Muito prazer, Machado de Assis

Em 1839, nasceu, no Rio de Janeiro, um menino muito pobre: Joaquim Maria Machado de Assis. Filho de uma costureira e de um homem que havia sido escravo, mas que conseguiu se libertar e passou a trabalhar como pintor em obras, Joaquim não freqüentou a escola durante muito tempo, por falta de oportunidade. No entanto, transformou-se, com muito esforço, em um dos maiores escritores brasileiros, com admiradores espalhados por todo o mundo. Tornou-se, enfim, Machado de Assis, como vemos na capa de seus livros.



Em suas obras, esse autor, que adorava a sua cidade natal, retratou como ninguém o ser humano. Grande observador dos costumes da sociedade da época em que viveu, tirava das ruas, dos salões e das festas a inspiração para escrever suas histórias, todas muito vivas e atuais. Tanto que são lidas até hoje por muitos leitores fiéis.

Pensando em quem ainda não conhece esse fascinante escritor, três amigas, todas especialistas em História – Keila Grinberg, Lucia Grinberg e Anita Correia Lima de Almeida –, resolveram escrever um livro: Para conhecer… Machado de Assis . Keila conversou com a Ciência Hoje das Crianças e falou como foi divertido e instrutivo escrever sobre Machado de Assis. Acompanhe essa entrevista e descubra detalhes dessa obra, que vem com várias fotos, atividades, experimentos e até uma receita de sorvete!

Lucia Grinberg, Keila Grinberg e Anita Correia Lima de Almeida (foto: reprodução /Milton Guran).

CHC – Como surgiu a idéia do livro?
Keila Grinberg – A partir de outros projetos da Jorge Zahar Editor, que publicou o livro, nós bolamos a série Para conhecer… , que é uma forma de apresentar um assunto a partir da história de vida de uma pessoa ou de um lugar. A idéia é que a narrativa abra uma série de janelas para vários temas. E que os jovens possam se aproximar deles para aprender a partir de atividades concretas.

Por que o escritor Machado de Assis foi o escolhido para inaugurar a série?
Por duas razões: primeiro, porque ele é o maior escritor brasileiro. E depois, porque ele viveu no Rio de Janeiro do século 19, que é uma época muito interessante e muito rica para ser estudada.

Para contar a história do escritor, que tipo de pesquisa teve de ser feita?
Nós lemos várias biografias sobre o Machado de Assis, mas, principalmente, pesquisamos no Espaço Machado de Assis, da Academia Brasileira de Letras, no Rio de Janeiro, onde, além de documentos e imagens, há vários objetos que pertenceram a ele, como a mesa de trabalho e o jogo de xadrez.

O livro apresenta várias atividades. Qual o objetivo desses experimentos e tarefas?
O objetivo é permitir que os leitores – tanto crianças e jovens quanto adultos também – possam interagir com o livro de uma forma diferente, mais concreta. Para crianças, esta pode ser uma boa forma de estimular a leitura.

Existe alguma atividade presente no livro que você considere mais interessante?
Bom, eu adoro a do sorvete de maracujá. Primeiro, porque é muito fácil (e eu sou meio atolada…) e depois porque fica mesmo uma delícia!

Vocês pensam em escrever outros livros para o público infanto-juvenil?
Claro! Para esta coleção, já estamos escrevendo mais três: sobre o Jardim Botânico do Rio de Janeiro (o primeiro do país: criado em 1808 por D. João VI), a Chica da Silva (uma escrava que viveu e teve filhos com um importante homem branco no século 18, algo incomum para a época) e o escritor brasileiro Lima Barreto.

Para conhecer… Machado de Assis
Texto de Keila Grinberg, Lucia Grinberg
e Anita Correia Lima de Almeida.
Jorge Zahar Editor. Tel.: (21) 2240-0226.
127 páginas, R$ 24.

Matéria publicada em 18.10.2005

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Nossa, adorei conhecer essas escritoras maravilhosas!

    Publicado em 22 de junho de 2019 Responder

  • Melina Endraos

    Fiquei fascinada em conhecer o processo de produção deste livro! Muito interessante fazer uma obra com atividades interativas. Adorei!

    Publicado em 28 de setembro de 2020 Responder

  • Rafaela

    eu achei muito legal

    Publicado em 22 de julho de 2021 Responder

  • tuca e miguel

    Eu e meu colega tuca do colegio anglo brasileiro gostamos muito

    Publicado em 22 de julho de 2021 Responder

  • Eduardo Rebelo

    Gostei muito adorei conhecer a história de um homem tão importante para a sociedade. Me incentivou a ler e me ajudou a estudar, muito obrigado Melina Endraos (Pró Mel) por nos mandar esse texto.

    Publicado em 22 de julho de 2021 Responder

Envie um comentário

Cathia Abreu

Adoro aprender coisas novas. Tenho a sorte de trabalhar me divertindo e fazendo descobertas todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat