Um retrato do Brasil

Você saberia dizer quantas pessoas vivem no nosso país? Se todas as crianças estão na escola? Ou quantos brasileiros ainda não têm registro de nascimento? Pois é para responder a perguntas como essas que existe o censo: pesquisa que todos os países são orientados a fazer, a cada dez anos, e que funciona, na prática, como um retrato da sua população. Pelo censo, descobrimos qual a idade, a crença religiosa, o nível de escolaridade, entre outras características, dos habitantes de uma nação.

Durante o censo, profissionais treinados visitam 58 milhões de casas em todo o Brasil (fotos: IBGE/Divulgação).

De porta em porta

No Brasil, quem organiza o censo, desde 1940, é o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. Para coletar as informações, profissionais treinados – os recenseadores – visitam, ao longo de três meses, os 5.565 municípios do país. Em cada uma das 58 milhões de casas, eles fazem perguntas, a pelo menos um morador, sobre saneamento básico, energia elétrica, acesso à educação, entre outros temas. Assim, é possível descobrir quantos lares brasileiros têm água, esgoto, eletricidade, além de pessoas estudando, por exemplo.

“Para tomar decisões que melhorem as condições de vida da sua população, o país precisa, antes de tudo, conhecê-la”, explica Marco Antônio Alexandre, coordenador técnico do censo 2010. Essa pesquisa é importante justamente por isso: ela reflete como está a população do país atualmente e também mostra as suas necessidades.

Neste ano, pela primeira vez, o computador de mão é usado pelos recenseadores. Esse equipamento torna a coleta de dados mais rápida e segura.

Novidades em 2010

A cada edição, o censo traz perguntas novas, de acordo com as mudanças de hábito da sociedade. Em 2010, por exemplo, os brasileiros vão responder, pela primeira vez na história dessa pesquisa, se têm motocicleta, usam celular ou microcomputador! É nesse ano, também, que o censo saberá quais línguas indígenas são faladas em território nacional, quantos brasileiros foram viver no exterior e qual país eles escolheram para morar.

E as crianças?

Pensou que ficaria fora dessa? Então, saiba que, no censo, você também tem voz! “Toda a população é recenseada, inclusive as crianças”, conta Marco Antônio. Mas além das questões que todos respondem, há uma, em especial, voltada para os pequenos de até dez anos. Nas casas onde vivem crianças com essa idade, procura-se saber se todas têm registro de nascimento.

Agora, se você está se perguntando por que esse documento é tão importante, basta lembrar que é ele que o torna um legítimo cidadão brasileiro. Portanto, um dos milhões de brasileiros que aparecem nesse gigantesco retrato chamado censo!

Matéria publicada em 13.09.2010

COMENTÁRIOS

  • Anna Elise

    Nossa, que coisa importante!

    Publicado em 22 de junho de 2019 Responder

Envie um comentário

Carolina Drago

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat