Meu primeiro atlas: feito para crianças como você!

Para muita gente, mapa é sinônimo de complicação. Um monte de linhas que se cruzam, uns símbolos misturados, uns nomes… que dificuldade! Na verdade, isso acontece quando não se entende como o mapa é construído e não se sabe ler uma representação desse tipo. Para acabar com essa confusão, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) lançou um livro que explica passo a passo a linguagem dos mapas. E o melhor: ele é feito especialmente para crianças como você. É o Meu 1° Atlas !

Atlas é um livro que reúne mapas. Mas esse atlas é especial, porque não tem só mapas, mas lições sobre eles. Tudo é explicado por meio da história de Júlia e Bebeto. Um dia, Júlia decide desenhar um mapa do caminho que ela percorre para ir de casa à escola. É um mapa pequeno, que tem os nomes das ruas e de alguns lugares por onde ela passa, como o shopping e a loja de carros. Então, Júlia substitui os nomes dos lugares por desenhos que os representam. Assim, cria uma legenda para o seu mapa.

Imitando a amiga, Bebeto resolve fazer um mapa como o dela. Mas, ao contrário da menina, que é carioca, Bebeto mora em uma cidade pequena, então, o mapa fica diferente. E, nessa história, quem aprende é o leitor, que descobre por que isso ocorre.

Mas não é só. Acompanhamos Júlia em uma viagem de balão. Lá do alto, ela vê de novo o caminho que faz da escola para casa, e torna a desenhar um mapa. Você acha que esse mapa fica igual ao anterior? Que nada! Eles ficam muito diferentes!

As aventuras de Júlia e Bebeto rendem muitas outras explicações. Com eles descobrimos, por exemplo, como é feita a orientação pelos pontos cardeais – o Norte, o Sul, o Leste e o Oeste – e como a fotografia ajuda a fazer um mapa. Há, ainda, exercícios de observação baseados em mapas do Brasil e do mundo. No fim, o leitor vira um cartógrafo-mirim: um especialista em produzir mapas, que, aliás, não faltam no livro…

Na segunda parte do atlas, há mapas do Brasil, das regiões brasileiras, da América do Sul, de relevo, de umidade, de distribuição da população, vegetação, temperatura e muitos outros. A essa altura, você já vai estar craque na linguagem dos mapas e só aproveitar o que o Meu 1° Atlas tem a oferecer!

“Para fazer o livro, pensamos nas crianças, que serão o nosso público do futuro”, explica Edna Campello, coordenadora de projetos especiais do IBGE. E, para produzi-lo, a instituição teve a ajuda de… uma criança!

Pois é. Lembra da Júlia do livro? Ela existe na vida real e tem nove anos! A menina desenhou os mapas do caminho de sua casa à escola, que depois viraram ilustração. E também deu opinião sobre o livro, se estava tudo bem explicado ou não. Mas e o Bebeto? “Ele não existe de verdade. Criamos esse personagem para que houvesse diferenças. Júlia mora em uma cidade grande e Bebeto em uma cidade pequena. Além disso, Bebeto é um garoto, e pode atrair os meninos para a leitura”, explica Edna.

Outras crianças participaram da elaboração do Meu 1° Atlas . Ele foi testado em escolas antes de ser publicado. Os autores queriam saber se o livro despertava interesse e se as crianças prestavam atenção em seu conteúdo. Alguns especialistas em cartografia infantil também ajudaram na elaboração.

Portanto, agora já não há mais justificativas para não entender mapas. Um livro como esse, feito com tanto cuidado, é para ler, reler e emprestar para os amigos. Ah, e não esqueça de contar a novidade para os professores. Afinal, com Meu 1° Atlas você aprende um bocado sobre os mapas e pode ganhar um mundo de conhecimento!

Meu 1° Atlas
Preço: R$ 32 (acompanhado por um mapa do Brasil com as Unidades da Federação) ou R$ 25 (acompanhado por um mapa de um estado brasileiro).
Encomendas na loja virtual do IBGE: www.ibge.gov.br/lojavirtual

Matéria publicada em 22.06.2010

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Clara Meirelles

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat