Maria Quitéria

Uma mulher que se disfarçou de soldado para lutar pela independência do Brasil.

Maria Quitéria de Jesus nasceu em 27 de julho de 1792, no sítio de Licurizeiro, na cidade de Cachoeira, na Bahia. Aos nove anos de idade já tinha perdido sua mãe, Quitéria Maria de Jesus. Para ajudar seu pai, Gonçalo Alves de Almeida, a menina passou a cuidar dos irmãos mais novos.

A vida doméstica de Maria Quitéria era muito parecida com a das mulheres mais velhas, mas com uma importante diferença: ela gostava de ser autônoma, de não depender de ninguém. Aprendeu a atirar arma de fogo, a montar cavalos, a caçar e a dançar o lundu – música de origem africana, o que nem sempre era bem visto por outras pessoas. Mas Maria Quitéria era uma mulher livre.

Com o passar dos anos, seu pai se tornou um próspero fazendeiro, criador de gado e plantador de algodão. Em 1822, um grupo que governava provisoriamente a Bahia rodou pelas fazendas da região recrutando soldados para enfrentar Portugal. Era o início do processo de Independência do Brasil.

Foto Wikipédia

pedro_krause

Pedro Krause
Professor do Departamento de História do Colégio Pedro II
Doutor em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro

Sou professor de História e adoro falar sobre as
personalidades que marcaram o Brasil de outras épocas!

Edição Exclusiva para Assinantes

Para acessar, faça login ou assine a Ciência Hoje das Crianças

CONTEÚDO RELACIONADO

Como nasceram todas as histórias

No início da criação do mundo, as histórias ficavam todas em um baú, aos cuidados de Nyame. Então Ananse, uma criatura metade homem e metade aranha, resolveu ir ao céu buscar histórias para contar.

Fala Aqui!

Este é o espaço para você falar com a CHC! Pergunta que a gente responde!