Relíquias do espaço

Muitas joias egípcias foram encontradas em escavações arqueológicas, mas os arqueólogos nem imaginavam que algumas delas eram feitas de pedaços de metal que não são do planeta Terra. Pois saiba: foi justamente essa a conclusão a que dois grupos de pesquisadores britânicos chegaram ao analisarem antigas descobertas arqueológicas. As joias encontradas foram feitas de metal retirado de meteoritos!

As joias egípcias haviam sido encontradas há quase 100 anos, durante escavações arqueológicas. Somente agora, com equipamentos modernos, pesquisadores puderam analisar e entender a composição do metal (Foto: Thilo Rehren)

As joias egípcias haviam sido encontradas há quase 100 anos, durante escavações arqueológicas. Somente agora, com equipamentos modernos, pesquisadores puderam analisar e entender a composição do metal (Foto: Thilo Rehren)

Coletadas em escavações durante a década de 1920, só agora as joias passaram por uma análise mais precisa, liderada pelo arqueometalurgista Thilo Rehren, da Universidade de Londres, e pela astrônoma Diane Johnson, da Universidade Aberta de Milton Keines – as duas na Inglaterra. Segundo os cientistas, as joias analisadas têm mais de cinco mil anos.

Para preservar os artefatos e, ao mesmo tempo, fazer uma análise mais aprofundada, os pesquisadores examinaram as peças usando técnicas de raio-x e microscópios eletrônicos. “Somente agora, com uma tecnologia que permite fazer testes não destrutivos, podemos mostrar que as estruturas e a composição química do material são características de meteoritos”, conta Diane.

A composição química das joias mostrou que elas eram formadas por uma liga que unia ferro, cobalto, níquel e germânio – elementos característicos da composição química de meteoritos (Foto: Thilo Rehren)

A composição química das joias mostrou que elas eram formadas por uma liga que unia ferro, cobalto, níquel e germânio – elementos característicos da composição química de meteoritos (Foto: Thilo Rehren)

Os pesquisadores viram que o metal utilizado nas joias apresentava uma liga com ferro, cobalto, germânio, níquel e fósforo – elementos comuns em meteoritos. No interior das peças, foi encontrada uma estrutura chamada Widmanstatten. “Esse tipo de estrutura é resultado da composição das diferentes ligas de ferro e níquel, que se aquecem e resfriam lentamente no núcleo de asteroides”, explica a pesquisadora.

Mas por que os egípcios usavam metal retirado de meteoritos? A antiga civilização acreditava que meteoritos eram presentes dos deuses, então os pesquisadores imaginam que eles teriam utilizado o material por acreditarem nas suas propriedades religiosas.

No entanto, os cientistas ainda não entraram em um acordo sobre como os egípcios trabalharam os metais de meteorito. As ferramentas que eles utilizaram para fabricar as joias continuam envoltas em mistério.

Matéria publicada em 09.10.2013

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Fernanda-Tavora

Sou curiosa até não poder mais! Gosto de conhecer diversos assuntos e, aqui na CHC, aprendo mais e mais todos os dias.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat