No mundo do DNA

São sete da manhã. Antes de sair para a escola, você confere no espelho se está tudo nos trinques. Cabelo penteado, dentes no capricho e, de repente, olhando mais de perto, uma dúvida: “o que faz o meu olho ser desta cor?”

Na exposição DNA 50 - Descobrindo o segredo da vida , você pode montar uma deliciosa molécula gigante de DNA com balas jujuba!

Bom, você já deve ter ouvido falar em DNA. Essa sigla quer dizer, em português, ácido desoxirribonucléico. Mas esse nome complicado não é obrigatório guardar. O importante é saber que quem define a cor dos seus olhos e muito mais é o DNA! Afinal, ele é um código secreto presente nas células de animais e vegetais, que define as características físicas de cada ser vivo. Há 50 anos, cientistas descobriram qual o formato do DNA e é para celebrar essa data que está sendo realizada, no Rio de Janeiro, a exposição DNA 50 – Descobrindo o segredo da vida!

A mostra começa com um vídeo que conta, desde o século 19, toda a trajetória da descoberta do DNA. A gente fica sabendo que, nessa época, os cientistas descobriram que os pais passavam suas características para os filhos pelos cromossomos: estruturas encontradas dentro das células que carregam pedaços de DNA, os chamados genes!

Mas a aventura do conhecimento está só no início. Depois do filme, sabendo o que é o DNA e como ele foi descoberto, aprendemos o que são clones: seres vivos com genes iguais e que, por isso, têm, a princípio, as mesmas características físicas, sendo cópias um do outro. A seguir, conhecemos os alimentos transgênicos, que têm seus genes alterados em laboratório para ficarem mais nutritivos, mais resistentes a pragas ou mais fáceis de cultivar. Isso participando de uma atividade para lá de divertida: Você come transgênicos? Nela, o visitante é convidado a fazer compras em um mini-mercado cenográfico e identificar quais alimentos à venda são transgênicos.

Na atividade Do cromossomo ao DNA , use um microscópio para observar as diferenças entre os cromossomos de vegetais e animais.

Aliás, por falar em comida… Outra atividade da exposição se chama DNA na cozinha. Quem participa dela sai levando uma amostra do seu próprio DNA para casa! Já quem decide aceitar outra proposta da mostra e fazer um DNA comestível, sai lambendo os dedos! Afinal, a idéia é deliciosa: usar jujubas para montar o código secreto que existe nas nossas células e, assim, aprender como é o seu formato! Você irá ficar surpreso ao constatar que a estrutura do DNA lembra uma escada em caracol, já que ele é formado por duas fitas retorcidas, ligadas em vários pontos!

A diversão, porém, não termina aí. Outra pedida é usar um microscópio para observar as diferenças entre os cromossomos dos vegetais e dos animais na atividade Do cromossomo ao DNA ou brincar a valer com o jogo Na trilha do DNA. Usando dados e peões gigantes, você irá testar tudo o que aprendeu na exposição, o que, cá entre nós, é coisa à beça, né?

Por tudo isso, vale a pena fazer uma visita à mostra! Mas espalhe por aí a novidade porque a exposição ainda traz muitas atrações não só para crianças, mas também para os adultos!

DNA 50 – Descobrindo o segredo da vida
Onde? Casa da Ciência – Centro Cultural de Ciência e Tecnologia da UFRJ.
Rua Lauro Müller, 3 – Botafogo – Rio de Janeiro/RJ
CEP: 22.290-160 – Tel.: (21) 2562-7494
Quando? Até 16 de maio: de terça a sexta, das 9h às 20h;
sábados, domingos e feriados, das 10h às 22h.
Quanto? Grátis!

 

Matéria publicada em 06.05.2004

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Pedro-Gomes-Ribeiro

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat