Microvilãs no banheiro

Não há como fugir: as bactérias, esses seres invisíveis aos nossos olhos, estão por toda a parte. Cientistas da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, resolveram desvendar um pouco mais sobre esse mundo microscópico e, para isso, escolheram um lugar bem apropriado – os banheiros públicos.

Cientistas detectaram a presença de bactérias vindas do xixi e do cocô nos banheiros públicos analisados (Foto: Flickr / pointnshoot)

Para descobrir os tipos de bactérias que habitam banheiros masculinos e femininos, os pesquisadores analisaram maçanetas de portas, torneiras, vasos sanitários, descargas, chão e paredes das cabines.

Nos lugares em que costumamos tocar, como nas torneiras, a maioria das bactérias encontradas é igual àquelas encontradas em nossa pele. Essas bactérias são chamadas de comensais: elas vivem normalmente no nosso organismo e contribuem para o seu equilíbrio.

O que chamou a atenção dos cientistas, no entanto, foi a presença de bactérias vindas do xixi e do cocô em todas as superfícies analisadas. Elas estão presentes em maior número em locais como o vaso sanitário e a descarga, mas também foram encontradas nas maçanetas das portas e até mesmo na pia.

Apesar de viverem dentro do nosso corpo e trazerem inúmeros benefícios, esses microrganismos podem transmitir várias doenças se entrarem em contato com a boca, por exemplo. Por isso, é preciso tomar alguns cuidados.

“Atitudes simples, como fechar a tampa do vaso quando der a descarga e lavar as mãos depois de ir ao banheiro, previnem a contaminação”, afirma a farmacêutica Irma Rivera, da Universidade de São Paulo. “Esse estudo mostra que é importante não só manter a higiene pessoal, mas também limpar os banheiros constantemente”.

Matéria publicada em 14.03.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Paula-Padilha

Gosto de ciências desde criança e até fui cientista durante um tempo, mas troquei as pipetas e os tubos de ensaio por lápis e papel.

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat