Curiosidades aquáticas

Gelo sobre a água

Você já parou para pensar por que o gelo flutua sobre a água? (Foto: Deise Costa)

Pegue um cubo de gelo e coloque em um copo cheio de água. O que aconteceu? O gelo boiou, não é mesmo? Isso pode parecer uma bobagem, mas, na verdade, é uma das muitas características peculiares da água.

molécula de água

Nesta representação da molécula da água em 3D, os átomos de hidrogênio são as partes brancas. A parte vermelha é o átomo de oxigênio. Cada átomo de hidrogênio está ligado ao oxigênio por uma ligação forte chamada covalente (Imagem: Wikimedia Commons)

A molécula de água é formada por apenas um átomo de oxigênio e dois de hidrogênio, que se unem por um tipo de ligação muito forte chamada pelos cientistas de covalente. Além disso, as moléculas de água se ligam entre si, em uma ligação muito mais fraca chamada ligação de hidrogênio – porque os hidrôgênios de uma molécula são atraídos pelos átomos de oxigênio das moléculas vizinhas.

Para formar essas ligações, porém, as moléculas de água precisam estar na posição correta e, quando isso acontece, elas ficam um pouco distantes umas das outras. Por outro lado, quando aquecemos o líquido, as ligações se quebram e as moléculas de água se reaproximam.

ligações de hidrogênio

As moléculas de água tendem a se ligar umas às outras nas chamadas ligações de hidrogênio, em que o oxigênio de uma molécula se liga ao hidrogênio da outra. Essas ligações são fracas e podem ser rompidas pelo calor (Imagem: Wikimedia Commons)

Essa é uma característica exclusiva da água. “Quando aquecemos outros líquidos, as moléculas se espalham e ocupam um volume maior. Já na água aquecida, as moléculas ocupam um volume menor”, explica Márcia Barbosa, do Instituto de Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Essa propriedade faz com que o gelo ocupe um espaço maior que a água líquida e seja menos denso — e é por isso que os cubos de gelo boiam!

Por sua pesquisa sobre as características da água, Márcia ganhou o prêmio L’Oréal-Unesco para Mulheres na Ciência. Confira a entrevista que ela deu para a Rádio CHC sobre isso!

Saber mais sobre a água é fundamental para explicar muita coisa, como, por exemplo, a ocorrência de terremotos, já que a água subterrânea, ao ser aquecida, pode mudar de volume, causando tremores de terra. “Compreender a água é importante para compreendermos o funcionamento da natureza e de nosso próprio corpo, pois somos em grande parte formados por água”, completa Márcia.

Matéria publicada em 19.11.2012

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Eu não sabia que a àgua fazia tudo isso!

    Publicado em 9 de setembro de 2018 Responder

Envie um comentário

Fernanda Turino

Sempre fui muito curiosa, adorava brincadeiras ao ar livre e acampar (fui até escoteira!). Cresci lendo a CHC e hoje trabalho aqui.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat