Sonhando sob a luz das estrelas

As atrações do Museu do Universo e a observação dos astros são algumas das atividades do Dormindo com as estrelas

Observar os planetas, conhecer as principais estrelas, desvendar os mistérios do universo e depois dormir sob o céu estrelado. Isso não é um sonho, mas a novidade que a Fundação Planetário / Museu do Universo, no Rio de Janeiro, traz para você. Trata-se do projeto Dormindo com as Estrelas, que acontece durante todo o mês de agosto e recebe crianças de sete a onze anos.

Quem participa desse evento chega à Fundação Planetário na sexta-feira por volta das 18h30 e só vai embora no sábado às 10h da manhã. Não é à toa: a programação é extensa. Primeiro, uma equipe ensina na prática o que faz o astrônomo – o profissional que estuda as estrelas, os planetas, a Lua, o Sol etc. –, ao promover a observação do céu noturno com ajuda de modernos telescópios. Depois, são apresentados os espaços do museu, que possui 56 experimentos interativos sobre astronomia. Mais tarde, após o jantar, chega o momento de participar de uma sessão de relaxamento para depois cair no sono sob um teto que imita o céu cheio de estrelas.

No dia seguinte, depois do café da manhã, as atividades continuam e é claro que contam com a presença do ator principal: o astrônomo, que vai explicando a função de cada equipamento apresentado e o que se pode aprender com ele. “Isso une diversão, cultura e conhecimento”, conta o astrônomo Fernando Vieira, que faz parte da equipe. “Além disso, ensina um pouco sobre a nossa profissão.”

Durante a manhã, o Sol é o centro das atenções. Na sala de observação solar, crianças como você vêem a luz dessa estrela projetada na parede e o seu movimento em relação ao nosso planeta, graças a um aparelho chamado helióstato, que significa sol parado ( hélio = sol, stato = parado). Enquanto isso, o astrônomo explica por que não se pode observar o Sol por meio dos telescópios sem a proteção de um filtro, além de curiosidades como a temperatura desse astro, que chega a seis mil graus.

Ao final das atividades noturnas... Hora de dormir! (foto: Léo Ramos)

O projeto Dormindo com as Estrelas foi idealizado pela presidente da Fundação Planetário, Carmen Ibarra, que se inspirou nos eventos do museu de ciência de Boston, nos Estados Unidos, que permitem às crianças dormir ao lado de esqueletos de dinossauros e múmias. “É uma experiência que vai além dos livros escolares. Essa atividade não só ensina a ciência por meio dos equipamentos utilizados pelos astrônomos, como também faz a criança sair de casa por uma noite e entrar em contato com outras”, conta Carmen, que levou seu neto José Vitor, de oito anos, para participar do Dormindo com as Estrelas.

A diversão é garantida, como afirma Leonardo de Barros, de 10 anos, que também participou do projeto. “Pensei que estava no país das maravilhas, conhecendo planetas e constelações. Aprendi que o planeta Júpiter tem mais de 60 luas”, conta ele, que pretende repetir a experiência acompanhado de novos amigos. E você? Também quer participar dessa aventura pelo universo? Então, saiba que as inscrições estão abertas de segunda a sexta-feira e que, no dia do evento, você precisa levar o seu colchonete e o seu travesseiro!

Dormindo com as estrelas
Vagas: Há 22 por noite, mas é preciso haver, no mínimo, 10 inscrições para que o evento aconteça.
Preço: R$ 80 por criança (com jantar e café da manhã). Promoção: duas ou mais crianças que fizerem, juntas, as inscrições pagam R$ 60 (cada uma)
Local: Fundação Planetário/ Museu do Universo Rua Vice-Governador Rubens Berardo, 100, Gávea, Rio de Janeiro/ RJ. Tel.: (21) 3523-4040.

Matéria publicada em 12.08.2005

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Mario-Cesar-Filho

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat