles sabiam que a Terra é redonda, se a casa estiver no polo norte, então todas as janelas estarão apontando para o Sul.


Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Matéria publicada em 16.08.2019

COMENTÁRIOS

CONTEÚDO RELACIONADO

Bem lá no fundo do oceano

Segure o fôlego e mergulhe para descobrir o que há no mar profundo!

Monumento ao Dois de Julho

Ele fica em Salvador, na Bahia, e é um marco no processo de Independência do Brasil