Ligeirinho

Ele é pequeno, mas bastante ligeiro. O ácaro da espécie Paratarsotomus macropalpis agora é considerado o animal terrestre mais rápido do mundo. A descoberta foi feita por pesquisadores da Universidade de Pomona, nos Estados Unidos.

Menor que uma semente de gergelim, o ácaro <i>Paratarsotomus macropalpis</i> consegue percorrer 322 vezes seu próprio tamanho em apenas segundo. (foto: Jonathan Wright)

Menor que uma semente de gergelim, o ácaro Paratarsotomus macropalpis acaba de ganhar o título de animal terrestre mais rápido do mundo. (foto: Jonathan Wright)

Isso não quer dizer exatamente que ele atinge a maior velocidade entre todos os animais do planeta. Para considerá-lo mais rápido, os cientistas levam em consideração quantas vezes ele desloca o próprio corpo em apenas um segundo – um conceito que os pesquisadores chamam de velocidade relativa. Portanto, se acontecesse uma corrida entre um desses ácaros e um guepardo, provavelmente o felino, já famoso por atingir altas velocidades, ganharia.

No entanto, o ácaro é considerado mais veloz porque consegue percorrer 195 vezes o tamanho do seu corpo em um segundo, número vinte vezes maior que o do guepardo. “Eles conseguem isso porque possuem os músculos mais rápidos (e que suportam o próprio peso) já documentados no reino animal”, explica o biólogo Jonathan Wright, líder do estudo.

Sabemos que o guepardo utiliza sua grande velocidade para caçar na natureza. Mas para que um ácaro precisa ser tão rápido? Segundo Jonathan, essa questão ainda não está clara, mas existem algumas hipóteses. “Eles vivem em lugares muito quentes, perto de 55 graus Celsius, portanto movimentar-se rápido os ajudaria a fugir de temperaturas letais”, explica. “Além disso, eles podem usar a velocidade para se alimentar, ajudando na captura de pequenos insetos”, completa o pesquisador.

Aparato usado para filmar o ácaro em laboratório. (foto: Samuel Rubin - W.M. Keck Science Center, Pitzer College, Dr. J.C. Wright Laboratory - Department of Biology, Pomona College, The Claremont University Consortium, Claremont, CA.)

Aparato usado para filmar o ácaro em laboratório. (foto: Samuel Rubin – W.M. Keck Science Center, Pitzer College, Dr. J.C. Wright Laboratory – Department of Biology, Pomona College, The Claremont University Consortium, Claremont, CA.)

E se nós, humanos, corrêssemos feito ácaros? Atingiríamos uma velocidade incrível: “conseguiríamos chegar a aproximadamente 2.000 quilômetros por hora, ou 550 metros por segundo”, conta o cientista. Infelizmente, tudo não passa de suposição. No entanto, a descoberta pode ajudar a desenvolver veículos mais rápidos, o que já nos daria uma ajudinha, não acha?

Matéria publicada em 16.06.2014

COMENTÁRIOS

Envie um comentário

Lucas Lucariny

Como bom futuro jornalista, gosto muito de ler, escrever e descobrir coisas novas. Sou fã de séries, filmes, futebol, música boa e, é claro, ciência!

CONTEÚDO RELACIONADO

Um mergulho com os peixes

Acompanhe o final da aventura de Rex, Diná e Zíper e suas descobertas no fundo do mar.

Rex, Diná e Zíper em…

Um lanchinho para os peixes. É correto alimentar esses animais na natureza?

Open chat