Escarla… o quê?!

Dia desses, Rex chegou à redação reclamando de dor na garganta, febre e pintinhas pelo corpo. “É gripe”, gritou o Zíper. “É catapora”, disse a Diná, usando uma lupa para ver as pintas vermelhas. Como nessas horas o melhor a fazer é procurar um médico, lá foi Rex para o consultório. Já curado, voltou à redação dizendo que teve escarlatina. “Escarla… o quê?!”, perguntou Diná.

Para saber mais sobre a doença de nome esquisito, a CHC conversou com o pediatra Emanuel Sarinho, do Hospital das Clínicas da Universidade Federal de Pernambuco. Ele explicou que a escarlatina é causada pela bactéria Streptococcus pyogenes, que produz uma toxina que, ao circular pelos vasos sanguíneos, causa as tais pintas vermelhas na pele.

Além das pintas vermelhas, a escarlatina também causa febre alta e pus na garganta (Foto: Wikimedia Commons)

Emanuel também contou que a doença é mais comum em crianças. “Nos adultos, a infecção pode, em alguns casos, não causar sintomas, mas as crianças costumam ter também febre e pus na garganta”, explica. Para fazer o diagnóstico, o médico fica atento aos sintomas e coleta um pouco de muco da garganta para procurar o S. pyogenes por lá.

Para diagnosticar a escarlatina, o médico fica atento aos sintomas e coleta um pouco de secreção da garganta do paciente para avaliar a presença da Streptococcus pyogenes (Foto: VeeDunn / Flickr / CC BY 2.0)

Ainda não existe vacina contra a escarlatina, mas dá para se prevenir evitando o contato com a saliva de quem está doente – é melhor, por exemplo, não dividir o copo ou os talheres. “O cuidado é maior no inverno, pois as pessoas ficam em ambientes fechados, o que facilita a transmissão da bactéria”, diz Emanuel. Outro jeito de evitar que a doença circule é fazer o tratamento direitinho. “O paciente deve ser medicado com antibióticos como a penicilina”, completa o médico.

Matéria publicada em 25.10.2012

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Essa doença é comum em que país?

    Publicado em 9 de setembro de 2018 Responder

Responder Cancelar resposta

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat