Macarrão ao molho roxo

Uma deliciosa macarronada com molho roxo. Parece esquisito? Talvez. Se pensarmos nos alimentos de cor roxa – uva, ameixa, beterraba – nenhum deles parece combinar com macarrão. A inovação, porém, está num ingrediente que tem tudo a ver com as massas e molhos: o tomate.

“Ué, mas tomate não é vermelho?”, você pode pensar. Acontece que um grupo de pesquisadores da Universidade de São Paulo acaba de criar um tomate roxinho, roxinho! Apesar da aparência diferente, eles garantem que o gosto continua o mesmo.

Tomate roxo

Além de rico em vitamina C, o tomate roxo contém uma substância capaz de retardar o processo de envelhecimento das nossas células (Foto: Lázaro Eustáquio Pereira Peres)

Para criar o novo produto, os cientistas cruzaram três tipos de tomate: duas espécies selvagens (não comestíveis) e uma que nasceu um pouquinho diferente do normal – produzia, no caule, bastante antocianina, a mesma substância que dá à uva e à ameixa a cor arroxeada.

O novo tomate ficou roxo porque, unindo características dos três tipos de tomates usados, passou a produzir bastante antocianina no próprio fruto.

Uma das vantagens do tomate roxo é que a antocianina é um antioxidante, ou seja, uma substância capaz de desacelerar o processo de envelhecimento das células. Além disso, o novo alimento tem mais vitamina C que o tradicional.

“O bom do tomate é que ele é o vegetal mais consumido no mundo”, explica o agrônomo Lázaro Eustáquio Pereira Peres, coordenador da pesquisa. “Portanto, colocar mais antioxidantes nele significa tornar a dieta da população mais rica”.

Se você ficou com água na boca, porém, vá com calma. O tomate roxo ainda não pode ser encontrado em feiras e supermercados, já que a planta recém-criada é uma variedade pequenina e produz poucos frutos, o que dificulta sua comercialização. Ainda vai levar um tempo para a macarronada de domingo mudar de cor!

Matéria publicada em 03.04.2012

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Fernanda-Braune

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat