Macho ou fêmea?

Quando uma mulher está grávida, a pergunta que mais ouve é: menino ou menina? As duas respostas são igualmente prováveis para nós, humanos. Porém, se as mamães morcego da espécie Eptesicus fuscus forem dar à luz no final da primavera ou logo no início do verão, há mais chances de ser menina: nesta época do ano, nascem quase duas vezes mais fêmeas do que machos.

morcego

Os morcegos da espécie Eptesicus fuscus nascem e crescem no verão, acasalam no outono e hibernam no inverno. Logo depois vem a primavera, período no qual as fêmeas engravidam (Foto: Grady Semmens)

O biólogo Robert Barclay, da Universidade de Calgary, chegou a essa conclusão depois de estudar três grupos desses morcegos durante quatorze anos na cidade de Alberta, no Canadá.  Segundo ele, no final da primavera e no início do verão é mais vantajoso para os morcegos ter filhas. “A mãe que dá à luz uma fêmea acaba tendo netos mais rápido do que a que dá à luz um macho”, explica.

Isso acontece porque a época de acasalamento dos morcegos nessa região é o outono, quando os filhotes nascidos no final da primavera ou no início do verão têm apenas poucos meses de vida. Nessa idade, eles ainda não produzem óvulos e espermatozoides, necessários à reprodução.

Para as fêmeas, isso não é um problema: elas podem encontrar um macho, copular e guardar os seus espermatozoides dentro do corpo até a próxima primavera, quando estarão com um ano de idade e produzirão óvulos para ficarem grávidas. Já os machos só podem copular se produzirem espermatozoides. Como não podem fazer isso no primeiro ano de vida, devem esperar até o outono seguinte, quando estarão mais crescidos – e aí vão precisar de mais um ano até ver seus filhotes nascerem.

Durante muito tempo Robert acompanhou três grupos de morcegos em Alberta, no Canadá. Ele observou que, entre os filhotes que nasciam no final da primavera e no início do verão, a quantidade de fêmeas era quase duas vezes maior do que de machos. Os cientistas ainda tentam descobrir como essas mamães morcego escolhem o sexo do bebê (Foto: Robert Barclay)

Assim, uma fêmea de morcego nascida no final da primavera ou no início do verão vai dar netos para sua mãe mais rápido do que um macho nascido na mesma época, porque ela poderá se reproduzir com um ano de idade, mas ele só aos dois anos.

Porém, se o filhote nascer no final do verão, a pequena fêmea não terá tempo de crescer o suficiente para se reproduzir no primeiro outono de sua vida. “Nesse caso, machos e fêmeas têm que esperar outro ano para produzir seus próprios bebês, e não há vantagem em dar à luz um ou outro”, explica Robert. Por isso, para filhotes que nascem no final do verão, há chances iguais de machos e fêmeas.

Matéria publicada em 31.05.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Joyce-Santos

Sempre gostei de estudar e aprender. Na CHC, posso descobrir coisas novas e escrever sobre elas: perfeito!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat