O infinito é realmente um dos deuses mais lindos

Ele está em toda parte e é encontrado quase sem querer

O grande poeta e artista do rock, Renato Russo, sucesso na década de 1990, disse em uma de suas músicas, chamada Quase sem querer, os seguintes versos: “Tão correto e tão bonito, o infinito é realmente um dos deuses mais lindos”. E não é que na matemática a gente encontra o infinito quase sem querer? Ele está em toda parte! Vamos ver um exemplo:

Imagine um cubo oco feito de papel com 1 centímetro de lado. Agora, imagine outro cubo menor com o lado de 1 centímetro dividido por 2. Depois, outro cubo com lado de 1 centímetro dividido por 3. Na sequência, outro cubo com lado medindo 1 centímetro dividido por 4, e assim por diante, como na figura:


pedro_roitman

Pedro Roitman,
Instituto de Matemática,
Universidade de Brasília

Sou carioca e nasci no ano do tricampeonato mundial de futebol – para quem é muito jovem, isso aconteceu em 1970, século passado! Enquanto fazia o curso de Física na universidade, fui encantado pela Matemática. Hoje sou professor.

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Floresta azul?

Debaixo d’água existe uma floresta tão importante quanto às que temos em terra firme!

Um urso pelo Brasil

Ele dominou as Américas, mas desapareceu misteriosamente

Open chat