Oi, está me ouvindo?

Eles gritam tão alto, mas tão alto, que não conseguimos ouvi-los. Não, você não leu errado: estamos falando de animais que têm a habilidade de emitir sons ultrassônicos imperceptíveis ao ouvido do homem e de outros predadores. São os társios filipinos (Tarsius syrichta), pequenos primatas de olhos esbugalhados que vivem nas árvores de florestas nas Filipinas.

Társio filipino

Os társios filipinos têm a habilidade de emitir sons ultrassônicos imperceptíveis ao ouvido do homem e de outros predadores (Foto: Nathaniel Dominy)

Há tempos que o silêncio dos társios filipinos intrigava os cientistas. Muitas vezes, eles abriam suas bocas, como se estivessem vocalizando, mas sem emitir nenhum som. Para desvendar o mistério, pesquisadores espalharam pela floresta gravadores especiais e conseguiram então captar as conversas entre os pequenos bichos.

Os sons ultrassônicos possuem frequências tão agudas que escapam ao nosso poder de audição. Para se ter uma ideia, o ouvido humano consegue ouvir sons que tenham uma frequência de até 20 quilo-hertz. Já os társios descritos no estudo conseguem ouvir frequências de até 96 quilo-hertz.

Afinal, por que eles emitem gritos tão altos? “É um tipo de linguagem secreta, que a maioria dos predadores não consegue ouvir”, conta o antropólogo Nathaniel Dominy, da Faculdade de Dartmouth, nos Estados Unidos, que liderou o estudo. “Quando uma ameaça se aproxima, os társios filipinos emitem esse som para alertar seus companheiros, e eles conseguem fugir”.

A capacidade de ouvir sons ultrassônicos também ajuda estes animais a caçar alimentos, já que muitos insetos – uma de suas guloseimas favoritas – também se comunicam utilizando altas frequências. Outros mamíferos, como golfinhos e morcegos, também conversam dessa maneira.

Matéria publicada em 08.03.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Paula-Padilha

Gosto de ciências desde criança e até fui cientista durante um tempo, mas troquei as pipetas e os tubos de ensaio por lápis e papel.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat