Brás e o livro que veio do lixo

Brás era um menino que morava em uma favela e se esforçava muito para trabalhar e ajudar sua avó, sobrando pouco tempo para brincar e estudar. Apesar da vida difícil, ele sabia bem como soltar a imaginação. Em meio às roupas que sua avó lavava para ganhar algum dinheiro, Brás criou um circo em que as crianças poderiam fazer tudo o que quisessem, como brincar, tomar sorvete ou comer pipoca. O nome? Fácil: o circo do “Pode tudo”!

Um belo dia, o menino encontrou um livro em um saco de lixo e sua imaginação foi ainda mais longe. Brás passou a ter seu próprio planeta com formato de biscoito e viajou por muitos outros lugares. No meio da aventura, ele até se apaixonou pelo bem mais precioso que existe: a água.

Quer saber como essa história termina? Então confira o livro Brás, o pequeno viajante, que foi inspirado na obra O Pequeno príncipe, de Antoine de Saint-Exupéry. Brás_capa frontal

Brás, o pequeno viajante
Texto de Paula Novaes
Ilustrações de Vanessa Rosa
Editora Viajante do tempo

Matéria publicada em 22.10.2014

COMENTÁRIOS

Diná

Sou uma dinossaura antenada, criativa e apaixonada por música, livros e cinema. Tem gente espalhando por aí que sou apaixonada também pelo Rex, mas alto lá! Ele é o meu melhor amigo.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!