Um passeio pelo passado do Rio

Quem hoje passeia pelas ruas do Rio de Janeiro pode nem imaginar o que já passou por lá. Em escavações arqueológicas, pesquisadores encontraram objetos curiosos como formas de pão-de-açúcar, porcelanas portuguesas e um tembetá (espécie de joia indígena). Todas essas peças estão na exposição “Santo Antônio de Sá: Primeira Vila do Recôncavo da Guanabara”, em cartaz no Museu Nacional, no Rio de Janeiro.

As relíquias arqueológicas mostram que o estado já foi ocupado pelos índios tupis e também pelos colonizadores portugueses, além de escravos africanos. Todos esses povos deixaram rastros – como cachimbos e outros objetos – que você confere na exposição, um programa imperdível para quem ama história!

Fundada em 1697, a vila Santo Antônio de Sá se tornou um importante local de pesquisas arqueológicas. O local foi moradia de índios Tupi e também de colonizadores europeus que trouxeram os escravos africanos (Foto: Divulgação)

 EXPOSIÇÃO:
“Santo Antônio de Sá: Primeira Vila do Recôncavo da Guanabara”
Até 26 de novembro.
Horário: de terça a domingo, das 10 às 16h.
Entrada: R$ 3,00. Grátis para crianças até 5 anos e pessoas acima de 60.
Local: Museu Nacional – Quinta da Boa Vista, s/n, São Cristóvão, Rio de Janeiro
Informações: (21) 2562-6900

Matéria publicada em 16.09.2011

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Padrão do site

Sou o mascote da CHC. Troquei a pré-história pelo mundo virtual para mostrar a você o lado curioso e divertido da ciência.

CONTEÚDO RELACIONADO

Grêmio Recreativo Escola de Samba Turma do Rex apresenta… A história do carnaval!

Rex, Diná e Zíper vão passar o carnaval no Rio de Janeiro e aproveitam para contar a você muitas curiosidades sobre o passado dessa festa!

Open chat