Vitamina de computador

Manter uma alimentação equilibrada, aposto que você já sabe, é importante para conseguir as vitaminas necessárias para se manter saudável. No corpo humano, as vitaminas têm funções variadas, como ajudar a formar células especiais, facilitar a absorção de outros nutrientes, auxiliar na defesa contra microrganismos invasores… Agora, como uma vitamina pode ser útil para um aparelho eletrônico?

Calma, que a CHC explica. A ideia partiu de um grupo de pesquisadores da Universidade de Northwestern em Illinois, Estados Unidos, que resolveu usar vitamina E para proteger aparelhos como computadores de curto-circuitos causados pela eletricidade estática. Sabe o que é isso?

Devido à eletricidade estática, nossos aparelhos eletrônicos podem acumular cargas e sofrer curtos-circuitos. Cientistas descobriram que a vitamina E pode ser usada para evitar isso. (foto: IceNineJon / Flickr / <a href=http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/2.0>CC BY-NC-ND 2.0</a>)

Devido à eletricidade estática, nossos aparelhos eletrônicos podem acumular cargas e sofrer curtos-circuitos. Cientistas descobriram que a vitamina E pode ser usada para evitar isso. (foto: IceNineJon / Flickr / CC BY-NC-ND 2.0)

Talvez sem saber, você pode já ter experimentado esse fenômeno – por exemplo, ao arrastar seus pés em um tapete e, logo depois, tocar uma maçaneta ou outro objeto de metal. O resultado foi um choque, não foi? Esse choque é o resultado da eletricidade estática: a lã que compõe o tapete perde elétrons com facilidade e, ao esfregar seus pés nela, a carga negativa perdida passa para o seu corpo, ficando acumulada – ou seja, estática. Ao tocar o objeto de metal, um bom condutor de elétrons, a carga é transferida para ele e… Zap! O rápido fluxo de carga negativa que sai do seu corpo para o metal causa um choque.

Nessa situação, o fenômeno é inofensivo, mas pode ser uma ameaça quando envolve dispositivos eletrônicos. Tais aparelhos podem acumular cargas negativas até uma quantidade suficiente para gerar curto-circuito, o que irá danificá-los.

Para evitar que isso aconteça, é possível usar o fio-terra – assim chamado porque fica enterrado no chão – para conduzir a carga elétrica acumulada até o solo, evitando o curto-circuito. No entanto, essa estratégia pode não ser a melhor.

“O uso do fio terra pode ser útil, mas nem sempre é fácil”, explica José Alberto Bonapace, físico-químico no Instituto de Química da Universidade Federal do Rio de Janeiro. “Prédios antigos, por exemplo, muitas vezes não contam com esse tipo de instalação elétrica”.

A ideia de usar a vitamina E, então, veio quando a equipe de cientistas mergulhou nesse composto plásticos como copos de café e sacos de supermercado. Ricos em radicais livres, esses materiais passaram a acumular menos eletricidade estática quando em contato com a vitamina.

Segundo José Alberto, a pesquisa mostra que a vitamina E pode ajudar a proteger nossos aparelhos eletrônicos. “As indústrias poderiam usar a vitamina E como revestimento nos produtos fabricados, de forma a evitar que eles acumulem cargas”, comenta. “O único problema é que é uma vitamina cara, mas essa descoberta pode servir de base para o desenvolvimento de outras soluções para esse problema no futuro”.

Estática na prática
O inverno é a época ideal para vermos a eletricidade estática em ação. Para isso, você vai precisar de um canudinho de plástico e uma torneira. Abra a torneira e deixe escorrer apenas um pouquinho de água. Esfregue o canudo em seu cabelo e aproxime-o da água. Você verá que a corrente de água irá se entortar na direção do canudo. Depois de ler essa matéria, você saberia explicar por que isso acontece?

Matéria publicada em 27.05.2014

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Isabelle Carvalho

Desde criança, sempre gostei de ler e escrever histórias. Hoje, estou muito feliz por poder contar muitas histórias sobre ciência na CHC!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat