Quitutes no tabuleiro

Acarajé, tapioca quentinha, cocada preta ou branca e muito mais: tudo isso você encontra no tabuleiro da baiana. Não conhece uma baiana que venda quitutes? Procure direito. Elas estão em quase toda parte. Seu ofício – fazer delícias! – é tão reconhecido que virou patrimônio imaterial dos brasileiros e deve ser preservado pelo povo.

Vamos combinar? Poucas coisas são mais gostosas que saborear uma cocada crocante por fora e molinha por dentro. Hummmmm… Dona Arminda, estrela principal deste livro, tem um tabuleiro de quitutes que ela prepara com muito carinho e capricho. Uma fila enorme de clientes esfomeados se forma quando ela chega. Um quer acarajé – bolinho feito de feijão e recheado com camarão –, outro prefere o mungunzá ou canjica feita com milho branco cozido, leite, coco e outros ingredientes. De dar água na boca!

Mas Arminda está cansada e resolveu não vender mais seus quitutes. O povo protesta! Ninguém pode ficar sem suas delícias. Será que existe uma solução? Sim! Mas você terá que descobrir…

Tabuleiro da baiana

Tabuleiro da Baiana
Texto e ilustrações de Elma
Paulinas

Matéria publicada em 26.05.2015

COMENTÁRIOS

Diná

Sou uma dinossaura antenada, criativa e apaixonada por música, livros e cinema. Tem gente espalhando por aí que sou apaixonada também pelo Rex, mas alto lá! Ele é o meu melhor amigo.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!