Disfarce natural

Como será que a serpente víbora-rabo-de-aranha consegue suas refeições?

Sobreviver na natureza não é tarefa fácil para bicho nenhum. É preciso conseguir comida sem ser comido, mesmo que para isso seja necessário usar disfarces. E tem uma cobra especialista em enganação: a víbora-rabo-de-aranha (Pseudocerastes urarachnoides), que vive nas montanhas do Irã, país bem distante do Brasil, no Oriente Médio.

A víbora-rabo-de-aranha é uma serpente peçonhenta que se alimenta principalmente de aves. E o que ela tem de especial? A escama da ponta da cauda da víbora parece o corpo de uma aranha, e as escamas em volta são alongadas, como se fossem perninhas. E é isso que lhe garante as refeições!

Na hora de caçar, a víbora, que tem uma cor parecida com as das rochas da região, fica quietinha e camuflada, quase invisível. Só o seu rabinho se mexe, com movimentos precisos. Quem vê, até pensa que há uma aranha andando para lá e para cá sobre as pedras.

Foto Parham Beyhaghi/CC BY-NC 4.0
A víbora-rabo-de-aranha foi descoberta pelos cientistas em 2006, enquanto estudavam serpentes preservadas há muitos anos em museus de história natural. Foi só em 2015 que conseguiram observar, na natureza, uma víbora-rabo-de-aranha usando a cauda para enganar aves para se alimentar.

Às vezes, um passarinho em busca de comida encontra a “aranha” e voa em sua direção, pronto para abocanhá-la. E é aí que o disfarce acaba. Rápida como um relâmpago, a cobra dá um bote certeiro e captura a ave. Já o passarinho, ao invés de comer uma aranha, virou refeição da serpente.

Esse comportamento curioso, de enganar as presas usando a ponta do rabo, é chamado de “engodo caudal”. Muitas espécies de serpentes, como algumas jararacas brasileiras, fazem isso balançando a ponta do rabo, branquinha, como se fosse uma larva e atraindo principalmente rãs e pererecas famintas. Mas nenhuma outra cobra tem um disfarce tão refinado como a víbora-rabo-de-aranha, a caçadora de pássaros das montanhas do Irã.


henrique-caldeira

Henrique Caldeira Costa,
Departamento de Zoologia
Universidade Federal de Juiz de Fora

Sou biólogo e muito curioso. Desde criança tenho interesse especial em pesquisar os seres vivos, especialmente o mundo animal. Vamos fazer descobertas incríveis aqui!

Matéria publicada em 12.03.2020

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

admin

CONTEÚDO RELACIONADO

Para combater as epidemias: ciência!

Conheça Carlos Chagas, médico e pesquisador mineiro que fez uma grande descoberta científica.

Mãos limpas

Lavar as mãos é um dos hábitos de higiene mais eficientes na prevenção de doenças. Você não aguenta mais ouvir isso, eu sei... Mas você tem certeza de que lava bem as mãos? É o que veremos agora!